quarta-feira, 31 de agosto de 2016

☜♡☞...O AMOR É A ALMA DAS COISAS...☜♡☞



É a causa do brilho da aurora nos olhos de quem ama.
É um presente.
Viajar com o amor no coração equivale
a viver com um sol no peito.
É o mesmo que portar
a essência das estrelas em seu sopro vital.
Significa respirar o sutil no sentimento e
comungar pensamentos que só
alguém na mesma sintonia perceberá.

O amor forma laços vitais entre as pessoas.

Porém, muitas vezes certas pré-disposições internas
(filhas do passado mal-resolvido emocionalmente)
interferem, formando barreiras e
separando-as sem que
o motivo real seja detectado.
Outras vezes,
é apenas o ego sabotando o carinho e
tirando das pessoas o seu melhor:
a capacidade de enternecer o coração.

Muitas destroem o carinho por demandas do ego negativo e
passam a fazer do relacionamento uma disputa de poder.
Confundem o amor com dependência alienante e
a própria arrogância com força de vontade.
Corrompem o amor com posturas teimosas e
encapam o coração com camadas de auto-defesa e
armam suas vidas com carradas de ironias.
Parecem firmes por fora,
mas perderam o seu melhor por dentro.

Para aqueles que disputam a supremacia sobre o outro
há um preço alto a pagar:
perde-se o brilho da aurora do amor nos olhos.
No entanto, de que adianta empertigar a cabeça e
parecer auto-suficiente emocionalmente por fora,
se por dentro o coração está cercado pelas trevas da insegurança e
os olhos já não brilham mais?

Ah, meus amigos!
Vocês parecem crianças nos relacionamentos.
Magoam-se facilmente e perdem o presente do amor.
Pensem no seguinte:
relacionamento é ancoragem.
Espíritos afins ancoram-se mutuamente no coração e
assim os laços vitais são formados.
Essa ancoragem
é necessária para que os parceiros possam evoluir juntos.
No entanto, muitos fogem desse presente e
armam trincheiras cheias de explosivos emocionais nas cercanias do próprio coração.

Parecem estar presentes no relacionamento,
mas estão prontos para detonar as bombas a qualquer instante.

Nesse caso, há que se perguntar:
qual é a sintonia entre amar e se armar?
É possível colher flores tranquilamente em terreno minado?
É possível ouvir a sinfonia do amor
em meio ao trovejar dos canhões emocionais?

Como vocês são complicados na arte do amor!
Sem o brilho da aurora do amor em seus olhos que
luz poderá guiar seus caminhos no mundo sem brilho?
Com o peso do passado incomodando
(consciente ou inconscientemente)
e espetando o presente com suas repercussões insólitas
no campo afectivo,
o que será do futuro do coração?

Flores ou trincheiras?
Música ou o espocar das armas emocionais
ensurdecendo o coração?
O crescimento dos parceiros ou
aquela constante tensão surda solapando a ternura?
Trocar o brilho da aurora do amor nos olhos
pelos vulcões emocionais de uma aventura comandada
pela escuridão do ego.
Dar valor apenas à forma carnal
(refém do tempo, pois todos envelhecem)
e não perceber o brilho real além das aparências
é apenas iludir-se com o transitório.

A paz nos relacionamentos está nesse brilho.
Pensem nisso:
o brilho que não tem idade e não depende da forma...
O brilho que permite a comunicação silenciosa
entre os parceiros...
A aurora que encontra a aurora nos olhos do parceiro,
os pensamentos que eliminam a distância e
os corações que se admiram mutuamente
são frutos desse brilho.
Sem esse brilho,
o que existe é apenas o turbilhão das
paixões desencontradas e suas agonias.

Podem estar magoados
com o fim de algum relacionamento,
mas tudo passa e
as trevas da dor da perda serão naturalmente
transcendidas pela aurora do amor.

Banhem-se na luz eterna.
Fechem os olhos e pensem na luz branca brilhante
que permeia a tudo.
Preencham o coração com essa luz.
Tornem-se essa luz.
Sintam-se presentes nesse brilho.

O AMOR É UM PRESENTE DA LUZ...

__WAGNER BORGES__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

terça-feira, 30 de agosto de 2016

☜♡☞...UMA ESTRADA APENAS SUA...☜♡☞


Há uma estrada cujo único dono e senhor é Você:

É a Estrada do Seu Pensamento.

Nela você também é o único
vigilante rodoviário.

Você tem se aplicado algumas merecidas multas?

Note que a Estrada do Seu Pensamento pode ser percorrida
do jeito que você quiser escolher.

Nela, as placas de sinalização é você quem faz e
elas sempre o levarão para onde você deixar.

Perceba que lombadas e valetas também
são colocadas por você,
portanto você é o único responsável pelo conforto ou
desconforto de suas “viagens.”

Você pode escolher as paisagens:
Árvores verdes e viçosas ou troncos secos e
cheios de cupins.

Poderá, ainda,
entrar por túneis ricamente iluminados ou
pelos escuros e sombrios,
pondo-se à mercê de atropelamentos,
trombadas e graves acidentes.

Nela há também os passantes que é você quem escolhe,
e eles poderão acompanhá-lo em suaves e
repousantes passeios ou encher seu caminho das mais
variadas pontiagudas e perigosas pedras.

