terça-feira, 19 de setembro de 2017

☜♡☞..NO BALANÇO DA VIDA..☜♡☞



Momentos que permanecem na memória.

Como rochas, que dividem as águas do tempo.
Como o eco distante de canções esquecidas;
como um perfume impreciso,
que flutua no ar da manhã.

Sorrisos felizes;
palavras lançadas ao vento,
que incrustadas permanecem em nossos corações.
Emoções que os anos não conseguem levar,
porque são parte de nós.

Apenas lembranças, talvez.
Nada, entretanto,
permanece tão vivo na alma do homem,
quanto a doce lembrança de instantes eternos,
em que lhe sorriu a felicidade.

Uma tarde...
quem sabe, uma manhã?
Um balanço sob a árvore,
uma boneca no chão,
uma noite em que a lua traçava o
seu cone de prata nas águas calmas do mar.

O tímido toque das mãos,
um olhar envergonhado,
o primeiro beijo.
A espera docemente angustiante,
a voz que acaricia os ouvidos,
a beleza do rosto querido.

As flores da primavera,
com suas cores e aromas,
a embelezar o mundo;
o cheiro da terra molhada,
o calor suave do sol fazendo brilhar
as gotas da chuva recente.

Quem saberia dizer quais os seus momentos?
Todos os temos, todavia;
e com eles formamos a colcha de retalhos
que nos aquece a alma,
nas horas de solidão.

Momentos de vida.
Fragmentos do tempo.
Instantes em que o coração bateu mais forte;
em que os sonhos se tornaram reais e
as emoções coloriram o mundo.

Sonhos.
Como drops de felicidade;
como bolhas de sabão,
a refletir a luz dos nossos sentimentos e
das nossas esperanças.
A alegria de acreditar,
de apenas sentir-se vivo.

Uma risada infantil de vitória;
o vento nos cabelos,
enquanto o balanço ia mais longe,
vencia a resistência do ar e
nos projetava para o alto.
Um tempo em que era fácil viver.

Sonhos. Ilusões. Esperanças.
Momentos que a felicidade gravou em nós;
que escapam às águas do tempo,
enquanto o destino nos impulsiona sempre em frente.
No balanço da Vida.

__HASSAN__

...☜♡☞...☜♡☞

...☜♡☞...☜♡☞

domingo, 17 de setembro de 2017

☜♡☞..."CASA ARRUMADA"...☜♡☞



Casa arrumada é assim:
Um lugar organizado, limpo,
com espaço livre pra circulação e uma boa entrada de luz.

Mas casa, pra mim, tem que ser casa e não centro cirúrgico,
um cenário de novela.
Tem gente que gasta muito tempo limpando,
esterilizando, ajeitando os móveis,
afofando as almofadas...
Não, eu prefiro viver numa casa onde eu bato o olho e
percebo logo:
Aqui tem vida...

Casa com vida, pra mim,
é aquela em que os livros saem das prateleiras e
os enfeites brincam de trocar de lugar.
Casa com vida tem fogão gasto pelo uso,
pelo abuso das refeições fartas,
que chamam todo mundo pra mesa da cozinha.
Sofá sem mancha?
Tapete sem fio puxado?
Mesa sem marca de copo?
Tá na cara que é casa sem festa.
E se o piso não tem arranhão,
é porque ali ninguém dança.

Casa com vida, pra mim,
tem banheiro com vapor perfumado no meio da tarde.
Tem gaveta de entulho,
daquelas que a gente guarda barbante,
passaporte e vela de aniversário,
tudo junto...

Casa com vida é aquela em que a gente entra e
se sente bem-vinda.
A que está sempre pronta pros amigos,
filhos... Netos, pros vizinhos...
E nos quartos, se possível,
tem lençóis revirados por gente que brinca ou
namora a qualquer hora do dia.

Arrume a casa todos os dias...
Mas arrume de um jeito que
lhe sobre tempo para viver nela...
E reconhecer nela o seu lugar.

__CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE__

☜♡☞...☜♡☞
☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

☜♡☞..."UM DIA DESCOBRIMOS"...☜♡☞


Um dia descobrimos que beijar uma pessoa para esquecer outra é bobagem.
Você não só não esquece a outra pessoa como pensa muito
mais nela...

Um dia nós percebemos que as mulheres tem instinto "caçador" e
fazem qualquer homem sofrer...

Um dia descobrimos que se apaixonar é inevitável...

Um dia percebemos que as melhores provas de amor são
as mais simples...

Um dia percebemos que o comum não nos atrai...

Um dia saberemos que ser classificado como o "bonzinho"
não é bom...

Um dia perceberemos que a pessoa que nunca te liga é
a que mais pensa em você...

Um dia saberemos a importância da frase:
"Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas..."

Um dia percebemos que somos muito importantes para alguém,
mas nãodamos valor a isso...

Um dia percebemos como aquele amigo faz falta,
mas aí já é tarde demais...

Enfim...
um dia descobrimos que apesar de viver quase um século esse tempo
todo não é suficiente para realizarmos todos os nossos sonhos,
para beijarmos todas as bocas que nos atraem,
para dizer tudo o que tem que ser dito naquele momento.
Não existe hora certa para dizer o que
sentimos se quem estiver te ouvindo não te compreender,
não te merecer...

