segunda-feira, 29 de maio de 2017

☜♡☞...A ESCOLHA...☜♡☞





A escolha é vossa. Assim, eu vos tenho dito.

E vos digo que, em verdade,
para todos vos o tempo trará alegrias e tristezas.
A forma como cada homem reagirá a umas e outras,
é que irá determinar o curso da sua vida.

Porque o esterco,
cujo cheiro forte incomoda os vossos olfatos,
é o mesmo que torna mais fértil o solo,
para que a planta produza as flores cujo
aroma perfuma a vossa vida.
Sim; é certo que não podeis evitar os golpes do destino.
Porém,
é igualmente certo que o lutador que melhor sabe reagir
aos golpes conhece a vitória,
ao fim do confronto.

Este é o segredo do vencedor:
a capacidade de reagir aos golpes,
sem deixar-se abater por eles.
Pois não há vergonha em dobrar os joelhos,
e sim em não voltar a erguer-se.
Acostumai-vos, portanto, aos embates da vida.
E não desanimai,
quando o esterco surgir em vossos caminhos;
antes utilizai-o como adubo,
para plantar as vossas flores.

Sensato não é o homem que lamenta a existência da montanha,
mas aquele que busca a melhor vertente para escalá-la;
nem o que chora ante o rio, mas o que aprende a nadar.
Pois o primeiro desfrutará, durante a escalada,
de paisagens que de outra forma não conheceria;
e ao segundo caberá a carícia das águas,
que sem o rio lhe seria negada.

São as nuvens escuras e ameaçadoras,
que trazem a chuva benfazeja;
e é a luz fugidia e assustadora do relâmpago,
que às vezes reconduz ao caminho certo o viajante perdido.
Assim como na aparente oportunidade se pode
ocultar a armadilha do destino,
não raro o que transtorno vos parece finda por
revelar-se a oportunidade disfarçada.

Muitas e muitas vezes, eu vos tenho dito e repetido:
não é o sopro do vento que determina o rumo do vosso barco,
mas a forma como posicionais as vossas velas.
Guardai esta verdade:
não são os acontecimentos que vos atingem,
que vos farão felizes ou infelizes;
mas a maneira como a eles reagireis.
E esta depende da vossa escolha.

Escolhei sorrir e as nuvens se abrirão,
para que o sol volte a brilhar e possais seguir o vosso caminho.
Escolhei acabrunhar-vos, entretanto,
e negro se tornará o vosso horizonte.
Confiai e a dúvida não vos fará sofrer;
amai intensamente e o temor do futuro se dissolverá
na felicidade do presente;
semeai com prazer e zelo e farta será a vossa colheita.

A escolha é vossa.
E podeis escolher a felicidade.

__HASSAN__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

quinta-feira, 25 de maio de 2017

☜♡☞...O JARDIM SECRETO DE CADA UM...☜♡☞


Há dentro de todos nós essa necessidade de ter em algum lugar nosso jardim secreto,
não onde vamos confinar nossos segredos,
mas onde podemos ter um encontro real e exclusivo conosco.

Umas pessoas sentem mais essa necessidade que outras,
mas estar consigo de vez em quando, interiorizar-se,
colocar ordem nos pensamentos ou simplesmente abandonar-se,
é vital ao equilíbrio de todos nós.

Em todo relacionamento onde o amor existe,
esse espaço deve ser conservado como o limite de cada um.
Os relacionamentos fusionais que ultrapassam essas barreiras
acabam por destruir-se,
pois amar é também respeitar que a outra pessoa tenha seu recanto,
seus pensamentos e, por que não, seus próprios amigos,
próprias idéias e sonhos.

As pessoas não precisam estar juntas cem por cento do tempo
para provarem que se amam.
Elas se amam por que se amam e pronto.
Dar ao outro um pouco de espaço, um pouco de ar para respirar,
é dar-lhe também a oportunidade de sentir falta de estar junto.
E isso vale tanto para os amores como para as amizades.