Observe as retas, as curvas, os atalhos,
as bifurcações e os bloqueios que é você mesmo quem coloca.

A Estrada do seu Pensamento não é de mão única e
você pode retornar sempre que decidir.

Lembre-se que há pontos onde pode começar a insanidade ou
a verdadeira saúde mental, a tristeza ou a alegria.

A bênção ou a maldição, um recomeço,
uma Nova Vida ou a queda para
um amargo fim.

AONDE VOCÊ QUER CHEGAR?

Há todo tipo de operário nessa estrada,
mas Você é o Chefe!

__SILVIA SCHMIDT__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

☜♡☞...QUANDO FALA O CORAÇÃO...☜♡☞

"UM SOL DIFERENTE"


Neste dia eu te desejo um sol diferente…

Que apesar de todas as dificuldades,
Apesar de algumas tristezas que existem,
Que mesmo com essa montanha erguida,
O sol possa ser teu presente mais doce.

Desejo ao teu coração o querer que ele quer.

Que nas palavras que ele sussurra dentro do teu peito,
sejam ouvidas aquelas que têm sabor de liberdade.

Que tu estejas atento para o sopro da tua vontade real,
e jamais desistas dos teus passos em direção à verdade.

Desejo que tua percepção acorde mais plena
No calor de um sol novo e renovador.

Que ele te encoraje às atitudes
Que estão querendo respirar.

Aquelas que sempre são substituídas,
Aquelas que não se arrojam
Por ter os pesos de conceitos por demais antigos.

Desejo que tu aceites teu tempo,
seja ele qual for.

Que sintas serenidade na espera necessária
Para que a semente plantada brote no tempo certo.

Desejo, então, que tua flor seja inteira,
E mesmo que inicialmente pequena e frágil,
Ela te traga as luzes de uma estrada azul.

Que tua sabedoria esteja desperta aguardando,
com tranquilidade, o desabrochar da tua flor,
Em paz, em cadência ritmada
Com o aprendizado que vem chegando,
Em mais suaves permissões para ti,
Em muito mais reconhecimento da tua coragem.

Desejo-te um sol diferente…

Espalhando teu sorriso pela densidade das nuvens,
Simplificando o aspecto complicado de alguns momentos e
mostrando-te a fonte essencial para tua sede.

Desejo que a cada instante tu desnudes mais teu coração e
deixes que nele vibre em tom maior:
O AMOR.

O amor na sua expressão mais simples.

Que não mede, não faz contas
E que tem o poder de te erguer
Acima de todas as montanhas escuras.

__DA__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞
>>>NUNCA SE ESQUEÇA<<<

Ainda que seu Céu esteja carregado de
nuvens escuras,
por detrás delas há um lindo Sol brilhando
só para você,
para comemorar mais um lindo dia em sua vida!

__Ninna Angel__
☜♡☞...☜♡☞

domingo, 28 de agosto de 2016

☜♡☞...DE SONHOS E PROMESSAS...☜♡☞



Ao homem, não é dado viver sem sonhos.

Pois é a esperança que nos sustenta a vida.
E o que são os nossos sonhos,
senão as esperanças que nos conduzem ao amanhã?

Acreditai, portanto, nos vossos sonhos.
Como o fazeis aos vossos deuses,
aos vossos profetas e aos vossos amores.
Assim os deveis guardar,
bem junto aos vossos corações.

Lembrai-vos, todavia,
que se é a flor que vos encanta,
são os espinhos que defendem a planta.
E, embora a espuma atraia os vossos olhos,
é na onda que se manifesta a força do mar.

Como as nuvens vos protegem da força do sol,
os sonhos vos permitem descansar da realidade.
E, como a água vos dessedenta,
os sonhos revigoram o vosso verdadeiro Eu.

Entretanto,
não podeis caminhar sobre as nuvens.
E a água escorregaria entre vossos dedos,
se nas mãos a tentásseis reter.
Assim acontece aos vossos sonhos,
que apenas existem enquanto os sonhais.

É de cinza que se veste a realidade.
E nos sonhos encontrais as cores de que necessitais,
para adornar o vosso mundo e
alegrar a vossa jornada.

Guardai-vos, porém,
de entregar-vos aos sonhos.
Pois é na realidade que necessitais viver e
ela vos será tão mais dolorosa,
quanto mais vos apegardes aos vossos sonhos.

Sonhos são sonhos.
E se desfazem, quando em realidade se tornam.
É necessário que assim seja,
para que outros sonhos possam nascer e
colorir as vossas vidas.

Pois não é a saciedade que nos impulsiona,
mas o desejo.
Como não são as certezas que nos levam ao conhecimento,
mas as dúvidas.
É da semente que a árvore haverá de brotar.

Poderoso será, talvez,
aquele que conquista o mundo.
Livre, porém, é o homem que da conquista não necessita.
E não é no poder que encontrareis a felicidade,
mas na liberdade de buscá-la em vossos caminhos.

Guardai-vos, portanto,
de viver apenas em sonhos.
Como vos guardaríeis de falsas promessas,
que vos pudessem iludir.
É o frio da morte que a mariposa encontra,
no calor da chama que se obstina em alcançar.

