sexta-feira, 11 de agosto de 2017

☜♡☞...A BELEZA DA ALMA...☜♡☞



A jóia da alma adorna o corpo
A roupa íntima veste o coração
A leveza do amor transpira emoções
Nas mãos que lutam
Para escrever sua história...

A vida exala pelos poros
O calor dentro do peito
Aquece o corpo
Para notarmos quão precioso é viver
Na proporção de cada intensidade!

Poder sentir em nossos arredores
O verde da esperança
O colorido de magias
Na arte pintada no universo
Com certeza é um privilégio imensurável.

Uma tela de olhares
Entre milhões de transeuntes
Numa captação de energias
Soltas no ar

Respirar o mesmo ar
Sentir o mesmo perfume
Em fragrâncias diferentes
Extrair o sentido das coisas
Para absorver a essência
Só a alma é capaz
De explorar magnitudes
E colher flores entre os espinhos...

Através da alma
Fazemos viagens etéreas
E em cada estação
Vemos os trilhos do tempo
Passando pela janela do conhecimento...

A juventude ilumina a terra
Para a maturidade encontrar a luz
Que passa por vários caminhos
Até avisar a saída
Do amadurecimento do espírito!

Esta é a alma beleza viva
Que não perde a aparência
Pelo envelhecimento
Porque sobrevive de cada ano que passa
Tornando-se plena e absoluta
Numa imagem superiormente linda!

__Regilene Rodrigues Neves__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞....☜♡☞

domingo, 6 de agosto de 2017

☜♡☞...O SILÊNCIO DA ALMA...☜♡☞



Lembre-se:
Os silêncios mantêm os segredos,
portanto, o som mais doce é o som do silêncio.
Essa é a canção da alma.

Alguns escutam o silêncio na oração,
outros cantam a canção em seu trabalho,
alguns procuram os segredos na contemplação tranquila.

Quando se alcança a maestria,
os sons do mundo se apagam,
as distrações se aquietam.

Toda a vida se transforma em meditação.

Tudo na vida é uma meditação na qual se pode
contemplar o Divino e vivendo dessa forma,
aprendemos que tudo na vida é bênção.

Já não há luta, nem dor, nem preocupação.

Só há experiência.

Respira em cada flor, voa com cada pássaro,
encontra beleza e sabedoria em tudo,
já que a sabedoria está em todos os lugares
onde se forma a beleza.

E a beleza se forma em todas as partes,
não há que procurá-la, porque ela virá a ti.

Quando ages nesse estado,
transformas tudo o que fazes numa meditação
e assim, num dom,
num oferecimento de ti para tua alma e
de tua alma para o Todo.

Ao lavar os pratos desfruta do calor da água
que acaricia tuas mãos.

Ao preparar a ceia sinta
o amor do universo que te trouxe esse alimento e,
como um presente teu ao preparar essa comida,
derrama nela todo o amor de teu ser.

Ao respirar, respira longa e profundamente,
respira lenta e suavemente,
respira a suave e doce simplicidade da vida,
tão plena de energia, tão plena de amor.

É amor de Deus o que estás respirando...

Respira profundamente e poderás senti-lo.

Respira muito, muito profundamente e
o amor te fará chorar de alegria.

Porque conheceste teu Deus e
teu Deus te presenteou com tua alma.

Faz da tua vida e
de todos os acontecimentos uma meditação.

Caminha na vigília, não adormecido.

Sempre és Um com Deus.

Sempre és bem-vindo à casa.

Porque teu lar é o Meu coração e o Meu é o teu.

Somos tudo o que é, tudo o que foi e tudo o que será.

__Neale Donald Walsch__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

domingo, 30 de julho de 2017

☜♡☞..."A PERFEIÇÃO E O AMOR"...☜♡☞


Não imagineis perfeito o vosso amado.

Ou conhecereis, decerto, a desilusão.
Porque o amor é o maior dos vossos sonhos,
e ninguém que sobre este mundo caminhe pode igualar-se à
perfeição de um sonho.

Sim; é certo que a paixão vos cega para os seus defeitos.
Entretanto a paixão é como a bruma efêmera,
que se evapora com o tempo;
um dia, a vossa visão voltará.

E nesse dia, se o tiverdes visto como um príncipe,
como um sapo o passareis a ver.
Quem exagera as qualidades de alguém,
haverá também de exagerar os seus defeitos.

Cuidai-vos, portanto,
para que não vos deixeis levar por vossas ilusões.
Pois aquele que tenta apanhar o sol refletido em uma poça d’água,
ficará com as mãos molhadas e vazias.

Talvez vos pareça que imaginar alguém perfeito é a
maior homenagem que lhe podeis fazer.
E é por isto que assim o vosso coração
busca enxergar o vosso amado.

Eu vos asseguro, porém,
que nenhuma carga é tão pesada de levar quanto
a imagem da perfeição.
Ninguém a suportará por muito tempo sobre os ombros,
antes de tombar ao chão.

Certo é que mais fácil se torna gostar de alguém,
quando se atenta apenas para as suas qualidades,
ignorando as suas falhas; amar, todavia,
é aceitar também os seus defeitos.

Porque para saborear a doçura do mel é
necessário enfrentar as picadas das abelhas,
e para que a bela rosa ornamente o vosso vaso devereis
vencer os seus espinhos.

Assim é, na natureza.
E assim também ocorre em vós;
é preciso que se alternem as emoções,
para que desabrochem o Conhecimento e
a Plenitude em vossas almas.

Tende presente esta verdade.
Porque a ninguém será dado navegar no oceano do amor,
sem enfrentar as suas ondas;
ou desfrutar da alegria sem conhecer a tristeza.

Reconhecei as vossas imperfeições.
Pois, quando o fordes capazes de fazer,
sabereis que, assim como vós,
também aquele a quem amais tem as suas próprias imperfeições.

E isto, entretanto,
não o torna menos digno do vosso amor;
como as vossas imperfeições não o impedem de amar-vos.
É juntos, que deveis buscar a evolução e o crescimento.

Perfeito, não será jamais o vosso amado.

Perfeito é o sonho do Amor que existe em vós.

__HASSAN__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

terça-feira, 11 de julho de 2017

☜♡☞..."OS VOSSOS RELACIONAMENTOS"...☜♡☞


Ninguém existe, que possa viver só.
Desde o começo, é através de alguém que chegais a este mundo.
Porque necessitais de um colo que vos acolha,
de braços que vos protejam, de um coração que vos ame e acompanhe.

E assim acontece, durante o tempo que dura a jornada.
Embora cada homem seja um mundo próprio,
com suas paisagens e características,
necessitais gravitar uns ao redor dos outros.

Como, aliás, aos planetas ocorre.
Porque é a presença de cada um que mantém os demais
em suas respectivas órbitas;
e convosco não é diferente:
a companhia dos outros vos impõe limites.

Precisais, sim, de companhias que vos cerquem;
de mãos que amparem os vossos passos,
de ouvidos que vos escutem, de bocas que vos falem.
Precisais de pessoas que vos queiram bem.

Preservai, portanto, os vossos relacionamentos.
Cuidai para oferecer aos que vos cercam aquilo que
deles desejais receber;
porque nenhum homem oferecerá flores,
àquele que lhe trouxer espinhos.

Guardai-vos de despejar a vossa mágoa sobre quem vos acolhe;
guardai-a para aqueles que vos houverem ofendido.
Lembrai-vos de que deveis procurar soluções,
não maximizar problemas.

Claro está que difícil se torna sorrir,
quando a tristeza e a inquietação vos apertam o coração;
todavia,
é nessas horas que mais deveis achegar-vos a quem vos ama,
em busca de forças.

Evitai agredir a quem vos abraça;
é no conforto de um abraço carinhoso,
que muitas vezes nos sentimos apoiados e prontos a seguir em frente,
certos de que não estamos sós em nossa jornada.

Todo fardo repartido, é mais fácil de ser carregado.
Entretanto,
não é multiplicar o vosso aborrecimento que necessitais,
mas dividi-lo; é na compreensão,
que está a arte de repartir os fardos.

Aprendei esta verdade,
e mais fáceis se tornarão os vossos relacionamentos;
espalhar mágoas e rancores ao vosso redor,
é como forrar de pedras a estrada por onde caminhareis com os pés nus.

Insensato é o homem que lança sobre aqueles que o amam
a carga injusta da sua revolta pelos imprevistos da vida;
sábio é o que com eles divide
as suas inquietações e busca os seus braços.

Pois o primeiro nada receberá,
senão o retorno das farpas que arremessou;
enquanto ao segundo caberão o conforto das palavras de carinho e
a certeza da companhia na busca do melhor caminho.

Preservai os vossos relacionamentos.
E não espereis que alguém vos acaricie,
se o agredis, por mais que vos possa querer.
Pois o homem não conhece senão as suas próprias necessidades.

E é por isto que necessitais dos vossos relacionamentos.


__HASSAN__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

sábado, 1 de julho de 2017

☜♡☞..."APAIXONADA"...☜♡☞


Estou apaixonada!

A vida fica mais viva, colorida e tem mais sentido..

Estou apaixonada!
No sentido mais amplo da palavra...
maravilhada, extasiada, entregue a esta sensação..

Estou apaixonada!
Pela vida e pelas belezas que tenho percebido e
antes não observava ou não dava tanta atenção..

Estou apaixonada!
Pelo presente que é a Natureza e pela abundância,
mas que na correria do dia a dia, não desfrutamos..

Estou apaixonada!
Pela sincronicidade da vida...
que cada dia mais me presenteia,
trazendo à mim ou me movendo para mais perto do que almejo..

Estou apaixonada!
Pela maneira como a vida me traz pessoas interessantes e
ligadas a meus propósitos..

Estou apaixonada!
Pela magia da vida!!!

Estou apaixonada!
Por mim mesma!
Pela pessoa que sou e que estou me tornando..

Estou apaixonada!
Pela minha constante transformação..

Estou apaixonada!
Pelas minhas descobertas perante a infinitude e
plenitude da vida, pela Unidade com a mesma.