O jeito é:
ou nos conformamos com a falta de algumas coisas na nossa vida
ou lutamos para realizar todas as nossas loucuras...

Quem não compreende um olhar tampouco
compreenderá uma longa explicação.

__MÁRIO QUINTANA__


☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

☜♡☞...EM VOSSOS SONHOS...☜♡☞


Buscai, sim, os vossos sonhos.

Pois um homem sem sonhos
não tem quaisquer motivos para seguir em frente;
ninguém caminhará,
senão enquanto acreditar que seus passos poderão
levá-lo ao lugar aonde deseja chegar.

Esta é a verdade:
o barco que não tem como objetivo chegar a um porto,
não tem porque seguir uma rota ou enfrentar as tempestades.
Vagueia, apenas, até que uma onda mais forte o faça soçobrar.

Aquele que renuncia aos sonhos, renuncia à vida.
Porque sem o Norte não existe a bússola,
sem o leme de nada adiantam as velas e
sem a lembrança do amor não há encanto na saudade.

E não coloqueis limites aos vossos sonhos.
Porque isto seria como impor limites às asas das aves,
conter as ondas dos mares ou impedir o vento de assoviar
a sua música nas palmas dos coqueiros.

Sede livres em vossos sonhos.
Porque já bastam as correntes que todos os dias
o mundo coloca em vossos pés;
porque o homem que nem nos seus sonhos for livre,
jamais conhecerá a liberdade.

Entregai-vos aos vossos sonhos,
sempre que vos for dado sonhar;
com eles viajareis entre as estrelas,
descereis ao fundo dos oceanos e
subireis ao topo das mais altas e
escarpadas montanhas.

Entregai-vos aos vossos sonhos.
Ao seu lado, bebereis das mais puras fontes;
desfrutareis das mais belas paisagens,
ouvireis as mais lindas melodias e
sentireis os mais doces e suaves aromas.

Entregai-vos aos vossos sonhos.
Em sua companhia,
conhecereis a cada momento novos sentimentos e
novas emoções;
neles, vivereis os mais puros e ternos amores,
e as mais intensas paixões.

Em vossos sonhos,
encontrareis os mais ricos tesouros;
passeareis pelos mais floridos e perfumados jardins,
voareis pelo céu mais azul,
banhar-vos-eis nas mais cristalinas e
murmurantes cascatas.

Em vossos sonhos,
podeis conhecer a serenidade da paz e
alcançar os vossos maiores anseios;
reviver os vossos melhores momentos e
desfrutar de um futuro como gostaríeis que seja o vosso.

Em vossos sonhos,
o Universo é o vosso limite;
podeis flutuar sobre as nuvens alvas,
navegar por oceanos sem fim,
voar como os pássaros,
correr como as gazelas ou
nadar como os peixes.

Aproveitai, pois, os vossos sonhos.
Porque nenhuma realidade será mais bela que um sonho;
como nenhuma luz pode ser mais forte que o sol,
ou nada existe mais puro que um sorriso de criança.

Tende presente, entretanto,
que um sonho não é mais do que um sonho;
assim eu vos tenho dito.
Porque sábio é o homem que mantém os pés no chão,
enquanto a sua alma vaga entre as nuvens.

Junto ao Coração do Universo.

__HASSAN__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

domingo, 3 de setembro de 2017

☜♡☞...O AMOR EM NÓS...☜♡☞




O amor é tão leve,
que não suporta o peso dos nossos desejos;
e tão livre,
que sucumbe sob as correntes que lhe tentamos impor.

E, entretanto, é a força maior em nós.

Do amor,
nascem os nossos sorrisos mais felizes;
e da tentativa de escravizá-lo à nossa vontade,
brotam as lágrimas mais sentidas.

O amor é, para a alma, como o ar é para o corpo.
E, se é certo que dele necessitamos para viver,
é igualmente certo que não o podemos reter em nossos pulmões.

O amor é como as nuvens, que flutuam pelo ar,
livres de nosso controle.
E, entretanto, ornamentam o céu e fazem nascer a chuva,
que fertiliza os campos.

Ou como as estrelas e a lua,
que não estão presas ao firmamento e,
brilhando em liberdade, fazem a beleza da noite.

O amor não absorve, completa.
Eis que o Pai maior nos concedeu o livre-arbítrio,
para que cada um de nós pudesse decidir o próprio destino.
E talvez seja esta a expressão maior do Seu amor.

É necessário que cada um ande o seu próprio caminho,
para que o amor possa guiar os seus passos.

Pois aquele que por outro é comandado,
não pode falar de amor; mas de submissão.
Como aquele que busca impor a sua vontade,
não procede em nome do amor; mas das suas próprias carências.

Eis que a plenitude não pode brotar senão de si própria.
E como poderemos conhecer a plenitude do amor,
se cada um de nós não estiver pleno em si mesmo?

Guardai-vos, portanto,
da tentação de escolher o caminho da pessoa a quem acreditais amar.

Pois é quando os seus próprios passos a levam até vós,
que juntos podeis caminhar...


__HASSAN__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