Vivei, intensamente, os vossos sonhos.
Sabei, entretanto,
que a realidade vos aguarda,
ao fim de cada um deles.
Como à noite sucede o dia,
até que o crepúsculo anuncie a nova noite que chega.

Chorai todas as vossas lágrimas,
a cada sonho perdido; é justo que assim seja,
por todos os sorrisos que ele trouxe aos vossos dias.
E é preciso que a amargura se dissolva,
no pranto que eterno vos parece.

Para que outro sonho possa nascer.

__HASSAN__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞


sábado, 27 de agosto de 2016

☜♡☞...VIVER APAIXONADAMENTE...☜♡☞



É preciso viver apaixonadamente
Em qualquer situação, indistintamente.

Acredite, se você fizer assim,
Perceberá que há vida e beleza em tudo.
Perceberá que cada momento é importante
E que sempre há música no ar!

Portanto, cante - ainda que desafinado.
E dance, ainda que você não saiba dançar.
Chore todas as lágrimas que tiver
E ria até não mais poder.

Ame.
Perdoe.
Sinta raiva.
Chute o balde!
Faça aquilo que você verdadeiramente
tem vontade de fazer.

Mas o que você tem vontade de fazer
não é convencional?
- É arriscado?
- O que as pessoas irão pensar?
Se você está com alma cheia de receio
Então esqueça o que eu digo, mas...
- Afinal, o que você pretende?

Se você pensa que é maravilhosa a rotina de trabalhar
Voltar para casa, assistir tv, dormir
E sair com as crianças no final de semana
Parabéns: você é uma pessoa realizada!
Mas penso que até o melhor dos prazeres
Termina por ficar apenas razoável
Em um ritmo destes.

E eu quero o melhor do meu trabalho,
O melhor da minha família
O melhor da minha vida!

Se você também quer isto, envolva-se de mágica.
Deixe fluir a energia que corre em tuas veias.
O universo inteiro está latente dentro de você
E tudo que você precisa é deixar-se explodir!

E quantas coisas surgirão!
Quanto a fazer!
Quanto a conhecer!

Vá!
Não pense em nada.
Apenas confie em você.

Você marchará rumo ao infinito
E o que você viverá poderá ser bom ou ruim
Nunca se sabe
Mas sempre será enriquecedor, não duvide disto.
E nunca, nunca se deixe vencer pelo medo.
- Siga em frente!

Ninguém conquista um sonho sem persegui-lo.
Ninguém anda uma milha sem dar o primeiro passo.

Se ao final da estrada alguma sombra de arrependimento
te atacar
Ainda assim respire fundo e levante a cabeça.
Orgulhe-se por ter tentado.
Orgulhe-se por ter buscado.
Orgulhe-se por ter empregado todas as tuas forças
até o último instante!

E, sim, há quem tenha medo de passar os dias a
arrepender-se por suas ações
Mas guarde estas palavras em seu coração:
- Tanto pior e sempre pior é arrepender-se
daquilo que você não fez!

__AUGUSTO BRANCO__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

☜♡☞...SER JOVEM...☜♡☞



Ser jovem...
é amar a vida, cantar a vida, abraçar a vida,
perdoando até as pedradas que a vida nos joga em rosto.

Ser jovem...
é Ter altos e baixos, entusiasmos e desalentos.
É vibrar com os momentos bons e
passar por cima do que nos machuca,
com um sorriso fácil apagando os percalços.

Ser jovem...
é apiedar-se dos mais fracos,
não ter vergonha de fazer um sinal da cruz em público,
cantarolar uma canção em pleno ônibus.
E apreciar uma piada gostosa.

Ser jovem...
é escrever diário, às vezes.
Copiar poesias de amor e remetê-las ao namorado,
à namorada, com assinatura própria.

Ser jovem...
é compadecer-se de quem sofre,
com aquela vontade imensa de fazer o milagre da cura,
de restituir a saúde àqueles que a gente estima e ama.

Ser jovem...
é beber um lindo pôr-do-sol,
ar livre e noites estreladas.
Não se intrometer na vida alheia,
fazer silêncios impossíveis,
ficar ao lado das crianças,
gostar de leitura,
Ter ódio de guerra e de ser manipulado.

Ser jovem...
é Ter olhos molhados de esperança e
adormecer com problemas,
na certeza de que a solução madrugará
no dia seguinte.

Ser jovem...
é amar a simplicidade,
o vento,
o perfume das flores,
o canto dos pássaros.
Ter alegria ao dramático, ao solene.
E duvidar das palavras.

Ser jovem...
é vibrar um gol do time,
jogar na loteria esportiva,
emocionar-se com filmes de ternura e
simpatizar secretamente com alguém
que a gente viu só de passagem.

Ser jovem...
é planejar praias no fim do ano,
sonhar com um giro pela Europa
e uma esticada pela Disneylândia...
algum dia.

Ser jovem...
é sentir-se um pouco embaraçado diante de estranhos,
não perder o hábito de encabular,
tremer diante de um exame e
detestar gente gritona e resmunguenta.

Ser jovem ...
é continuar gostando de deitar na grama,
caminhar na chuva,
iniciar cursos de inglês e violão,
sem jamais terminá-los.

Ser jovem...
é não dar bola ao que dizem e pensam da gente.
Mas irritar-se,
quando distorcem nossas melhores intenções.