Estou apaixonada!
Pelas minhas divagações,
questionamentos e mesmo minhas neuroses...
pois são elas que me permitem ir mais a fundo dentro de mim mesma e
encontrar minhas próprias respostas...

Estou apaixonada!
Pela minha fome interior, meus anseios, minhas inquietações...
elas me movem em direção ao novo e
assim vou trilhando caminhos desconhecidos e
descobrindo fatos reveladores que me permitem enxergar
um pouco mais a “minha verdade”..

Estou apaixonada!
Pelas descobertas...de todos os tipos...
do quanto não sabemos sobre a vida e sobre nós mesmos...
do quanto temos a aprender..

Estou apaixonada!
Pelo fascínio que é o auto-conhecimento,
e a busca da espiritualidade..

E sou muito feliz,
por conseguir sentir desta maneira mesmo diante de provações...
e não desistir nem desanimar...
mas seguir em frente vendo a beleza de tudo isso e
tirando maior proveito dessa escola que é o Viver!!

__DA__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

quinta-feira, 29 de junho de 2017

☜♡☞..."QUANDO O AMOR TOCA"...☜♡☞


Quando o amor toca o nosso coração
os nossos sonhos se misturam, tornam-se um só.
Parecem duas vidas revestidas em uma só pele
que se encaixam perfeitas, vivem o mesmo sonho.
Assim, mistura-se o teu sonho no meu sonho
e então sonhamos tão iguais…
Quando o amor toca o nosso coração
A gente caminha na mesma estrada,
na mesma direção..
De mãos dadas, pés descalços sobre o mesmo Sol.
andamos sem rota, sem lenços e documentos
apenas querendo chegar em algum lugar que a nós
pouco importa onde, se estivermos juntos.
O mundo para, não cabe mais ninguém, só nós
fica sendo um mundo colorido para dois.
A gente não sabe mais decifrar o brilho do sol,
da lua e das estrelas, tudo é tão lindo.
Nossas vidas se acondicionam juntas na ampulheta
do tempo.
Deixamos de nos preocupar com as horas,
minutos, segundos
O ontem, o hoje e o agora tornam-se tão iguais,
só queremos viver intensamente este amor.
Quando o amor toca o nosso coração
tudo se torna uma linda poesia de amor.
Sua voz, seu sorriso soa como uma canção.
Canção esta, que me marcará para sempre
e que certamente dormirá junto aos meus sonhos
Quando o amor tocar o meu coração.

__JOE LUIGI__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

domingo, 25 de junho de 2017

☜♡☞...VOCÊ SABE OU VOCÊ SENTE?...☜♡☞



Você já reparou o quanto as pessoas falam dos outros?
Falam de tudo.
Da moral, do comportamento, dos sentimentos,
das reações, dos medos, das imperfeições, dos erros,
das criancices, ranzinzices, chatices, mesmices, grandezas,
feitos, espantos.

Sobretudo falam do comportamento.
E falam porque supõem saber.
Mas não sabem.
Porque jamais foram capazes de sentir como o outro sente.
Se sentissem não falariam.

Só pode falar da dor de perder um filho,
um pai que já perdeu,
ou a mãe já ferida por tal amputação de vida.
Dou esse exemplo extremo porque ele ilustra melhor.
As pessoas falam da reação das outras e do
comportamento delas quase sempre sem jamais terem
sentido o que elas sentiram.

Mas sentir o que o outro sente não significa sentir por ele.
Isso é masoquismo.
Significa perceber o que ele sente e
ser suficientemente forte para ajudá-lo
exatamente pela capacidade de não se contaminar
com o que o machucou.

Se nos deixarmos contaminar (fecundar?)
pelo sentimento que o outro está sentindo,
como teremos forças para ajudá-lo?
Só quem já foi capaz de sentir os muitos sentimentos do mundo é
capaz de saber algo sobre as outras pessoas e aceitá-las,
com tolerância.

Sentir os muitos sentimentos do mundo não é
ser uma caixa de sofrimentos.
Isso é ser infeliz.
Sentir os muitos sentimentos do mundo é
abrir-se a qualquer forma de sentimento.
É analisá-los interiormente,
deixar todos os sentimentos de que somos dotados fluir sem barreiras,
sem medos, os maus, os bons, os pérfidos,
os sórdidos, os baixos, os elevados, os mais puros, os melhores,
os santos.

Só quem deixou fluir sem barreiras,
medos e defesas todos os próprios sentimentos,
pode sabê-los, de senti-los no próximo.
Espere florescer a árvore do próprio sentimento.
Vivendo, aceitando as podas da realidade e se possível fecundando.
A verdade é que só sabemos o que já sentimos.
Podemos intuir, perceber, atinar;
podemos até, conhecer. Mas saber jamais.
Só se sabe aquilo que já se sentiu.

ARTUR DA TÁVOLA

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

domingo, 18 de junho de 2017

☜♡☞..."CATADORA DE LINDEZAS"...☜♡☞


Eu venho de lá onde o bem é maior.
De onde a maldade seca, não brota.
De onde é sol mesmo em dia de chuva e chuva chega como benção.
Lá sempre tem uma asa,
um abrigo para proteger do vento e das tempestades.
Eu venho de um lugar que tem cheiro de mato,
água de rio logo ali e passarinho em todas as estações.
Eu venho de um lugar em que se divide o pão,
se divide a dor e se multiplica o amor.
Eu venho de um lugar onde quem parte fica para sempre,
porque só deixou boas lembranças.
Eu venho de um lugar onde criança é anjo,
jovem é esperança, e os mais velhos são confiança e sabedoria.
Eu venho de um lugar onde irmão é laço de amor e
amigo é sempre abraço.
Onde lar acolhe para sempre como o coração de mãe.
Eu venho de um lugar que é luz mesmo em noite escura.
Que é paz, fé e carinho.
Eu venho de lá, e não estou sozinha, “sou catadora de lindezas”,
sobrevivo de encantamento, me alimento do que é bom, do bem.
Procuro bonitezas e bem querer,
sobrevivo do que tem clareza e só busco o que aprendi a gostar,
não esqueço de onde venho e vou sempre querendo voltar.
Meu lugar se sustenta do bem que encontro pelo caminho,
junto à maços de alfazema e alecrim.
Ah sim, sou como passarinho carregando a bagagem de bondade,
catando gravetos de cheiro, para esquentar e sustentar o ninho...
Talvez a vida tenha feito você acreditar que este lugar não existe.
Te digo, tem sim, é fácil encontrar.
Silencie, respire, desarme-se, perceba, é pertinho.
Este lugar pulsa amor, é dentro da gente, é essência,
está em cada um de nós.
Basta a gente querer e buscar.

__RITA MAIDANA__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

terça-feira, 13 de junho de 2017

☜♡☞...DA COMPAIXÃO...☜♡☞



Exercitai, sempre, a compaixão.

Pois, assim como no gelo as flores não brotam,
também no coração empedernido não germinará a felicidade;
e aquele que não cuida do seu irmão
não se mostra digno de olhar a face do Pai.

Verdade é que o sofrimento caminha sobre a Terra.
E assim acontece porque cada homem se preocupa consigo mesmo,
quando deveríeis dar-vos as mãos,
para que juntos pudésseis caminhar.

Atentai para o vosso futuro.
Porque eu vos digo que,
assim como um pai sente em seu coração as lágrimas de seus filhos,
também no Universo reverberam as dores de todos os seres vivos.

E não estará cumprida a missão do homem,
enquanto o sofrimento visitar o seu irmão.
E não cessará a jornada,
enquanto um único homem ainda trilhar
os caminhos do aprendizado e da dor.

Deveis, pois, abrir os vossos corações.
Porque é só assim que podereis avaliar as dores dos vossos irmãos;
e só ao senti-las sereis verdadeiramente capazes
de lhes trazer o alivio de que necessitam

E mesmo o mais pobre dos homens perceberá,
na vossa voz e no vosso olhar,
o interesse sincero e o afeto espontâneo.
E menos infeliz se sentirá,
ao ver que não se encontra verdadeiramente só.

Generoso é, em verdade,
aquele que distribui os seus bens para mitigar
a fome e a sede de seus irmãos.
Entretanto, é preciso doar de vós mesmos,
para que possais entender a verdadeira compaixão.

Porque a compaixão não busca o reconhecimento,
mas em si mesma encontra a própria recompensa.
Como a árvore,
que ao doar os seus frutos assegura a própria sobrevivência.

É ao alimentar o filho, através do seu próprio sangue,
que a mãe encontra a sua maior realização.
E, se isto acontece em nome do amor,
deixai-me dizer que a compaixão não é mais do que o amor universal.

É no amor, que a compaixão tem as suas raízes.
E para que a possais tornar parte de vós,
necessário se torna que aprendais a amar aos vossos irmãos,
como a vós mesmos o fazeis.

Quando o tiverdes conseguido,
é de outra forma que entendereis a Vida.
E a paz se espalhará pelo mundo,
e não mais necessitareis das vossas fronteiras,
nem dos vossos exércitos, nem dos vossos idiomas,

Buscai a compaixão.
E encontrareis a linguagem do amor universal.

__HASSAN__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

terça-feira, 6 de junho de 2017

☜♡☞ALGUÉM QUE AMA MAIS☜♡☞


Sempre haverá alguém que ama mais.


Aquele que, buscando prolongar o amor,
muitas vezes chegará a anular a própria vontade.
E, assim fazendo,
encurtará o tempo de duração da sua história.

Porque o amor tem na plenitude o seu maior encanto.
E não existirá plenitude entre dois amantes,
se cada um não puder expressar os seus próprios desejos.

Pois não existe, sob o sol, alguém que não se sinta incompleto.
É por isto que buscais o amor:
para que possais encontrar a parte que vos falta,
a outra metade de vós.

E é por isto que são efêmeros os vossos amores.
Porque ninguém existe que seja a outra metade de alguém;
cada um de vós é um mundo à parte,
com as suas próprias paisagens.

Não é em outra pessoa, que encontrareis o que vos falta;
mas em vossos sentimentos.
Pois é através do verdadeiro Eu,
que o homem se pode ligar ao Universo.