As cobranças intermináveis, resultados de carências afetivas,
acabam por sufocar a outra parte e cria na que pede, espera,
implora, ansiedades que a tornarão infeliz,
pois ela verá como desamor qualquer gesto que
não corresponda ao que espera.

Amar é deixar o outro livre para ficar ou para se retirar.
É respeitar seu silêncio e seu desejo de solitude.
E é deixá-lo livre para ir e voltar quando o coração pedir,
que isso seja numa cidade ou dentro de uma casa.

Nada impede que um grande e lindo jardim seja construído juntos e
que de mãos dadas se passeie por ele,
com o peito cheio de felicidade e a cabeça cheia de sonhos...
mas ainda assim,
o jardim secreto de cada um deve ser mantido como lugar único e que vai,
no fim das contas, enriquecer as relações.

Letícia Thompson

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

domingo, 21 de maio de 2017

☜♡☞...OS VOSSOS AMORES...☜♡☞



Cuidai dos vossos amores.

Assim eu vos tenho dito.
Porque um amor não é um presente que a vida vos traga,
nem uma posse da qual podeis dispor.
É uma conquista de todos os dias e de vós depende mantê-lo vivo.

Entretanto, não atentais para este cuidado.
E vos perdeis nos labirintos da vida,
ocupados com os problemas do dia-a-dia;
esquecidos de que o amor tornaria mais suave a vossa jornada.

Por isto, o amor se afasta de vós.
E não se vai de repente, ao som de trombetas e fanfarras;
retira-se pouco a pouco, cabisbaixo e entristecido,
pé ante pé, na esperança de que o chameis a voltar.

Porque não são as grandes brigas, que provocam a morte do amor;
estas indicam o interesse que tendes um pelo outro,
a preocupação de manter vivo e forte o relacionamento entre vós.

Temeis que a chuva forte faça correr a terra e ruir a vossa casa;
ou que o rio caudaloso derrube a represa.
Eu, porém, vos digo que mais perigosos são a garoa fina e
constante e o furo pequenino.

Não é o ciúme que deveis temer,
nem as diferenças de opinião,
nem o aborrecimento passageiro;
nada disto traz o fim de um amor.
A mágoa das brigas de amor acaba na alegria do reencontro.

Precavei-vos, sim, contra a falsa segurança da rotina;
não alimenteis a vã ilusão de que o outro vos pertença.
Pois o homem tende a descuidar do que julga possuir;
e o descuido é fatal ao amor.

É assim que morre a maioria dos amores:
afogada no oceano da rotina.
E a ironia é que, uma vez ocorrida a separação,
a monotonia se transforma em saudade;
a indiferença torna-se arrependimento.

Guardai-vos do descaso;
não menosprezeis o ser amado, nem vos deixeis menosprezar.
É a admiração que abre passagem para o amor;
enquanto ela existir, o amor caminhará convosco.

Não idolatreis, porém, aquele a quem amais;
não o vejais como um deus ou um sonho,
porque ele é apenas uma pessoa.
E julgar alguém melhor do que é,
é o caminho mais curto para a decepção.

Preservai o carinho entre vós.
Porque assim,
ainda que o fogo não possa estar aceso todo o tempo,
sempre vos será agradável ver o ser amado;
sentir o seu toque e o seu cheiro, ouvir a sua voz.

Exercitai, mutuamente, a compreensão.
Porque aquele que se mantém preso ao seu ponto de vista
não é capaz de andar de mãos dadas;
e outra forma não existe de caminhar com o amor.

Lembrai-vos que cada um de vós deve resolver
os seus próprios problemas e sonhar os seus próprios sonhos.
Resolvei juntos, entretanto,
os vossos problemas; e sonhai juntos o vosso sonho.

Respeitai os vossos espaços particulares;
porque sois como as estrelas e
cada pessoa necessita ter o seu brilho próprio.
Mas não vos distancieis,
ou a solidão acompanhada se instalará entre vós.