Ser jovem...
é aquele desejo de fazer parar o relógio,
quando o encontro é feliz,
quando a companhia é agradável e
a ventura toma conta do nosso ser.

Ser jovem...
é caminhar firme no chão,
à luz dalguma estrela distante.

Ser jovem...
é avançar de encontro à morte,
sem medo da sepultura e do que vem depois.

Ser jovem...
é permanecer descobrindo, amando, servindo,
sem nunca fazer distinção de pessoas.

Ser jovem...
é olhar a vida de frente, bem nos olhos,
saudando cada novo dia, como presente de Deus.

Ser jovem...
é realimentar o entusiasmo, o sorriso,
a esperança, a alegria, a cada amanhecer...

Ser jovem...
é acreditar um pouco na imortalidade, em vida.
É querer a festa, o jogo, a brincadeira,
a lua, o impossível.

Ser jovem ...
é ser bêbado de infinitos que terminam logo ali.
É só pensar na morte, de vez em quando.
É não saber nada e poder tudo.

Ser jovem...
é gostar de dormir e crer na mudança.
É meter o dedo no bolo e lamber o glacê.
É cantar fora do tom, mastigando depressa,
mas engolir devagar a fala do avô.

Ser jovem...
é embrulhar as fossas no celofane do não faz mal.
É crer no que não vale a pena,
mas ai da vida se não fosse assim.

Ser jovem...
é misturar tudo isso com a idade que se tenha,
trinta, quarenta, cinqüenta, sessenta,
setenta ou dezenove.
É sempre abrir a porta com emoção.
É abraçar esquinas,
mundos, luzes, flores, livros, discos,
cachorros e a menininha, com um profundo,
aberto e incomensurável abraço feito de festa,
dentes brancos e tímidos,
todos prontos para os desencontros da vida.
Com uma profunda e permanente vontade de ser.


__ARTUR DA TÁVOLA__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

☜♡☞...A EMOÇÃO DO AMOR...☜♡☞



Quando nasce o amor?
Quando estamos carentes e alguém se aproxima com mãos estendidas?
Ou quando nos abrimos para a vida e despertamos paixões?

Será que existe uma lógica no amor?
Somos nós quem decidimos a hora de amar,
ou o amor é realmente um laço, um passo para uma armadilha?

Se podemos viver o amor,
por que nos ausentamos,
por que nos decepcionamos tanto e queremos fugir dele?
Por que apostamos tanto em alguém,
e chegamos ao ponto de transferir nossa felicidade para outras mãos?

Será medo da realidade,
uma fuga de nós mesmos?
Será que é possível viver um amor onde apenas a verdade,
e somente a verdade seja a base da relação?
Será que devemos evitar a máscara que colocamos no amor?
Será que devemos ser tão realistas e secos para evitar a dor?

A dor, o amor, o calor, o desejo, o momento,
a vida, uma explosão de todas as cores,
de todos os sentidos, se você não se lembra mais,
o amor provoca vertigens,
espalha fogo por todos os lados,
é um querer até sem querer,
é uma transformação radical em
nosso metabolismo físico, mental e espiritual,
quando amamos chegamos mais perto dos anjos...

Por isso, se tiver que optar,
entre o vazio da razão,
por medo de sofrer uma decepção e amargar meu dia,
ainda assim, prefiro o risco do amor,
que embeleza a vida, dá motivação renovada,
e transforma o mundo, as pessoas e as atitudes,
deixando tudo mais bonito, leve e eterno.

O amor é eterno, mesmo quando dura pouco,
a emoção nunca se perde, as pessoas vão, partem,
mas fica sempre um perfume de saudade,
fica sempre uma recordação gostosa, por isso,
amar sempre vale a pena.
Só os tolos tem medo de amar...

__PAULO ROBERTO GAEFKE__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

☜♡☞..." ILHAS NO TEMPO "...☜♡☞


A vida é feita de momentos.
E deveis viver cada um dos vossos momentos.
Porque nenhum deles retornará e nada
vos restará senão o arrependimento,
se deles não souberdes desfrutar.

O beijo de ontem não se repetirá amanhã;
como a rosa que ontem se abriu,
ainda que conserve o seu aroma e a sua beleza,
jamais voltará a ser o mesmo botão.

Desfrutai, portanto,
de cada uma das vossas alegrias;
ou das vossas tristezas.
Saboreai-a gota a gota,
como faríeis ao mais delicado dos vinhos,
em homenagem ao seu sabor.

Porque é na alegria e na tristeza,
que mais intensamente se faz ouvir em vós
a canção do Universo.
Que vos sentis mais vivos e melhor escutais
a voz do vosso verdadeiro Eu.

Esta é a verdade.
E por isto existem momentos que se
cristalizam em vossa memória;
e se tornam como ilhas no tempo,
às quais retornais sempre,
através das vossas lembranças.

Às vezes, uma simples troca de olhares;
um beijo roubado, um roçar de mãos.
Um sorriso, uma música,
um anoitecer junto ao mar,
a carícia de uma brisa amena nos cabelos.

Em outras uma noite de insônia;
a sensação de solidão,
uma decisão errada,
uma oportunidade não aproveitada.
Uma carícia que não se fez,
uma palavra que devia ter sido dita.