Apenas assim, encontrareis a plenitude.
Pois a centelha divina que existe em vós se ressente do exílio,
e seu maior desejo é reunir-se ao Cosmo, ao qual pertence.

É esta a origem da vossa inquietação.
E não conhecereis a paz,
enquanto a vossa alma não conhecer esta verdade;
enquanto cada homem não aceitar a si mesmo.

Por isto, sempre existirão mãos que se entrelaçam.
E que um dia se separarão,
para acenar um derradeiro adeus;
não ao amor, mas à esperança que se vai.

Sempre existirão bocas que se beijam,
entre palavras de carinho e desejo.
E que um dia buscarão as palavras mais duras,
para magoar a quem juravam amar.

Sempre existirão olhos que se fitam,
e trocam mensagens de amor.
E que um dia se entregarão a lágrimas de tristeza e saudade,
ou de revolta e frustração.

Sempre existirão corpos que se encontram e penetram,
e no calor do orgasmo escapam ao tempo e ao espaço.
E um dia sentirão o frio cruel da solidão.

Sempre haverá alguém que ama mais.
E talvez para ele seja mais dolorosa a separação.
Decerto, entretanto, será o mais feliz enquanto durar o amor.

Porque com mais intensidade viverá o seu sonho.

__HASSAN__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

segunda-feira, 29 de maio de 2017

☜♡☞...A ESCOLHA...☜♡☞





A escolha é vossa. Assim, eu vos tenho dito.

E vos digo que, em verdade,
para todos vos o tempo trará alegrias e tristezas.
A forma como cada homem reagirá a umas e outras,
é que irá determinar o curso da sua vida.

Porque o esterco,
cujo cheiro forte incomoda os vossos olfatos,
é o mesmo que torna mais fértil o solo,
para que a planta produza as flores cujo
aroma perfuma a vossa vida.
Sim; é certo que não podeis evitar os golpes do destino.
Porém,
é igualmente certo que o lutador que melhor sabe reagir
aos golpes conhece a vitória,
ao fim do confronto.

Este é o segredo do vencedor:
a capacidade de reagir aos golpes,
sem deixar-se abater por eles.
Pois não há vergonha em dobrar os joelhos,
e sim em não voltar a erguer-se.
Acostumai-vos, portanto, aos embates da vida.
E não desanimai,
quando o esterco surgir em vossos caminhos;
antes utilizai-o como adubo,
para plantar as vossas flores.

Sensato não é o homem que lamenta a existência da montanha,
mas aquele que busca a melhor vertente para escalá-la;
nem o que chora ante o rio, mas o que aprende a nadar.
Pois o primeiro desfrutará, durante a escalada,
de paisagens que de outra forma não conheceria;
e ao segundo caberá a carícia das águas,
que sem o rio lhe seria negada.

São as nuvens escuras e ameaçadoras,
que trazem a chuva benfazeja;
e é a luz fugidia e assustadora do relâmpago,
que às vezes reconduz ao caminho certo o viajante perdido.
Assim como na aparente oportunidade se pode
ocultar a armadilha do destino,
não raro o que transtorno vos parece finda por
revelar-se a oportunidade disfarçada.

Muitas e muitas vezes, eu vos tenho dito e repetido:
não é o sopro do vento que determina o rumo do vosso barco,
mas a forma como posicionais as vossas velas.
Guardai esta verdade:
não são os acontecimentos que vos atingem,
que vos farão felizes ou infelizes;
mas a maneira como a eles reagireis.
E esta depende da vossa escolha.

Escolhei sorrir e as nuvens se abrirão,
para que o sol volte a brilhar e possais seguir o vosso caminho.
Escolhei acabrunhar-vos, entretanto,
e negro se tornará o vosso horizonte.
Confiai e a dúvida não vos fará sofrer;
amai intensamente e o temor do futuro se dissolverá
na felicidade do presente;
semeai com prazer e zelo e farta será a vossa colheita.

A escolha é vossa.
E podeis escolher a felicidade.

__HASSAN__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

quinta-feira, 25 de maio de 2017

☜♡☞...O JARDIM SECRETO DE CADA UM...☜♡☞


Há dentro de todos nós essa necessidade de ter em algum lugar nosso jardim secreto,
não onde vamos confinar nossos segredos,
mas onde podemos ter um encontro real e exclusivo conosco.

Umas pessoas sentem mais essa necessidade que outras,
mas estar consigo de vez em quando, interiorizar-se,
colocar ordem nos pensamentos ou simplesmente abandonar-se,
é vital ao equilíbrio de todos nós.

Em todo relacionamento onde o amor existe,
esse espaço deve ser conservado como o limite de cada um.
Os relacionamentos fusionais que ultrapassam essas barreiras
acabam por destruir-se,
pois amar é também respeitar que a outra pessoa tenha seu recanto,
seus pensamentos e, por que não, seus próprios amigos,
próprias idéias e sonhos.

As pessoas não precisam estar juntas cem por cento do tempo
para provarem que se amam.
Elas se amam por que se amam e pronto.
Dar ao outro um pouco de espaço, um pouco de ar para respirar,
é dar-lhe também a oportunidade de sentir falta de estar junto.
E isso vale tanto para os amores como para as amizades.

As cobranças intermináveis, resultados de carências afetivas,
acabam por sufocar a outra parte e cria na que pede, espera,
implora, ansiedades que a tornarão infeliz,
pois ela verá como desamor qualquer gesto que
não corresponda ao que espera.

Amar é deixar o outro livre para ficar ou para se retirar.
É respeitar seu silêncio e seu desejo de solitude.
E é deixá-lo livre para ir e voltar quando o coração pedir,
que isso seja numa cidade ou dentro de uma casa.

Nada impede que um grande e lindo jardim seja construído juntos e
que de mãos dadas se passeie por ele,
com o peito cheio de felicidade e a cabeça cheia de sonhos...
mas ainda assim,
o jardim secreto de cada um deve ser mantido como lugar único e que vai,
no fim das contas, enriquecer as relações.

Letícia Thompson

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

domingo, 21 de maio de 2017

☜♡☞...OS VOSSOS AMORES...☜♡☞



Cuidai dos vossos amores.

Assim eu vos tenho dito.
Porque um amor não é um presente que a vida vos traga,
nem uma posse da qual podeis dispor.
É uma conquista de todos os dias e de vós depende mantê-lo vivo.

Entretanto, não atentais para este cuidado.
E vos perdeis nos labirintos da vida,
ocupados com os problemas do dia-a-dia;
esquecidos de que o amor tornaria mais suave a vossa jornada.

Por isto, o amor se afasta de vós.
E não se vai de repente, ao som de trombetas e fanfarras;
retira-se pouco a pouco, cabisbaixo e entristecido,
pé ante pé, na esperança de que o chameis a voltar.

Porque não são as grandes brigas, que provocam a morte do amor;
estas indicam o interesse que tendes um pelo outro,
a preocupação de manter vivo e forte o relacionamento entre vós.

Temeis que a chuva forte faça correr a terra e ruir a vossa casa;
ou que o rio caudaloso derrube a represa.
Eu, porém, vos digo que mais perigosos são a garoa fina e
constante e o furo pequenino.

Não é o ciúme que deveis temer,
nem as diferenças de opinião,
nem o aborrecimento passageiro;
nada disto traz o fim de um amor.
A mágoa das brigas de amor acaba na alegria do reencontro.

Precavei-vos, sim, contra a falsa segurança da rotina;
não alimenteis a vã ilusão de que o outro vos pertença.
Pois o homem tende a descuidar do que julga possuir;
e o descuido é fatal ao amor.

É assim que morre a maioria dos amores:
afogada no oceano da rotina.
E a ironia é que, uma vez ocorrida a separação,
a monotonia se transforma em saudade;
a indiferença torna-se arrependimento.

Guardai-vos do descaso;
não menosprezeis o ser amado, nem vos deixeis menosprezar.
É a admiração que abre passagem para o amor;
enquanto ela existir, o amor caminhará convosco.

Não idolatreis, porém, aquele a quem amais;
não o vejais como um deus ou um sonho,
porque ele é apenas uma pessoa.
E julgar alguém melhor do que é,
é o caminho mais curto para a decepção.

Preservai o carinho entre vós.
Porque assim,
ainda que o fogo não possa estar aceso todo o tempo,
sempre vos será agradável ver o ser amado;
sentir o seu toque e o seu cheiro, ouvir a sua voz.

Exercitai, mutuamente, a compreensão.
Porque aquele que se mantém preso ao seu ponto de vista
não é capaz de andar de mãos dadas;
e outra forma não existe de caminhar com o amor.

Lembrai-vos que cada um de vós deve resolver
os seus próprios problemas e sonhar os seus próprios sonhos.
Resolvei juntos, entretanto,
os vossos problemas; e sonhai juntos o vosso sonho.

Respeitai os vossos espaços particulares;
porque sois como as estrelas e
cada pessoa necessita ter o seu brilho próprio.
Mas não vos distancieis,
ou a solidão acompanhada se instalará entre vós.

Cuidai de valorizar o que tendes;
e não deixeis que se perca o sentimento profundo que um dia vos uniu.
Porque o amor não se nutre apenas de esperanças,
mas também se alimenta de si mesmo.

E mantém vivos os vossos sonhos.

__HASSAN__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

sábado, 13 de maio de 2017

☜♡☞...BALADA DE AMOR...☜♡☞



Que, hoje, o Amor vos fale pela minha voz.

Que nas minhas palavras possam vibrar as mais belas emoções;
outra forma não existe de cantar o amor incondicional,
que não conhece limites e a tudo supera.

Que eu vos possa falar do perfume de todas as flores,
da harmonia de todas as canções,
da beleza de todas as histórias de amor, da alegria de todos os sorrisos.

E que eu vos fale também de saudade;
para que cada um de vós enxugue uma furtiva lágrima,
entre as doces lembranças da infância.

Pois a verdade é que o tempo não volta; cristaliza-se,
entretanto, nas recordações que nos povoam a mente,
em meio às nossas lágrimas e aos nossos sorrisos.