Cuidai de valorizar o que tendes;
e não deixeis que se perca o sentimento profundo que um dia vos uniu.
Porque o amor não se nutre apenas de esperanças,
mas também se alimenta de si mesmo.

E mantém vivos os vossos sonhos.

__HASSAN__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

sábado, 13 de maio de 2017

☜♡☞...BALADA DE AMOR...☜♡☞



Que, hoje, o Amor vos fale pela minha voz.

Que nas minhas palavras possam vibrar as mais belas emoções;
outra forma não existe de cantar o amor incondicional,
que não conhece limites e a tudo supera.

Que eu vos possa falar do perfume de todas as flores,
da harmonia de todas as canções,
da beleza de todas as histórias de amor, da alegria de todos os sorrisos.

E que eu vos fale também de saudade;
para que cada um de vós enxugue uma furtiva lágrima,
entre as doces lembranças da infância.

Pois a verdade é que o tempo não volta; cristaliza-se,
entretanto, nas recordações que nos povoam a mente,
em meio às nossas lágrimas e aos nossos sorrisos.

Deixai, portanto, que eu vos fale do Amor feito carne;
da dedicação tornada em poesia,
da capacidade de perdoar sem restrições e da
abnegação que faz esquecer de si mesma.

Deixai-me cantar o seio generoso,
que ao entregar-se à boca ávida tornou-se a primeira oferenda de amor
que neste mundo recebestes,
a sustentar a vossa vida.

Deixai-me falar da mão amorosa e onipresente,
que amparou os vossos primeiros passos;
e dos braços protetores,
vosso primeiro refúgio ante as desilusões do mundo.

Deixai que eu vos recorde as noites insones daquela que
velava o vosso sono inquieto,
quando vos visitava a enfermidade;
e cujo coração se confrangia, ante as vossas dores.

Aquela que trocava as vossas fraldas, e em seu colo vos embalava.
E, conhecendo embora as vossas falhas,
em vós encontrava a perfeição que só o amor pode emprestar.

Mais do que uma mulher, um poema de amor.
A proteger a vossa infância, a defender a vossa inocência,
a preparar-vos para a vida. E a amar-vos cada vez mais.

Porque o Amor não é como a tempestade, que explode de repente;
mas como a planta, que aos poucos se desenvolve.
E a cada dia mais fortes se tornam as suas raízes.

Deixai, hoje, que eu vos fale de amor.
E que na minha voz esteja a voz de mil anjos,
para que me seja dado tocar os vossos corações.
Para que eu vos fale na linguagem das mães.
A linguagem do Amor.


__HASSAN__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

domingo, 7 de maio de 2017

☜♡☞..."O VOO DOS VOSSOS SONHOS"...☜♡☞



Precisais libertar os vossos sonhos.

Como alguém que lança ao ar os pássaros que lhe emprestam as asas.
Porque os sonhos retidos são como as ideias que não colocais
em prática e as tochas que não acendeis.

De nada vos valem, umas e outras.
Pois as ideias são como as tochas,
que necessitam ser acesas,
para que possam espalhar a luz e
guiar os vossos passos pelo caminho.

Deveis libertar os vossos sonhos.
Soltos, eles carregarão as sementes da felicidade e
as lançarão sobre vossas vidas,
como pássaros soltam sementes sobre o chão generoso.

Se os retiverdes, entretanto,
serão como aves na gaiola,
olhando tristes por entre as grades e
imaginando como seria bom poder voar e
aquecer as asas ao calor benéfico do sol.

Não reluteis em libertar os vossos sonhos.
Ainda que não cheguem ao seu destino,
eles vos levarão ao céu,
enquanto durarem os seus voos;
estes serão os vossos próprios voos.

E mais vale caminhar entre as nuvens macias,
ainda que haja o risco de uma queda,
do que arrastar-se todo o tempo pelo barro árido e
sempre igual.
É preciso sonhar, para voar.

Aquele que, por temer a desilusão,
não se entrega ao prazer de sonhar,
é como o homem que não se regozija com a felicidade,
por medo de que a ela se possa seguir o sofrimento.

