terça-feira, 27 de setembro de 2016

☜♡☞...OUTONOS E PRIMAVERAS...☜♡☞


Sim;
foram muitas as primaveras da minha vida.

E cada uma delas fez florescer um novo sonho,
que me trouxe forças para seguir em frente.
Porque são os sonhos que sustentam os nossos passos,
durante a caminhada.

Muitos foram, porém, os outonos que vivi.
E cada um deles corresponde a um sonho morto,
que vi tombar sobre o chão,
juntando-se aos outros que atapetavam o caminho.

É a lei da Vida;
como as primaveras e os outonos se
alternam na natureza,
sucedem-se os sonhos e os desenganos,
ao longo dos anos que nos cabem em
cada etapa da jornada.

Assim precisa ser;
porque não atingiremos o Conhecimento
sem as alegrias e as tristezas que
nos fertilizam o coração,
para que nele possa
brotar a semente do aprendizado.

Deixai-me dizer-vos, portanto,
que se ao Universo agradeço as alegrias que conheci,
sou igualmente grato pelas muitas vezes em
que a tristeza visitou a minha alma.

É preciso que no outono as folhas morram e
caiam sobre o chão,
para que na primavera possa o verde
reflorir nos galhos desnudos,
trazendo nova vida à árvore cansada.

Porque difícil não é permanecer de pé,
mas levantar-se depois da queda;
voltar a acreditar,
depois que a esperança se foi;
abrir um novo sorriso,
entre lágrimas que teimam em rolar.

Difícil não é seguir em frente;
porque a Vida nos arrasta para diante,
no fluxo do tempo.
E ninguém existe que possa assentar-se
às suas margens, estacionar em seu caminho.

Difícil é recobrar o calor do entusiasmo,
depois do banho gelado de um fracasso.
É recuperar a candura infantil,
depois que a maturidade nos desperta
para a desconfiança.

Entretanto, nisto consiste o aprendizado.
Não existe mérito na inocência,
que é a ignorância do pecado;
mas na pureza,
que é triunfar sobre ele depois
de havê-lo conhecido.

Acostumai-vos a que felicidade e
sofrimento se alternem em vossas vidas;
é necessária a alternância das estações,
para que o fruto adquira todo o seu sabor.

Não deveis, portanto,
desesperar quando as folhas dos vossos sonhos
tombarem sobre o chão frio da realidade;
outras as substituirão, quando for o tempo certo.
Acreditai, sempre,
que as folhas caídas amenizarão a dureza do solo
sob os vossos passos;
e uma nova primavera virá,
para que mais uma vez os sonhos
enfeitem as vossas vidas.
Até que chegue um novo outono.

__HASSAN__

☜♡☞....☜♡☞

☜♡☞....☜♡☞

Um comentário:

  1. BOA NOITE ANJO
    A MENSAGEM E A IMAGEM SÃO LINDAS, MAS A MUSICA TOCOU FUNDO, ACHO QUE HOJE EU ESTAVA PRECISANDO OUVIR ALGO ASSIM.
    OBRIGADO
    BEIJO

    ResponderExcluir