Deixai, portanto, que eu vos fale do Amor feito carne;
da dedicação tornada em poesia,
da capacidade de perdoar sem restrições e da
abnegação que faz esquecer de si mesma.

Deixai-me cantar o seio generoso,
que ao entregar-se à boca ávida tornou-se a primeira oferenda de amor
que neste mundo recebestes,
a sustentar a vossa vida.

Deixai-me falar da mão amorosa e onipresente,
que amparou os vossos primeiros passos;
e dos braços protetores,
vosso primeiro refúgio ante as desilusões do mundo.

Deixai que eu vos recorde as noites insones daquela que
velava o vosso sono inquieto,
quando vos visitava a enfermidade;
e cujo coração se confrangia, ante as vossas dores.

Aquela que trocava as vossas fraldas, e em seu colo vos embalava.
E, conhecendo embora as vossas falhas,
em vós encontrava a perfeição que só o amor pode emprestar.

Mais do que uma mulher, um poema de amor.
A proteger a vossa infância, a defender a vossa inocência,
a preparar-vos para a vida. E a amar-vos cada vez mais.

Porque o Amor não é como a tempestade, que explode de repente;
mas como a planta, que aos poucos se desenvolve.
E a cada dia mais fortes se tornam as suas raízes.

Deixai, hoje, que eu vos fale de amor.
E que na minha voz esteja a voz de mil anjos,
para que me seja dado tocar os vossos corações.
Para que eu vos fale na linguagem das mães.
A linguagem do Amor.


__HASSAN__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

domingo, 7 de maio de 2017

☜♡☞..."O VOO DOS VOSSOS SONHOS"...☜♡☞



Precisais libertar os vossos sonhos.

Como alguém que lança ao ar os pássaros que lhe emprestam as asas.
Porque os sonhos retidos são como as ideias que não colocais
em prática e as tochas que não acendeis.

De nada vos valem, umas e outras.
Pois as ideias são como as tochas,
que necessitam ser acesas,
para que possam espalhar a luz e
guiar os vossos passos pelo caminho.

Deveis libertar os vossos sonhos.
Soltos, eles carregarão as sementes da felicidade e
as lançarão sobre vossas vidas,
como pássaros soltam sementes sobre o chão generoso.

Se os retiverdes, entretanto,
serão como aves na gaiola,
olhando tristes por entre as grades e
imaginando como seria bom poder voar e
aquecer as asas ao calor benéfico do sol.

Não reluteis em libertar os vossos sonhos.
Ainda que não cheguem ao seu destino,
eles vos levarão ao céu,
enquanto durarem os seus voos;
estes serão os vossos próprios voos.

E mais vale caminhar entre as nuvens macias,
ainda que haja o risco de uma queda,
do que arrastar-se todo o tempo pelo barro árido e
sempre igual.
É preciso sonhar, para voar.

Aquele que, por temer a desilusão,
não se entrega ao prazer de sonhar,
é como o homem que não se regozija com a felicidade,
por medo de que a ela se possa seguir o sofrimento.

Não temais libertar os vossos sonhos.
Pois nada existe que não tenha sido construído sobre um sonho;
o sonho é o alicerce e o trabalho a argamassa que
o torna realidade.

Não temais libertar os vossos sonhos.
Pois outro caminho não existe para que, por vossa vez,
sejais livres e possais voar entre as estrelas,
em vez de temer a escuridão da noite.

Não temais libertar os vossos sonhos.
Pois o que é a própria Vida,
senão o maior dos sonhos,
enquanto adormecidos vos aninhais entre
os braços protetores do Universo?


Precisais libertar os vossos sonhos.
Porque é mais feliz o homem que
estremece de frio ao sopro da brisa noturna,
do que aquele que permanece no calor insalubre da cela.

Precisais libertar os vossos sonhos.
Porque a parte mais verdadeira de vós não é
aquela que se encolhe de medo,
diante dos embates da vida e, tímida, se esconde no passado.

Mas a que busca sempre o Jardim do Amanhã.

_HASSAN__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

quarta-feira, 3 de maio de 2017

☜♡☞..."A ARTE DE OUVIR"...☜♡☞



A voz do homem é como o vento.

Nada produz e em nada se desfaz,
ao chocar-se contra o muro compacto e insensível.
Porém, ao encontrar o solo generoso,
pode deixar cair a semente,
da qual a planta bela e forte nascerá.

Necessitais aprender a ouvir.
Porque os vossos ouvidos, quando de surdos se fazem,
são como o muro contra o qual se desfazem as palavras,
sem nada mudar ou produzir qualquer efeito.

Entretanto,
quando de ouvidos e coração abertos
escutais realmente o que vos dizem,
a vossa mente torna-se o terreno fértil,
onde a semente de uma ideia pode brotar e mudar a vossa vida.

É unicamente de vós, que depende fazer a diferença.
Se, para expor as vossas próprias ideias,
interrompeis aquele que vos fala,
jamais o podereis entender,
ou conhecer os seus pensamentos.

E, se apenas fingirdes escutar, sereis como o homem insensato,
ocultando na boca a água que mitigaria a sua sede,
para cuspi-la fora quando julga que ninguém o está mais observando.

Quando, entretanto, vos dispondes a verdadeiramente ouvir,
as palavras não morrem em vossos ouvidos;
novas ideias e novos sentimentos surgem,
em vossa mente e em vosso coração.

Se alguma dúvida vos restar sobre o benefício de saber ouvir,
recordai que é ouvindo, que a criança aprende a falar.
Não vos encanteis pelo som da vossa voz,
a ponto de desprezar as alheias.

Aprendei a ouvir.
Porque aquele que não ouve
permanece preso às suas ideias e aos seus conceitos;
e ninguém é dono da verdade,
que nasce da junção de todas as verdades de cada um de vós.

Aprendei a ouvir.
Porque o aprendizado é o objetivo da jornada,
e o homem sábio é aquele que não aprende apenas com o sofrimento,
mas também com tudo que lhe podem ensinar os seus irmãos.

Aprendei a ouvir.
Porque não tropeçareis,
se estiverdes avisados sobre a pedra.
Não amargareis a sede,
se souberdes onde encontrar o poço;
nem a fome, se vos houverem ensinado o plantio.

Aprendei a ouvir.
Porque mais facilmente entendereis a vós mesmos,
se conseguirdes entender os vossos irmãos;
é observando as estrelas,
que se tem uma ideia da complexidade do céu.

Aprendei a ouvir.
Porque os mesmos direitos que reclamais,
assistem aos vossos irmãos;
e decerto ninguém vos escutará,
se vos furtardes a ouvir os outros
quando lhes tocar a vez de falar.

Ouvir é uma arte.
Para que a possais praticar,
necessitareis dominar o vosso orgulho,
reconhecendo que não podeis estar sempre certos e
abrindo a vossa mente para novas verdades.

Pois é assim que se processa o aprendizado.


__HASSAN__
☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

sexta-feira, 21 de abril de 2017

☜♡☞..."DÁDIVAS"...☜♡☞



O rio irriga a terra antes árida,
a flor brota onde só existia o botão,
o pássaro encontra o alimento que lhe faltava.

O sorriso da criança ilumina o mundo por um instante,
o ventre aumentado indica a continuidade da vida,
a música quebra o silêncio que a solidão habitava.

A palavra faz nascer uma nova ideia,
a saudade desaparece na alegria do reencontro,
o retorno da paz faz esquecer os horrores da guerra.

O sonho perdido renasce de um olhar,
a mão anônima alimenta a boca faminta,
o brilho do sol dispersa as trevas da noite.

A vela do barco perdido desponta no horizonte,
a boca enamorada recolhe a lágrima que deslizava,
o frescor do oásis atenua o abrasante deserto.

Do coração do universo, o Pai vela por Seus filhos.
Entretanto, insistimos em não ver a luz da esperança.
Porque nos perdemos na escuridão dos nossos temores...

__HASSAN__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

domingo, 16 de abril de 2017

☜♡☞..."A ESSÊNCIA E A VERDADE"...☜♡☞




Tempo houve, em que busquei a Verdade.

Por ela, subi ao topo das minhas mais altas montanhas e
desci às mais profundas depressões dos meus oceanos.
Caminhei sob sol e lua, frequentei os mais diversos templos e
busquei as palavras dos homens mais santos.

Entretanto, não a consegui encontrar.

Pois a Verdade é como a luz, que ilumina os nossos caminhos;
e não como a lanterna, que apagada de nada nos vale.
Não a encontraremos nas palavras de outrem,
nem pelos caminhos do mundo.

Porque cada um fala apenas das suas próprias verdades;
como canta os seus próprios amores,
e chora as suas próprias tristezas.
E, como os amores e as tristezas, as verdades são diferentes,
para cada um de nós.

Não é sábio aquele que vos tenta ensinar as suas verdades.
E sim o homem que apenas vos fala das suas idéias e experiências,
para que possais encontrar as vossas próprias verdades.

Pois, assim como a tâmara não adoça senão a boca onde se encontra,
não pode a Verdade penetrar em vossos corações,
de onde deve nascer; para isto,
o fertilizam os vossos sorrisos e as vossas lágrimas.

Eu vos digo, portanto,
que em cada um de vós muitas verdades existem.
E que, assim como as estrelas no céu noturno,
é a reunião dessas verdades que forma a vossa essência.

E vos digo também, que não são fixas as vossas verdades.
E, como as estrelas, cintilam ou se apagam,
ao sabor das nuvens que os ventos do destino trazem à vossa caminhada.

Eis que vos apraz imaginar como imutável a vossa essência.
E, entretanto, mudamos a cada dia; assim o quer o Universo,
para que a Ele nos possamos reunir.

Pois é na mudança que reside a semente da evolução.
E, como não pode a planta abandonar o solo
onde se encontram as suas raízes,
ninguém mudará se não mudarem as suas verdades.

Buscai, pois, o vosso verdadeiro Eu.
É na sua voz, que conhecereis as vossas necessidades;
que podereis descobrir as vossas carências e o que vos sobra,
para que aos vossos irmãos possais distribuir.