Pode ser um encontro ou uma despedida,
um nascimento ou uma morte,
uma conquista ou uma perda,
um fracasso ou um sucesso,
uma desilusão ou o início de um novo sonho.

Certo é que todos tendes as vossas ilhas no tempo.
E, ainda que as tenteis compartilhar,
não o conseguireis;
porque o seu significado é muito próprio,
para cada um de vós.

E ninguém existe que possa transferir a
outrem as suas emoções,
os seus pensamentos ou as suas lembranças.
Por isto, apenas cada um de vós pode
habitar as suas próprias ilhas.

Deveis mantê-las, sempre.
Pois é a elas que retornareis,
quando o presente vos esmagar com o peso da realidade,
para que aos vossos corações volte a
esperança no futuro.

Cuidai, porém,
para que não vos absorvam em demasia.
É no presente que viveis e cada dia vos traz a
oportunidade de um novo momento,
que se pode tornar uma nova ilha.

Não vos isoleis, portanto.
Porque aquele que se perde no passado,
perde também o presente e com ele a
possibilidade de construir um novo futuro.
De viver novos momentos.

E, afinal, a Vida é feita de momentos.

__HASSAN__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

terça-feira, 23 de agosto de 2016

☜♡☞..." QUANDO AMEI "...☜♡☞


Quando me amei de verdade,
pude compreender
que em qualquer circunstância,
eu estava no lugar certo,
na hora certa.
Então pude relaxar.

Pude perceber que o
sofrimento emocional é um sinal
de que estou indo contra a minha verdade.
Parei de desejar que a minha vida
fosse diferente e comecei a ver
que tudo o que acontece contribui
para o meu crescimento.

Comecei a perceber como
é ofensivo tentar forçar alguma coisa
ou alguém que ainda não está preparado
- inclusive eu mesmo.
Comecei a me livrar de tudo
que não fosse saudável.
Isso quer dizer:
pessoas, tarefas, crenças e
- qualquer coisa que
me pusesse pra baixo.

Minha razão chamou isso de egoismo.
Mas hoje eu sei que é amor-próprio.
Deixei de temer meu tempo livre
e desisti de fazer planos.
Hoje faço o que acho certo
e no meu próprio ritmo.
Como isso é bom!

Desisti de querer ter sempre razão,
e com isso errei muito menos vezes.
Desisti de ficar revivendo o passado
e de me preocupar com o futuro.
Isso me mantém no presente,
que é onde a vida acontece.

Percebi que a minha mente
pode me atormentar e me decepcionar.
Mas quando eu a coloco
a serviço do meu coração,
ela se torna uma grande e valiosa aliada.

Enfim, quando me amei de verdade, comecei a
amar a vida como ela é, e ser eu mesmo, sem medo sem
rodeios, sem amarras, apenas com um sorriso no rosto,
ah um sorriso, como isso muda vidas assim como mudou
a minha.

Pode ser loucura para uns a maneira que vivo
sem rótulos, sem medo, apenas sorrindo, mas,
levar a vida, entrar no embalo, ver que tudo
depende de você mesmo, que sua alegria ou
suas lágrimas, dependem de você.

Quando se ama de verdade, olha para o nascer de um
novo dia e agradece a Deus, se ama a vida e a vida é Deus!
Não existe nada melhor que amar a vida, que ser
você mesmo sem querer parecer para ninguém
sem querer aprovação de ninguém,
apenas fazendo o bem.

Se eu puder deixar um conselho para sua vida, deixo...

"Faça tudo que pode para fazer alguém feliz,
mas faça de coração, sem esperar recompensa,
afinal o bem que se faz para o outro
se faz para si mesmo".

__ROGÉRIO STANKEWSKI__

☜♡☞....☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

☜♡☞..."O APRENDIZADO DA VIDA"...☜♡☞


Não podemos dominar a vida,
mas precisamos aprender a viver.

Como não dominamos o mar,
mas aprendemos a respeitar as suas leis,
para que possamos desfrutar das suas ondas.

Costumamos pensar que podemos controlar a nossa vida,
e este é o primeiro erro que cometemos.
Porque a vida, como o mar,
tem as suas próprias leis e as suas ondas imprevistas.

Mas não é este, afinal, o seu maior encanto?
O deserto não seria de uma monotonia atroz,
se o sopro do vento não modificasse a cada dia as suas dunas?
E como seriam as nossas vidas,
sem os imprevistos que o destino nos traz?

Muitas vezes nos entregamos à revolta,
quando a vida modifica os nossos planos.
Entretanto, é nas dificuldades que mais aprendemos;
se enfrentarmos a luta,
a amarga preocupação de hoje trará
o doce sabor da vitória de amanhã.

Em cada ser humano, existe a força de que necessita.
E existem, também, as fraquezas que precisa vencer,
para atingir a plenitude dessa força.

Dizem os pessimistas que a felicidade não existe;
e, ao dizê-lo,
esquecem de todos os momentos em que a
receberam em seus corações.

E dizem os otimistas que a felicidade pode ser eterna.
Esquecem que a felicidade é um estado de espírito,
como a alegria e o amor; esperar que seja perene,
é como acreditar que o vento possa soprar
sempre na mesma direção.