Não temais libertar os vossos sonhos.
Pois nada existe que não tenha sido construído sobre um sonho;
o sonho é o alicerce e o trabalho a argamassa que
o torna realidade.

Não temais libertar os vossos sonhos.
Pois outro caminho não existe para que, por vossa vez,
sejais livres e possais voar entre as estrelas,
em vez de temer a escuridão da noite.

Não temais libertar os vossos sonhos.
Pois o que é a própria Vida,
senão o maior dos sonhos,
enquanto adormecidos vos aninhais entre
os braços protetores do Universo?


Precisais libertar os vossos sonhos.
Porque é mais feliz o homem que
estremece de frio ao sopro da brisa noturna,
do que aquele que permanece no calor insalubre da cela.

Precisais libertar os vossos sonhos.
Porque a parte mais verdadeira de vós não é
aquela que se encolhe de medo,
diante dos embates da vida e, tímida, se esconde no passado.

Mas a que busca sempre o Jardim do Amanhã.

_HASSAN__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

quarta-feira, 3 de maio de 2017

☜♡☞..."A ARTE DE OUVIR"...☜♡☞



A voz do homem é como o vento.

Nada produz e em nada se desfaz,
ao chocar-se contra o muro compacto e insensível.
Porém, ao encontrar o solo generoso,
pode deixar cair a semente,
da qual a planta bela e forte nascerá.

Necessitais aprender a ouvir.
Porque os vossos ouvidos, quando de surdos se fazem,
são como o muro contra o qual se desfazem as palavras,
sem nada mudar ou produzir qualquer efeito.

Entretanto,
quando de ouvidos e coração abertos
escutais realmente o que vos dizem,
a vossa mente torna-se o terreno fértil,
onde a semente de uma ideia pode brotar e mudar a vossa vida.

É unicamente de vós, que depende fazer a diferença.
Se, para expor as vossas próprias ideias,
interrompeis aquele que vos fala,
jamais o podereis entender,
ou conhecer os seus pensamentos.

E, se apenas fingirdes escutar, sereis como o homem insensato,
ocultando na boca a água que mitigaria a sua sede,
para cuspi-la fora quando julga que ninguém o está mais observando.

Quando, entretanto, vos dispondes a verdadeiramente ouvir,
as palavras não morrem em vossos ouvidos;
novas ideias e novos sentimentos surgem,
em vossa mente e em vosso coração.

Se alguma dúvida vos restar sobre o benefício de saber ouvir,
recordai que é ouvindo, que a criança aprende a falar.
Não vos encanteis pelo som da vossa voz,
a ponto de desprezar as alheias.

Aprendei a ouvir.
Porque aquele que não ouve
permanece preso às suas ideias e aos seus conceitos;
e ninguém é dono da verdade,
que nasce da junção de todas as verdades de cada um de vós.

Aprendei a ouvir.
Porque o aprendizado é o objetivo da jornada,
e o homem sábio é aquele que não aprende apenas com o sofrimento,
mas também com tudo que lhe podem ensinar os seus irmãos.

Aprendei a ouvir.
Porque não tropeçareis,
se estiverdes avisados sobre a pedra.
Não amargareis a sede,
se souberdes onde encontrar o poço;
nem a fome, se vos houverem ensinado o plantio.

Aprendei a ouvir.
Porque mais facilmente entendereis a vós mesmos,
se conseguirdes entender os vossos irmãos;
é observando as estrelas,
que se tem uma ideia da complexidade do céu.

Aprendei a ouvir.
Porque os mesmos direitos que reclamais,
assistem aos vossos irmãos;
e decerto ninguém vos escutará,
se vos furtardes a ouvir os outros
quando lhes tocar a vez de falar.

Ouvir é uma arte.
Para que a possais praticar,
necessitareis dominar o vosso orgulho,
reconhecendo que não podeis estar sempre certos e
abrindo a vossa mente para novas verdades.

Pois é assim que se processa o aprendizado.


__HASSAN__
☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