Buscai a vossa essência.

E a Verdade vos encontrará.


__HASSAN__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

sexta-feira, 7 de abril de 2017

☜♡☞"O TEMPO DO CORAÇÃO"☜♡☞



Quantos dias são necessários para se construir uma amizade?

Em quantos anos se consolida um grande amor?

Muitas vezes imaginamos que tudo podemos cronometrar,
que o tempo é um só.

Temos a ilusão de que o tempo marcado pelo relógio pode dar conta
de todas as coisas da vida.

É verdade que os segundos,
formando minutos e compondo as horas são o cronômetro
de nossas horas de trabalho,
a referência de nossos encontros,
a contagem do iniciar e acabar de nossos compromissos.

Porém, quando a contagem fica por conta do coração,
o tempo ganha outra dimensão, e os segundos pouco significado trazem.

Quanto tempo é suficiente para se ficar ao lado de quem se ama?

Qual a duração do tempo,
quando no convívio de amigos e almas queridas a nos encherem de alegria?

Por outro lado,
por que as horas se fazem tão lentas nas dificuldades, dores e problemas?

Percebemos assim que o tempo de nossa intimidade não se mede
com os cronômetros frios e impassíveis.

Para as coisas do coração, é necessário o tempo das emoções,
e para este, não há relógio ou cronômetro capaz de cronometrá-lo.

Nestes dias de imediatismo intenso,
de velocidades medidas pelo suceder de mensagens eletrônicas e
postagens de imagens e textos na internet,
muitos nos confundimos em nossas emoções.

Achamos que o grande amor acontecerá rapidamente,
que as amizades se consolidarão de imediato,
que sentimentos que desejamos em nossa intimidade
brotarão na velocidade de alguns cliques.

Esquecemos que o mundo apenas conseguiu acelerar
as velocidades da comunicação,
da troca de informação, dos contatos intercontinentais.

Porém, nosso coração continua a processar emoções
do mesmo modo que o fez com o homem na Grécia antiga,
na Idade Média, no Iluminismo.

Para se ter um grande amor,
é necessário o seu próprio tempo.

Para que uma grande amizade se consolide,
faz-se fundamental dar a ela o seu tempo.

Porém não esse tempo dos segundos, do relógio.

É necessário o tempo da construção das emoções.
Do investimento e da consolidação dos sentimentos,
que se faz no seu próprio e incontornável tempo.

Na ansiedade de se ter tudo de imediato,
muitos abandonam relacionamentos, desiludidos,
achando que esses deveriam se fazer fáceis,
sem muitos esforços.

Tantos desistem de aprofundar sentimentos porque esses não respondem e
não se desenvolvem nas mesmas velocidades imediatas do mundo externo.

E assim procedendo,
abrem mão da preciosa oportunidade das conquistas de novas paragens
nos campos da emoção.

Grandes amores,
amizades consolidadas se fazem e se constroem sob a sombra dos embates,
das renúncias, da dedicação, da abnegação e da solidariedade.

E esses sentimentos nobres são colecionados na esteira do tempo,
através das experiências e das oportunidades.

Enquanto não nos permitirmos isso,
teremos na nossa intimidade apenas vaga ideia,
e um idealismo distante dos grandes sentimentos capazes de
preencher nossa alma.

Pensemos nisso e invistamos no tempo do coração.

__DA__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

quinta-feira, 6 de abril de 2017

☜♡☞...O CAMINHO DA FELICIDADE...☜♡☞


Deveis atentar para as pequenas coisas da vida.

Porque é delas, e não das maiores, que depende a vossa felicidade.
Como a beleza da flor é dada pela simetria e perfeição das pétalas,
e o encanto da música depende da harmonia das notas.

Mas não é assim que fazeis.
E vos desesperais,
porque os vossos recursos vos parecem parcos para
a construção da casa dos vossos sonhos;
entretanto,
um a um poderíeis adquirir os tijolos para edificá-la.

Despertai.
Pois outra forma não existe de atingir o topo da escada,
senão subir cada um dos seus degraus.
E mesmo a mais alta montanha é vencida pelo alpinista que,
passo a passo, escala as suas vertentes.

É assim que é.
E mesmo o mais sábio dos homens necessitou
assimilar isoladamente cada um dos seus conhecimentos;
como o maior dos vencedores iniciou a sua caminhada
por uma única vitória.

Guardai-vos da pressa e da ansiedade.
Como a natureza, a Vida segue o seu curso;
e não colhereis os frutos da árvore,
senão quando transcorrido o tempo necessário
para que possa germinar a pequenina semente.

Não vos preocupeis, pois,
com a duração dos vossos amores.
Cuidai, antes, de vivê-los intensamente a cada momento;
pois é assim que deles mais podereis usufruir e
evitareis o seu fim prematuro.

Nem abrigueis em vós a ânsia pelo crescimento profissional.
Buscai, sim,
desempenhar bem cada uma das tarefas que vos forem confiadas;
porque o sucesso é a consequência natural do trabalho bem feito.

Afastai de vós o medo do futuro.
Vivei cada dia a seu turno e lembrai-vos de que,
embora não vos seja dado modificar o ontem,
é em cada passo de hoje que construís o vosso amanhã.

Atentai, por isto, para as pequeninas coisas.
Porque a semente que hoje vos recusais a plantar poderia ser
a árvore de que necessitareis amanhã;
e o gesto de carinho que agora vos recusais a fazer talvez evitasse
a solidão em vosso futuro.

Atentai para o que dizeis.
Porque aquele que sem pensar distribui as suas palavras,
não se pode furtar a recebê-las de volta;
e decerto responderá pelas consequências por elas provocadas.

Atentai para os vossos pensamentos.
Porque é deles que nascem as vossas ações;
e o rio em cuja nascente se abrigue o veneno,
jamais poderá esperar que boas se tornem as suas águas.

Atentai para aqueles que vos cercam.
Porque o homem que pedras atira ao seu redor,
não pode esperar que delas venha a brotar o jardim da amizade;
e quem oferece o desprezo, em troca receberá a solidão.

Atentai para as pequeninas coisas da vida.

Porque é assim que podereis, talvez,
encontrar a felicidade.


__HASSAN__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

sábado, 1 de abril de 2017

☜♡☞GOTAS PELO CAMINHO☜♡☞


Afastai de vós o orgulho.
E desfrutareis da paz.
Pois a inquietação não visita o homem que tem consciência das suas limitações;
como não se frustra o pássaro, por não nadar como os peixes.

Abandonai os preconceitos.
E descobrireis um novo mundo; onde os homens não são iguais,
porém cada um tem o direito de ser como é e todos se dão as mãos,
como irmãos que caminham sobre a Terra.

Vencei a tentação de mentir.
E nada mais tereis a esconder,
mas podereis revelar-vos como realmente sois;
e conquistareis a confiança dos vossos irmãos,
que acreditarão ao ouvir as vossas palavras.

Combatei os vossos medos.
Pois a nada deveis temer tanto quanto ao próprio medo,
que vos tolhe as asas e
agrilhoa a uma falsa segurança;
coragem não é ignorar o medo, mas seguir em frente apesar dele.

Sede leais aos vossos amigos.
Porque neles necessitais confiar;
e como confiareis em alguém que em vós não possa confiar?
Acaso vos atreveríeis a beber de um rio cujas águas
vós mesmos tenhais envenenado?

Descartai a intolerância.
Pois, longe de acrescentar-vos algo,
ela é como uma venda sobre os vossos olhos.
E devereis retirá-la, para que novas ideias possam chegar a vós e
alargar os vossos horizontes.

Furtai-vos à inveja.
Pois o homem mais feliz não é aquele que mais possui,
mas o que melhor aproveita a sua noite de sono.
Como o melhor poço não é o mais profundo, mas o de água mais pura.

Negai-vos ao pessimismo.
Porque ele não vos indicará um caminho,
mas fará com que todos pareçam fechados para vós.
E é apenas seguindo em frente,
que podereis deixar para trás os vossos problemas.

Buscai o amor.
Pois é ele que vos pode mostrar o sentido da Vida;
e de nada mais precisareis,
se o encontrardes em vós.
O amor será o vosso guia e andará convosco, por toda a jornada.

Até o Coração do Universo.

__HASSAN__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

quarta-feira, 29 de março de 2017

☜♡☞...CAMINHOS DA VIDA...☜♡☞



Atentai às pequenas coisas.

Pois são elas que determinam a vossa vida;
assim como são os momentos que fazem o tempo,
as pétalas que formam a flor e os tijolos que constituem as casas onde vos abrigais
.
Recordai que este mundo não vos pertence; e nem a ele pertenceis.
Aqui estais apenas de passagem, como o viajante que percorre muitos locais,
em busca do Conhecimento.

E, como o viajante, andareis por desertos e conhecereis jardins floridos;
navegareis por mares calmos e enfrentareis ondas de borrasca,
até que chegueis a um novo porto.

Somos todos hóspedes, neste planeta; esta é a verdade.
E, como hóspedes, devemos preservar o local onde nos abrigamos,
e respeitar as normas que regem a estadia.

Refleti, pois, antes de cada gesto que praticais.
Pois o fruto que hoje, por mero capricho, derrubais da árvore,
poderá fazer-vos falta amanhã, quando a fome vos inquietar.

Aquele que hoje afastais do vosso caminho,
poderia ser o mesmo que vos ofereceria o braço,
como apoio para continuardes a caminhada,
num futuro que decerto chegará.

Quem vos garante que a fonte,
ou o regato manso e cristalino que hoje sujais com os vossos detritos,
não seria amanhã a água bendita, que saciaria a vossa sede atroz?

Não vos é dado adivinhar o futuro.
Por isto, é essencial que aprendais com o passado e
vivais acertadamente o presente,
para que possais desfrutar de um bom amanhã.

Nada deveis matar, nem mesmo o tempo.
Cada minuto que hoje desperdiçais,
quando poderíeis usá-lo para serdes felizes,
vos fará falta um dia, quando pouco tempo vos restar.