A verdade é que nenhum de nós
sente as mesmas emoções, todos os dias.
O nosso Eu maior é livre, como a Força que o criou.
E, assim como aprendemos a direcionar o vento,
para que mova os nossos moinhos,
precisamos direcionar a nós mesmos,
para que mais rapidamente possamos atingir o fim do caminho.

Direcionar o nosso Eu, não é restringir a sua liberdade:
é, antes, conceder-lhe uma liberdade maior,
integrando-o ao infinito do Universo.
É da responsabilidade plena,
que deriva a plena Liberdade;
e ninguém pode atingi-la sem o Conhecimento.

Nenhum homem será realmente livre,
enquanto aos seus ouvidos ressoarem os grilhões de outrem.
Como nenhuma gota do mar será inteiramente pura,
enquanto existir a água poluída ao seu redor.

Entretanto,
é pela purificação de uma gota que se
inicia a purificação do mar.
E pelo brilho da primeira estrela que se anuncia
o belo espetáculo das constelações,
reluzindo no céu noturno.
Como é o primeiro raio de sol que afasta o escuro da noite,
e traz o esplendor de um novo dia.

Juntos, executamos a Sinfonia.
E o Maestro não descansará,
enquanto as notas não estiverem perfeitas.
Entretanto,
não é Ele quem afinará os nossos instrumentos;
nem tomará das nossas mãos,
para obrigar-nos a extrair os acordes corretos.
Ou não seríamos músicos, mas escravos;
cada músico precisa tocar por si mesmo,
para que seja plena a melodia.

É por isto, que não podemos dominar o que chamamos de vida:
cada um de nossos momentos,
cada uma de nossas caminhadas sobre a terra,
não passa de um novo ensaio,
para que possamos executar a Sinfonia do Universo.

A Sinfonia da Vida.

__HASSAN__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

domingo, 21 de agosto de 2016

☜♡☞..."A PAZ INTERIOR"...☜♡☞



É a paz interior que deveis buscar,
acima de tudo.
Sem ela, nada podereis conseguir.
De que servem as mais resistentes muralhas e
o fosso mais profundo,
para proteger o castelo,
se dentro dele a guerra permanece acesa?

De nada vos adianta desejar
que a paz esteja ao vosso redor;
nem tentar arredar-vos do mundo.
Porque, ainda que o conseguísseis fazer,
a insatisfação continuaria em vós.
É em vós, que estão os problemas;
e, se assim é,
em vós necessitais buscar as soluções.
O problema não é a falta do oásis,
nem o sol do deserto,
mas a sede que vos atormenta.

O problema não é o escuro da noite que vos envolve,
mas o medo que cresce em vós,
quando não conseguis discernir o que vos cerca.
Não é a insônia, e sim a vossa inquietude.
O problema não é o amor não correspondido,
mas o orgulho ferido;
nem a vossa aparência, mas a vossa insegurança.
Não é a ignorância,
mas o desinteresse em aprender.

O problema não é o obstáculo,
mas a incapacidade de vencê-lo.
Para aquele que se dispõe
a escavar o tronco e remar a canoa,
o rio é apenas um novo caminho que surge.
Responsabilizais as circunstâncias,
para justificar as vossas decisões equivocadas.
Mas o homem sensato
não é o que se detém diante do abismo,
e sim o que constrói a ponte.

Podeis, sem dúvida alguma,
aprender a construir as vossas pontes.
Primeiro necessitais, entretanto,
saber que a paz interior é a estrutura
sobre a qual se podem assentar.
Buscai a paz interior.
Se a encontrardes,
todos os vossos problemas deixarão de incomodar-vos;
e fácil vos será solucioná-los,
porque ouvireis o vosso verdadeiro Eu.

Buscai a paz interior.
Mas sabei que não
a encontrareis nas realizações deste mundo,
nas posses que amealhardes,
nas vaidades satisfeitas,
nem nas glórias que puderdes obter.
Este é o mundo da matéria.
E tudo que aqui vos for dado conseguir nada vos trará,
senão alegria passageira;
porque passageira é a jornada,
enquanto o vosso espírito é eterno.

Plantai boas sementes, em cada dia,
para que farta vos seja a colheita,
no Jardim do Amanhã.
A certeza de bem semeardes vos guiará os passos,
para seguirdes em frente.
Este é o caminho para a paz interior.
E, uma vez que a tenhais descoberto,
ela preencherá a vossa alma;
e se espalhará ao vosso redor,
iluminando a todos que encontrardes.

De paz se tornará o vosso caminho.

__HASSAN__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞
A Paz Interior é o Oasis dentro de nós,
é o Arco-Iris nos mostrando o caminho a seguir,
iluminando todos os que nos cercam.
Este é o objetivo, é um exercício diário!
Ninna
☜♡☞...☜♡☞

sábado, 20 de agosto de 2016

☜♡☞..."A ARTE DE NÃO ADOECER"...☜♡☞



"SE NÃO QUISER ADOECER"

"Fale de seus sentimentos".
Emoções e sentimentos que são escondidos, reprimidos,
acabam em doenças como: gastrite, úlcera,
dores lombares, dor na coluna.
Com o tempo a repressão dos sentimentos degenera até em câncer.
Então vamos desabafar, confidenciar,
partilhar nossa intimidade, nossos segredos, nossos pecados.

