segunda-feira, 22 de agosto de 2016

☜♡☞..."O APRENDIZADO DA VIDA"...☜♡☞


Não podemos dominar a vida,
mas precisamos aprender a viver.

Como não dominamos o mar,
mas aprendemos a respeitar as suas leis,
para que possamos desfrutar das suas ondas.

Costumamos pensar que podemos controlar a nossa vida,
e este é o primeiro erro que cometemos.
Porque a vida, como o mar,
tem as suas próprias leis e as suas ondas imprevistas.

Mas não é este, afinal, o seu maior encanto?
O deserto não seria de uma monotonia atroz,
se o sopro do vento não modificasse a cada dia as suas dunas?
E como seriam as nossas vidas,
sem os imprevistos que o destino nos traz?

Muitas vezes nos entregamos à revolta,
quando a vida modifica os nossos planos.
Entretanto, é nas dificuldades que mais aprendemos;
se enfrentarmos a luta,
a amarga preocupação de hoje trará
o doce sabor da vitória de amanhã.

Em cada ser humano, existe a força de que necessita.
E existem, também, as fraquezas que precisa vencer,
para atingir a plenitude dessa força.

Dizem os pessimistas que a felicidade não existe;
e, ao dizê-lo,
esquecem de todos os momentos em que a
receberam em seus corações.

E dizem os otimistas que a felicidade pode ser eterna.
Esquecem que a felicidade é um estado de espírito,
como a alegria e o amor; esperar que seja perene,
é como acreditar que o vento possa soprar
sempre na mesma direção.

A verdade é que nenhum de nós
sente as mesmas emoções, todos os dias.
O nosso Eu maior é livre, como a Força que o criou.
E, assim como aprendemos a direcionar o vento,
para que mova os nossos moinhos,
precisamos direcionar a nós mesmos,
para que mais rapidamente possamos atingir o fim do caminho.

Direcionar o nosso Eu, não é restringir a sua liberdade:
é, antes, conceder-lhe uma liberdade maior,
integrando-o ao infinito do Universo.
É da responsabilidade plena,
que deriva a plena Liberdade;
e ninguém pode atingi-la sem o Conhecimento.

Nenhum homem será realmente livre,
enquanto aos seus ouvidos ressoarem os grilhões de outrem.
Como nenhuma gota do mar será inteiramente pura,
enquanto existir a água poluída ao seu redor.

Entretanto,
é pela purificação de uma gota que se
inicia a purificação do mar.
E pelo brilho da primeira estrela que se anuncia
o belo espetáculo das constelações,
reluzindo no céu noturno.
Como é o primeiro raio de sol que afasta o escuro da noite,
e traz o esplendor de um novo dia.

Juntos, executamos a Sinfonia.
E o Maestro não descansará,
enquanto as notas não estiverem perfeitas.
Entretanto,
não é Ele quem afinará os nossos instrumentos;
nem tomará das nossas mãos,
para obrigar-nos a extrair os acordes corretos.
Ou não seríamos músicos, mas escravos;
cada músico precisa tocar por si mesmo,
para que seja plena a melodia.

É por isto, que não podemos dominar o que chamamos de vida:
cada um de nossos momentos,
cada uma de nossas caminhadas sobre a terra,
não passa de um novo ensaio,
para que possamos executar a Sinfonia do Universo.

A Sinfonia da Vida.

__HASSAN__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

Um comentário:

  1. Boa noite Anjo, quanta verdade existe nessa mensagem.
    A música é tocante.
    Beijo pra ti

    ResponderExcluir