Nada precisais deixar neste mundo, senão as vossas pegadas.
Cuidai para que essas pegadas apontem aos que vos sigam o rumo certo,
orientando-os durante a caminhada.

Nada podereis levar, senão a saudade.
Depende de vós que a vossa saudade seja suave e
doce naqueles que vos conhecem,
transformando-vos em lembranças reconfortantes.

Estas são as diretrizes que vos posso deixar,
para que proveitosa seja cada uma das vossas peregrinações;
porque muitas serão as jornadas, até que prontos estejais.

Não alcançareis o topo da montanha, se as vossas pernas,
não vos levarem até lá.
Não caminhareis entre as estrelas,
a menos que aprendais a bem usar as vossas asas.

As asas do vosso verdadeiro Eu.

__HASSAN__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

sábado, 11 de março de 2017

☜♡☞..."QUANDO O CORAÇÃO CANTA"...☜♡☞



O Conselho:

Algo para refletir:
Quando o coração canta,
Quando os olhos podem ver um pouco de beleza
nas coisas pequenas,
Quando o coração ri,
Quando o coração sente alegria e carinho,
Quando os lábios sorriem
E a voz se eleva em um riso amoroso de alegria,
Então essa alma demonstrou haver criado algo belo
E a semente dessa criação foi plantada no passado.
Se essa alma escolher buscar ainda mais beleza
nas coisas pequenas que existem,
Ela continuará criando por si mesma
não somente coisas pequenas e bonitas,
E sim, gradualmente começará a criar coisas grandes e
bonitas por si mesma.
Então quando o olho vir uma pequena beleza aqui ou
uma pequena alegria ali e apreciar,
Então começará a procurar um pouquinho mais arduamente
E começará a ver ainda mais beleza e mais alegria.
E ao fazer isto,
Então o coração começa a rir
E a sentir alegria em uma proporção maior do que antes,
E se o coração está feliz,
Se vê a beleza,
Se sente alegria,
Então é um reflexo do pensamento, da mente, da entidade,
E se isto é o reflexo,
Então significa que está criando ainda mais.
Então se converte em um círculo interminável.
É uma espiral interminável que cresce para cima.
Procurem algo alegre.
Procurem algo pequeno, algo diminuto que seja alegre.
Então procurem algo pequeno e diminuto que seja belo.
Apreciem essa alegria, essa beleza,
Saboreiem-nas,
Levem-nas para o coração
E guardem-nas em seus pensamentos.
E ao fazer isto,
Vocês abrem seus olhos cegos para uma Luz maior,
uma Beleza maior,
E assim o coração se eleva
E a consciência cria cada vez mais o que é divino.
Se vocês riem hoje é porque criaram algo alegre ontem.

__WILLIAN LEPAR__ e O CONSELHO
☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

segunda-feira, 6 de março de 2017

☜♡☞"GOTAS DE FELICIDADE"☜♡☞



Deveis viver o instante que se passa.

Não o desperdiceis, ansiando pelo futuro.
Pois este fatalmente chegará; e,
ainda que não realize todos os vossos sonhos,
não vos poderá roubar as lembranças felizes do passado.

Guardai esta verdade:
o tempo pode levar todas as vossas posses e as vossas conquistas;
pode até matar as vossas esperanças.
Mas não vos pode tirar as lembranças do que já vos deu.

Entregai-vos às emoções de cada momento em vossas vidas;
esta é a melhor maneira de armazenardes boas lembranças,
que sustentarão a vossa alma no trecho final do caminho.

Outra coisa não é a saudade,
senão a lembrança de bons momentos que vivestes.
E, embora vos digam que a saudade magoa,
eu vos digo que pior seria não ter de que sentir saudade.

Não deveis lamentar o que perdestes,
mas celebrar o que experimentastes;
assim como não deveis recordar a frustração da partida,
mas a alegria da chegada.
Isto eu vos tenho dito.

E vos asseguro que feliz não é o homem que
realizou todos os seus sonhos,
mas o que conserva em si a capacidade de sonhar.
Porque é assim que vive intensamente todos os momentos.

Desejais adivinhar o futuro; por isto, procurais profetas,
cartas, bolas de cristal, ossos e
muitos outros meios que apenas vos iludem.
Porque não se pode ler o que ainda não foi escrito.

Dizei-me: de que adiantaria conhecerdes o futuro,
se apenas no presente vos é dado viver?
E, se do que fazeis hoje depende um amanhã melhor,
o passado não é o único guia de que necessitais?

Sede como o lavrador sábio,
que não tenta adivinhar a fartura ou a qualidade da colheita,
mas escolhe o terreno mais fértil,
planta as melhores sementes e cuida de irrigar sempre a plantação.

Pois assim a colheita deverá ser abundante e proveitosa.
Mas, ainda que não o seja,
ele terá feito tudo que podia e estará em paz consigo;
não o visitará o remorso de haver falhado.

Como o lavrador, deveis tratar as vossas vidas.
Cada momento que viveis é o terreno onde podeis semear o futuro;
cada decisão vossa é uma semente que lançais ao solo e amanhã colhereis.

Valorizai cada momento.
E, se o instante vos oferece a oportunidade de serdes felizes,
não o desperdiceis;
também ele se juntará ao tempo e não o podereis recuperar,
senão através da lembrança.

Ninguém caminha sobre a terra, que seja feliz todo o tempo.
A felicidade não é como um mar que vos envolva,
mas como uma chuva fina que cai às vezes sobre vós;
depois dela, o estio virá.

Sensato é aquele que aproveita cada uma das suas gotas.

__HASSAN__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞


quinta-feira, 2 de março de 2017

☜♡☞..."BALADA DO AMOR"...☜♡☞



Vivei intensamente os vossos amores.

Porque o amor é como a planta doce e sumarenta, que não revela todos os seus encantos senão à boca ávida que a morde sem reservas, dilacerando a casca macia para conhecer os seus sabores.

Triste daquele que se contenta em estar meio enamorado; pois, embora possa poupar-se às maiores inquietações e amarguras, também jamais chegará a conhecer a felicidade plena e envolvente.

Precisais saber que o amor é como o fogo, que só ao queimar está vivo e cumpre a sua função. Se regulais a força da chama, não vos queimareis; mas também não conhecereis as delícias de amar.

Esquecei os vossos temores, se desejais conhecer o amor. Para encontrá-lo, devereis fazer como o mergulhador destemido, que se aventura em águas desconhecidas, atrás do tesouro sonhado.

E, como o mergulhador em sua busca, encontrareis diversos obstáculos e perigos; é no fascínio das águas, no colorido dos peixes e na aventura das ondas, que encontrareis a força para seguir.

Não vos negueis, portanto, a entregar-vos ao amor; apenas quando ele vos bafejar com seu hálito perfumado e vos emprestar as suas asas, é que sereis capazes de voar em direção à plenitude.

Por isto, não deveis reservar os vossos corações e sufocar os vossos sentimentos; ou comparar o vosso amor aos amores daqueles que vos cercam. O mais feliz é sempre aquele que mais ama.

Porque vive com mais intensidade o seu amor; e, por assim ser, conhece a felicidade em cada beijo, a ternura em cada olhar, a paixão em cada abraço e a completude na presença do ser amado.

Embora lhe caibam, também em maior grau, as dores do amor: os tormentos do ciúme, a agonia da separação, o sofrimento da incerteza e a inquietude de não saber o que o futuro fará do seu amor.

Sim; o mais feliz é o que mais ama. Porque para ele é mais harmoniosa a canção, são mais belas e perfumadas as flores, é mais misteriosa e intimista a noite, é mais encantadora a luz do luar.

Pois nada existe que vos faça sentir mais intensamente a Vida, do que o Amor. É ele que vos faz atentar à beleza, aos aromas, às canções, aos mistérios e encantos que oferece o mundo.

Vivei intensamente os vossos amores; não podeis vivê-los pela metade, nem submetê-los à vossa lógica. O amor não é um caminho que se possa traçar; é ele que determina os vossos caminhos.

Acostumai-vos à ideia de que não podeis comandar o amor, mas obedecer-lhe; assim como não vos cabe comandar o vento; deveis, sim, posicionar as vossas velas, para que ele vos leve aonde desejais ir.

E o amor vos pode levar à felicidade.

__HASSAN__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

☜♡☞..."DIVINA MÚSICA"...☜♡☞


Filha da Alma e do Amor.
Cálice da amargura e do Amor.

Sonho do coração humano,
fruto da tristeza.

Flor da alegria, fragrância
e desabrochar dos sentimentos.

Linguagem dos amantes,
confidenciadora de segredos.

Mãe das lágrimas do amor oculto.

Inspiradora de poetas, de compositores
e dos grandes realizadores.

Unidade de pensamento dentro dos fragmentos
das palavras.

Criadora do amor que se origina da beleza.

Vinho do coração
que exulta num mundo de sonhos.

Encorajadora dos guerreiros,
fortalecedora das almas.

Oceano de perdão e mar de ternura.

Ó música.
Em tuas profundezas
depositamos nossos corações e almas.

Tu nos ensinaste a ver com os ouvidos
e a ouvir com os corações.

__GIBRAN KHALIL GIBRAN__
☜♡☞...☜♡☞
☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

☜♡☞..."NOS MEUS SONHOS"...☜♡☞


Nos meus sonhos, pássaros volteiam livres no céu azul.

Nos meus sonhos, realidade e fantasia se misturam.
Princesas e fadas cantam e dançam, entre elfos,
duendes e gnomos;
cavaleiros vencem dragões e varinhas operam milagres.

Abóboras se tornam carruagens,
sapatos podem ser feitos de cristal e
sapos às vezes se tornam príncipes;
um navio pirata voa pelos ares,
transportando crianças que não crescem.

Existem bruxas, que mexem os seus caldeirões,
preparando poções antigas e misteriosas;
mas sempre serão vencidas,
porque o mal não tem como triunfar nos meus sonhos.

Há pequeninos pedaços de terra,
onde árvores amigas estendem a sua sombra sobre o solo,
e córregos de águas mansas e cristalinas cantam
a sua canção de paz e harmonia.