O diálogo, a fala, a palavra, é um poderoso remédio e excelente terapia.

"SE NÃO QUISER ADOECER"

"Tome decisão".
A pessoa indecisa permanece na dúvida,
na ansiedade, na angústia.
A indecisão acumula problemas, preocupações, agressões.
A história humana é feita de decisões.
Para decidir é preciso saber renunciar,
saber perder vantagem e valores para ganhar outros.

As pessoas indecisas são vítimas de doenças nervosas,
gástricas e problemas de pele.

"SE NÃO QUISER ADOECER"

"Busque soluções".
Pessoas negativas não enxergam soluções e aumentam os problemas.
Preferem a lamentação, a murmuração, o pessimismo.
Melhor é acender o fósforo que lamentar a escuridão.
Pequena é a abelha, mas produz o que de mais doce existe.

"SE NÃO QUISER ADOECER"

"Não viva de aparências".
Quem esconde a realidade, finge, faz pose,
quer sempre dar a impressão que está bem,
quer mostrar-se perfeito, bonzinho etc.,
está acumulando toneladas de peso...
uma estátua de bronze, mas com pés de barro.

Nada pior para a saúde que viver de aparências e fachadas.
São pessoas com muito verniz e pouca raiz.
Seu destino é a farmácia, o hospital, a dor.

"SE NÃO QUISER ADOECER"

"Aceite-se".
A rejeição de si próprio, a ausência de auto-estima,
faz com que sejamos algozes de nós mesmos.
Ser eu mesmo é o núcleo de uma vida saudável.
Os que não se aceitam são invejosos, ciumentos,
imitadores, competitivos, destruidores

Aceitar-se, aceitar ser aceito,
aceitar as críticas, é sabedoria,
bom senso e terapia.

"SE NÃO QUISER ADOECER"

"Confie".
Quem não confia, não se comunica, não se abre,
não se relaciona, não cria liames profundos,
não sabe fazer amizades verdadeiras.

Sem confiança, não há relacionamento.
A desconfiança é falta de fé em si,
nos outros e em Deus.

"SE NÃO QUISER ADOECER"

"Não viva sempre triste".
O bom humor, a risada, o lazer, a alegria,
recuperam a saúde e trazem vida longa.
A pessoa alegre tem o dom de alegrar o ambiente em que vive.


"O bom humor nos salva das mãos do doutor".
Alegria é saúde e terapia.

__Dr. Dráuzio Varella__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞
A imagem acima representa se despir de suas próprias máscaras,
e ser ela mesma!
☜♡☞...☜♡☞

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

☜♡☞..CANÇÃO DOS SONHOS..☜♡☞


Um dia, o sonho se vai.

E as vossas lágrimas não serão capazes de retê-lo.
Como as pás do moinho não seguram o vento que as moveu,
nem o prolongado hausto retém a vida no corpo agonizante.

Poupai-vos do pranto, tão inútil quanto triste;
recordai, sim, as alegrias que vos trouxe a ilusão.
Assim, trocareis o amargor do abandono pela
doçura das lembranças.

De cada vez que fordes capazes de sonhar,
não serão apenas as recordações que tereis a lucrar;
mas cada momento em que conheceis a graça de serdes felizes.

Porque,
se é verdade que a tristeza visita o coração do homem
a cada desengano, é igualmente verdade que enquanto
perdura o sonho nele vive a felicidade.

E o sofrimento de um dia não apaga a felicidade da véspera;
como o choro da criança que cai não invalida o
sorriso que o precedeu, durante as brincadeiras infantis.

Alegria e tristeza, sonho e desengano,
fazem parte das vossas vidas.
E é preciso que assim seja,
porque um não existiria sem o outro.
É o contraste que faz surgir a visão.

Sem conhecer a escuridão, como entender a luz?
Sem a morte, qual seria o valor da vida?
Sem o conforto da companhia,
como entender o desamparo da solidão?

É assim que é.
E, como ninguém pensa na volta durante a emoção da ida,
não seria sábio aquele que se negasse a viver o
encanto de um sonho, por temer o desengano.

Vivei, intensamente e sem medo, os vossos sonhos.
Porque só assim conhecereis todos os sabores da vida,
todos os aromas da paixão e todas as cores da ilusão.

Não deixeis que o amanhã vos preocupe,
a ponto de roubar-vos os sonhos.
Tristezas e alegrias são passageiras,
mas o conhecimento se debruça sobre a Eternidade.

E os sonhos, como os desenganos,
são instrumentos de que se vale o Universo,
para trazer-vos o conhecimento.
Para reavivar lembranças adormecidas
de jornadas passadas.

Sim;
um dia, o sonho se vai.

Mas outro sonho virá até vós.

__HASSAN__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞..☜♡☞

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

☜♡☞...TALVEZ...☜♡☞


Talvez eu venha a envelhecer rápido demais...
Mas lutarei para que cada dia tenha valido a pena.

Talvez eu sofra inúmeras desilusões no decorrer de minha vida...
Mas farei que elas percam a importância
diante dos gestos de amor que encontrei.

Talvez eu não tenha forças para realizar todos os meus ideais...
Mas jamais irei me considerar um derrotado.

Talvez em algum instante eu sofra uma terrível queda...
Mas não ficarei por muito tempo olhando para o chão.