Nos meus sonhos,
o sol brilha com mais força e o seu calor bendito
aquece a todos que o procuram;
as flores brotam todos os dias e os botões
espalham o seu perfume pelo ar.

À noite, a lua e as estrelas adornam o céu noturno,
como joias preciosas sobre o veludo escuro,
inspirando os namorados que se entreolham enlevados,
trocando juras de amor.

As pessoas dão-se as mãos,
entendendo que é mais fácil caminharem juntas;
o medo e os preconceitos são superados pela confiança e
a paz ocupa o seu espaço nos corações.

A fraternidade existe entre os homens;
a fome e a miséria são banidas e a violência não encontra mais lugar.
A compreensão torna desnecessário mentir e a verdade prevalece.

Os anjos caminham sobre a terra, orientando e protegendo;
as crianças sorriem, correm e brincam confiantes e contentes,
sabendo que estão seguras em um mundo de bondade.

O amor é mais sincero e duradouro;
a paixão é mais intensa e o prazer,
como um oceano cálido,
nos carrega em suas ondas para mais perto da plenitude,
unindo corpos e almas.

A ternura transparece nos olhos dos amantes;
pais e filhos se abraçam em todos os instantes,
amigos se apoiam e trocam experiências,
com a vontade sincera de serem úteis.

Assim são os meus sonhos,
que me fazem seguir em frente; onde me refugio,
quando a realidade machuca.
Embora saiba que são apenas sonhos,
deles me vem a força de crer.

Porque acredito que assim será, um dia.
Conseguiremos exorcizar os nossos fantasmas,
vencer o nosso egoísmo e entender que só juntos
poderemos chegar ao fim da jornada.

Junto ao Coração do Universo.

__HASSAN__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

☜♡☞..."SE NÃO QUISER ADOECER"...☜♡☞



Se não quiser adoecer...
"FALE DE SEUS SENTIMENTOS”

Emoções e sentimentos que são escondidos, reprimidos,
acabam em doenças como:
gastrite, úlcera, dores lombares, dor na coluna..
Com o tempo a
repressão dos sentimentos degenera até em câncer.
Então vamos desabafar, confidenciar,
partilhar nossa intimidade, nossos segredos,
nossos pecados.
O diálogo, a fala, a palavra,
é um poderoso remédio e excelente terapia..

Se não quiser adoecer...
"TOME DESCISÃO”

A pessoa indecisa permanece na dúvida, na ansiedade, na angústia.
A indecisão acumula problemas, preocupações, agressões.
A história humana é feita de decisões.
Para decidir é preciso saber renunciar, saber perder
vantagem e valores para ganhar outros.
As pessoas indecisas são vítimas de
doenças nervosas, gástricas e problemas de pele.

Se não quiser adoecer...
"BUSQUE SOLUÇÕES"

Pessoas negativas não enxergam soluções e aumentam os problemas.
Preferem a lamentação, a murmuração, o pessimismo.
Melhor é acender o
fósforo que lamentar a escuridão.
Pequena é a abelha, mas produz o que de
mais doce existe.
Somos o que pensamos.
O pensamento negativo gera energia
negativa que se transforma em doença.

Se não quiser adoecer...
"NÃO VIVA DE APARÊNCIAS"

Quem esconde a realidade finge, faz pose,
quer sempre dar a impressão que
está bem, quer mostrar-se perfeito, bonzinho etc.,
está acumulando toneladas de peso...
uma estátua de bronze, mas com pés de barro.
Nada pior para a saúde que viver de aparências e fachadas.
São pessoas com muito verniz e pouca raiz.
Seu destino é a farmácia, o hospital, a dor.

Se não quiser adoecer...
"ACEITE-SE"

A rejeição de si próprio, a ausência de auto-estima,
faz com que sejamos algozes de nós mesmos.
Ser eu mesmo é o núcleo de uma vida saudável.
Os que não se aceitam são invejosos, ciumentos,
imitadores, competitivos, destruidores.
Aceitar-se, aceitar ser aceito, aceitar as críticas,
é sabedoria, bom senso e terapia.

Se não quiser adoecer...
"CONFIE"

Quem não confia, não se comunica, não se abre,
não se relaciona, não cria
liames profundos, não sabe fazer amizades verdadeiras.
Sem confiança, não
há relacionamento.
A desconfiança é falta de fé em si, nos outros e
em Deus.

Se não quiser adoecer...
"NÃO VIVA SEMPRE TRISTE!"

O bom humor, a risada, o lazer, a alegria,
recuperam a saúde e trazem vida longa.
A pessoa alegre tem o dom de alegrar o ambiente em que vive.

"O bom humor nos salva das mãos do doutor".
Alegria é saúde e terapia.

Dr. DRÁUZIO VARELA

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

sábado, 11 de fevereiro de 2017

☜♡☞..."É PRECISO SABER CALAR"...☜♡☞



Existem momentos que não conseguimos apagar da memória.
Para o bem, quando são pedaços da nossa felicidade.
Para o mal, quando retratam a nossa dor e incapacidade.

Existem coisas inexplicáveis, que parecem fora da ordem.
Olhamos e não acreditamos que aquilo esteja acontecendo.
Sentimos na pele, vivemos o momento e não entendemos.
Fizemos tudo certinho, e tudo deu errado.
E nos questionamos, nos acusamos...

Existem situações onde palavras não conseguem alcançar.
Nada consegue acalmar ou consolar.
Talvez um pequeno gesto, um abraço apertado, um olhar.
Por isso, é preciso saber calar.

O silêncio é uma benção onde a agitação perturba.

Aprenda a criar momentos de silêncio e reflexão na sua vida.
Para guardar boas emoções e aprender com os nossos erros.
Tempo de desligar o som que esconde os fatos.
Deixar as palavras que não revelam nossos atos.

Ouvir no silêncio de nós mesmos o coração bater,
E do amor que devemos nutrir por nós mesmos, aprender.
Que a vida é um breve instante, onde o silêncio é o espelho
do nosso interior, da nossa alma, que por vezes pede aflita.
Que você pare, que pense e reflita.

Que não há alegria na vingança,
e nem consolo em achar culpados.
Isso é coisa de criança.

O único caminho é o tempo, que é o "secador de feridas",
que pede passagem para seguir com você rumo ao novo.
Se for preciso, não fique esperando respostas, é preciso caminhar,
pois quando tudo parece perdido, só nos resta o Recomeçar.

__PAULO ROBERTO GAEFKE__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

☜♡☞...A VIAGEM DO AMOR...☜♡☞


O amor não é um porto seguro.

É, antes, a própria viagem.
Porque é ele que vos conduz ao jardim florido da felicidade,
onde os mais doces aromas flutuam no ar; e ao deserto da agonia,
onde a solidão se torna mais dolorosa.

E não vos conduz unicamente a um ou ao outro;
faz com que a vossa alma se alterne entre ambos,
ao sabor dos ventos que impulsionem o barco dourado
onde navegam os vossos sonhos.

Entretanto, o amor não é um sonho;
mas a maior realidade em vossas vidas.
É a matéria prima de onde são formadas as vossas mais doces ilusões e
brotam os vossos mais amargos desenganos.

Comparais o amor à rosa,
pela beleza e suavidade que em ambos vos encantam.
Lembrai-vos, entretanto,
que para tocar a rosa devereis arriscar-vos a enfrentar os seus espinhos.

O amor é o mais doce mel de que podem provar os vossos corações.
Porém, eu vos alerto de que a ninguém é dado colher o mel,
sem o perigo que representam as abelhas.

O amor não é o fim, mas um eterno recomeço.
E insistis em não ver essa verdade;
em pensar que o amor de um dia possa manter-se para sempre.
E que seja o mesmo, em todos os momentos.

Eu, entretanto, vos digo que o amor é diferente em cada momento.
E aquele que não conhece todas as suas facetas,
todos os seus rostos,
não pode dizer que verdadeiramente ama.

Porque o amor existe na paixão;
na ânsia louca que vos invade,
ao ver o corpo despido da pessoa amada.
E também existe na ternura;
no carinho infinito de duas mãos apenas entrelaçadas.

Amar é descobrir um novo encanto nas menores coisas,
como um olhar ou um sorriso.
É mergulhar no desespero a cada desentendimento,
e sentir-se no céu a cada reencontro.

Amar é dar-se a tal ponto,
que nada pode haver de mais importante na vida.
E, contudo, é através do amor que podereis descobrir a Vida,
em toda a sua plenitude.

O amor não está na beleza do amado;
é ele que vos desperta a sensação dessa beleza.
E não está no orgulho da posse,
nem na admiração pela inteligência,
nem mesmo na necessidade de companhia.

É em vós, que está o amor.
Na vossa essência, una com o Universo.

Em vosso verdadeiro Eu.

_HASSAN_

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

☜♡☞...ASSIM É O AMOR...☜♡☞


O amor não nos pertence.
Como acontece com a felicidade,
ele apenas nos visita.
E, enquanto se hospeda em nossa alma,
faz mais colorido o dia,
mais acolhedora a noite e mais belas as notas da canção.

O amor nos traz a Vida.
E bem-aventurado é aquele que o conhece,
ainda que por apenas um dia e uma noite;
porque voará com as asas do sonho e conhecerá um novo mundo.

Como o templo adornado pelas mais viçosas flores,
é o coração onde habita o amor.
E o seu altar sagrado é o corpo amado,
onde o amante encontra a celebração do Universo.

Sim. E o amor é puro como a alegria da criança,
a nuvem branca no céu e o regato cristalino,
que entre as pedras inóspitas da montanha faz ouvir a
sua canção de esperança.

Comparais o amor à rosa;
e eu vos digo que é afortunada a analogia.
Porque, se como a rosa o amor é belo e de pétalas macias,
como a rosa guarda também os seus espinhos.

É assim que é.
E, se ao prático assusta a ameaça dos espinhos,
apenas a beleza da rosa importa ao sonhador;
e um e outro estão certos,
ao temer os seus efeitos e cantar os seus encantos.

No manto encantado do amor,
cintilam como estrelas as nossas mais belas ilusões;
entretanto, é também nas suas dobras que se ocultam os mais amargos desencantos.

Na sua voz vibram as mais sedutoras promessas,
que nos fazem enxergar um futuro de harmonia e felicidade.
No seu rastro, todavia, nada se pode ver além da saudade.

Necessitais atender ao seu chamado, porém.
Porque é preciso conhecer o amor, para conhecer a si mesmo;
para descobrir a magia da companhia e o tormento do ciúme.

Assim é o amor.
E se faz presente no primeiro vagido do bebê,
nos passos inseguros do infante ou
no derradeiro suspiro daquele que bem soube viver o seu tempo.

Assim é o amor.
Que se encontra no primeiro olhar,
nutre-se do primeiro toque e
no primeiro beijo descobre um infinito mar de sensações,
que no orgasmo atingem a plenitude.

Assim é o amor.
A porta pela qual chegamos a este planeta,
a estrada que percorremos para o crescimento,
a nossa maior motivação para seguir em frente dia após dia.

Assim é o amor.
Que não nos pertence, mas está em nós.

Como a eternidade.

__HASSAN__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

☜♡☞...SUAS ESCOLHAS...☜♡☞



Acredite: você é aquilo que acredita ser.
Você tem aquilo que acredita poder ter.
Você recebe da vida aquilo que doa.
Por isso, não me venha com reclamações,
e muito menos, acusações.

Muita gente, mas muita gente mesmo, jura de pés juntos,
que está vivendo essa ou aquela situação por causa de alguém.

É tão difícil encontrar alguém que assuma os erros,
quanto é difícil encontrar um motorista que assuma,
que ele foi o responsável pela batida do carro.

Tem gente que já nem sabe mais falar, apenas reclamar.
Reclama do tempo, do governo, da escola, dos parentes, do sócio,
do comércio, do banco, dos juros, do sapato, dos passarinhos e até de Deus.
Gente que nem percebe que já faz tempo que virou ateu.

Ao olhar para dentro de você e buscar respostas para sua insatisfação,
você remove uma casca que encobre uma ferida que pode estar infeccionando.

Assuma os erros, as decisões erradas e parta para as soluções.
Comece uma mudança de pensamento, de atitude, sendo mais positivo.
Acreditando na sua capacidade de criar, de transformar, de arriscar.

Arrisque-se na busca da felicidade, que por vezes está tão perto...

Não fuja de você, das suas carências e necessidades.
Ame-se profundamente e entenda que a vida pede atitudes imediatas,
mas jamais, imediatistas, onde nos propomos uma mudança e nunca mudamos.

Aprenda por fim, se já não souber, que a Vida é professora competente.
Mostra através de situações reais, sua capacidade e valor.
E você decide, se muda pelo amor, ou pela dor.
A escolha é sempre sua.


__PAULO ROBERTO GAEFKE__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

☜♡☞...A PIPA E A FLOR...☜♡☞



Fiquei triste vendo aquela pipa enroscada no galho da árvore. Rasgada, ela girava e girava, ao vento, como se quisesse escapulir. Mas não adiantava. Você já viu aqueles bichinhos de asas, quando eles caem em teias de aranha?
Era daquele jeito.

Tive dó. Pipa não foi feita para acabar assim. Pipa foi feita para voar. E é tão bonito quando a gente as vê, lá no alto.

Eu sempre quis ser uma pipa. Bem leve, sem levar nas costas nada que pese (o que é pesado puxa a gente para baixo...), papel de seda, taquara fina que enverga, mas não quebra, linha forte, um pouquinho de cola e, pronto !
Lá está a pipa, pronta pra voar.

As cores e as formas (que são tantas!) a gente escolhe aquelas que o coração está pedindo. Pipa, pra ser boa, tem que se parecer com os nossos desejos (e eu penso que as pessoas também, para serem boas,
têm de ter uma pipa solta dentro delas).

Não é preciso vento forte. Uma brisa mansinha deve levá-la até lá em cima, perto das nuvens. É por isso que elas têm de ser bem leves. O vento chega, as folhas das árvores tremem, e lá vão elas subindo, pra dentro do vazio do céu.

Só que tem uma coisa gozada. Pipa, pra subir, tem de estar amarrada na ponta de uma linha. E a outra ponta é uma mão que segura. É assim que a pipa conversa, através da linha. A mão puxa a linha e sente a linha firme,
puxando pra cima, querendo ir.

E a pipa dizendo: "Me deixa ir um pouco mais..."

Mas se a linha responde frouxa, é a pipa dizendo que está sem companheiro, o vento foi embora, e ela quer voltar pra casa.

Quando eu era menino, e me lembro, havia um homem.

Justo quando as pipas estavam lá em cima batizadas, carretilha sem mais linha para dar, ele vinha e comprava as pipas dos meninos. Pagava o preço justo. Só que o gosto dele era cortar a linha. Quem nunca brincou com elas vai pensar que, com a linha cortada, vão subir cada vez mais alto, nas costas do vento,
sem nada que as segure.

Mas não é assim. Quando a linha arrebenta, começam a cair. E vão caindo sempre, cada vez mais longe, tristes, abanando as cabeças...

O menino que a fez estava alegre, e imaginou que a pipa também estivesse. Por isto fez nela uma cara risonha, colando tiras de papel de seda vermelho:
dois olhos, um nariz, uma boca.

Ô, pipa boa: levinha, travessa, subia alto. Gostava de brincar com o perigo, vivia zombando dos fios e dos galhos das árvores.

"Vocês não me pegam, vocês não me pegam..."

E, enquanto ria, sacudia o rabo em desafio. Chegou até a rasgar o papel, num galho que foi mais rápido, mas o menino consertou,
colando um remendo da mesma cor.

Amigos, tinha aos montões. E os seus olhos iam agradando à todos eles, sempre com aquela risada gostosa, contando casos.

Mas aconteceu um dia, ela estava começando a subir, correndo de um lado para o outro no vento, olhar para baixo e viu, lá num quintal, uma flor. Ela já havia visto muitas flores. Só que desta vez os seus olhos e os olhos da flor se encontraram, e ela sentiu uma coisa estranha. Não, não era a beleza da flor. Já vira outras, mais belas. Eram os olhos.

Quem não entende pensa que todos os olhos são parecidos, só diferentes na cor. Mas não é assim. Há olhos que agradam, acariciam a gente como se fossem mãos.

Outros dão medo, ameaçam, acusam, e quando a gente se percebe encarados por eles, dá um arrepio ruim por dentro. Tem também os olhos que colam, hipnotizam, enfeitiçam.

A pipa ficou enfeitiçada. Não mais queria ser pipa. Só queria uma coisa: fazer o que a florzinha quisesse. Ah! Ela era tão maravilhosa. Que felicidade se pudesse ficar de mãos dadas com ela, pelo resto dos seus dias.

E assim, resolveu mudar de dono. Aproveitando-se de um vento forte, deu um puxão, arrebentou a linha e foi cair devagarinho, ao lado da flor.

E deu a sua linha para ela segurar. Ela segurou forte.

Agora, sua linha nas mãos da flor, a pipa pensou que voar seria muito mais gostoso. Lá de cima ela conversaria com ela, e ao voltar lhe contaria estórias que ela pudesse dormir.

E ela pediu: "Florzinha, me solta..."

E a florzinha soltou.

A pipa subiu bem alto e seu coração bateu feliz. Quando se está lá no alto é bom saber que há alguém esperando, lá em baixo.

Mas a flor, aqui debaixo, percebeu que estava ficando triste. Não, não é que estivesse triste. Estava ficando com raiva. Que injustiça que a pipa pudesse voar tão alto e ela tivesse de ficar plantada no chão. E teve inveja da pipa.

Tinha raiva quando via as pipas lá em cima, tagarelando entre si. E ela, flor, sozinha deixada de fora.

"Se a pipa me amasse de verdade não poderia estar feliz lá em cima, longe de mim. Ficaria o tempo todo aqui comigo..."

E à inveja juntou-se o ciúme. Inveja é ficar infeliz vendo as coisas bonitas e boas que os outros têm e nós não. Ciúme é a dor que dá quando a gente imagina a felicidade do outro, sem que a gente esteja com ele.

E a flor começou a ficar malvada.

Ficava emburrada quando a pipa chegava. Exigia explicações de tudo.

E a pipa começou a ficar com medo de ficar feliz,
pois sabia que isto faria a flor sofrer.

E a flor foi, aos poucos, encurtando a linha. A pipa não mais podia voar. Via, ali de baixinho, de sobre o quintal (esta era toda a distância que a flor lhe permitia voar) as outras pipas lá em cima.

E sua boca foi ficando triste. E percebeu que já não gostava tanto da flor, como no início.

Esta estória não terminou. Está acontecendo agora, em algum lugar. E há 3 jeitos de escrever o seu fim. Você é que vai escolher.

1. A pipa ficou tão triste que resolveu nunca mais voar. "Não vou te incomodar com meus risos, flor, mas também não vou te dar a alegria de meu sorriso."

E assim ficou amarrada à flor, mas mais longe dela do que nunca, porque o seu coração estava em sonhos de vôos e nos risos de outros tempos.

2. A flor, na verdade, era uma borboleta que uma bruxa má havia enfeitiçado e condenado a ficar fincada no chão. O feitiço só se quebraria no dia em que ela fosse capaz de dizer não à sua inveja e ao seu ciúme e se sentisse feliz com a felicidade dos outros.

E, aconteceu que, um dia, vendo a pipa voar, ela se esqueceu de si mesma por um instante e ficou feliz ao ver a felicidade da pipa. Quando isto aconteceu, o feitiço se quebrou e ela voou, agora como borboleta, para o alto e os dois, pipa e borboleta puderam brincar juntos.

3. A pipa percebeu que havia mais alegria na liberdade de antigamente que nos braços da flor. Porque aqueles eram braços que amarravam. E assim, num dia de grande ventania, e se valendo de uma distração da flor, arrebentou a linha e foi em busca de uma outra mão que ficasse feliz vendo-a voar nas alturas.

__RUBEM ALVES__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