Talvez um dia o sol deixe de brilhar...
Mas então irei me banhar na chuva.

Talvez um dia eu sofra alguma injustiça...
Mas jamais irei assumir o papel de vítima.

Talvez eu tenha que enfrentar alguns inimigos...
Mas terei humildade para aceitar as mãos
que se estenderão em minha direção.

Talvez numa dessas noites frias,
eu derrame muitas lágrimas...
Mas não terei vergonha por esse gesto.

Talvez eu seja enganado inúmeras vezes...
Mas não deixarei de acreditar que em algum lugar
alguém merece a minha confiança.

Talvez com o tempo eu perceba que cometi grandes erros...
Mas não desistirei de continuar trilhando meu caminho.

Talvez com o decorrer dos anos eu perca grandes amizades...
Mas irei aprender que aqueles que realmente
são meus verdadeiros amigos nunca estarão perdidos.

Talvez algumas pessoas queiram o meu mal...
Mas irei continuar plantando
a semente da fraternidade por onde passar.

Talvez eu fique triste ao concluir que
não consigo seguir o ritmo da música...
Mas então,
farei que a música siga o compasso dos meus passos.

Talvez eu nunca consiga enxergar um arco-íris...
Mas aprenderei a desenhar um,
nem que seja dentro do meu coração.

Talvez hoje eu me sinta fraco...
Mas amanhã irei recomeçar,
nem que seja de uma maneira diferente.

Talvez eu não aprenda todas as lições necessárias...
Mas terei a consciência que os verdadeiros ensinamentos
já estão gravados em minha alma.

Talvez eu me deprima por não ser capaz de saber
a letra daquela música...
Mas ficarei feliz com as outras capacidades que possuo.

Talvez eu não tenha motivos para grandes comemorações...
Mas não deixarei de me alegrar com as pequenas conquistas.

Talvez a vontade de abandonar tudo
torne-se a minha companheira...
Mas ao invés de fugir, irei correr atrás do que almejo.

Talvez eu não seja exatamente quem gostaria de ser...
Mas passarei a admirar quem sou.
Porque no final saberei que,
mesmo com incontáveis dúvidas,
eu sou capaz de construir uma vida melhor.

E se ainda não me convenci disso,
é porque como diz aquele ditado:

“ainda não chegou o fim”

Porque no final não haverá nenhum “talvez” e
sim a certeza de que a minha vida valeu a pena e
eu fiz o melhor que podia."


__ARISTÓLES ONASSIS__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

☜♡☞...VIVER É TÃO FÁCIL...☜♡☞


DEVE SER ISSO QUE ASSUNTA TANTO!


Muitas vezes fico olhando para o nada,
perdida em questionamentos, vivências, flashes do futuro.
Por que a gente sofre tanto?
Por que a gente se cobra tanto?
Por que nos enredamos em fios de temores,
culpas e perdas?
Viver é simples, insisto.
Basta um dia de sol, uma boa música,
um gole do vinho preferido,
o calor do abraço de uma pessoa que te ama,
acordar todo dia de manhã e ver que
a vida continua lá fora te esperando.

Sei que tem o que você queria e não aconteceu,
sei que tem um monte de conta em cima da mesa,
sei que seu pai anda meio doente,
sei que seu marido deixa sempre o sapato no meio da sala,
sei que o trânsito anda infernal,
sei que logo hoje que você fez escova choveu.
Eu sei de tudo isso.
E também sei o quanto somos pequenos,
fúteis e incompreensíveis.

As coisas são muito claras.
Você tem uma vida, valores, educação,
lembranças, consciência.
Você tem escolhas, caminhos, passado,
presente, futuro.
Você tem todas as chances do mundo para escolher
como quer viver.

Falta ousadia. Falta verdade.
Falta sinceridade. Falta vontade.
Falta parar de reclamar e
olhar para o mundo como ele realmente é.
E sei, sei bem, que nem sempre o mundo é amigo.
As pessoas podem - e são - cruéis.
O mundo muitas vezes nos passa a perna.
E a vida segue. Você às vezes se quebra,
mas a vida segue. A gente erra, acerta.
Ganha e perde.
Você pode ter perdido família, amigos, amores.
E ter se encontrado. Você pode ter família, amigos, amores.
E nunca ter se achado. O que vale, na verdade,
não é tudo o que você conquistou ou teve que abandonar.
O que vale é a forma como você lida com isso.

A gente tem a incrível mania de julgar o outro.
É tão fácil palpitar sobre a vida de alguém,
não é verdade (vai dizer que você nunca fez isso)?
A Camila tem uma vida ótima, um marido gato, uma filha boneca,
um filho príncipe, um cachorro adestrado, um duplex de cinema,
um carro luxuoso, um cabelo de matar de inveja a Gisele,
sorriso mais branco que ator da Globo,
corpo mais perfeito que rainha de bateria.
Além disso, Camila tem empregada que lava, passa e cozinha.
Em outras palavras:
Camila nunca está com o cabelo fedendo a fritura,
não estraga as unhas esfregando panela e não sofre de dores na coluna
(muito menos de tendinite) por passar as camisas do maridão.
E para completar:
Camila não precisa se preocupar com as contas de água,
luz, telefone, supermercado.
Dinheiro não é problema. Nunca foi.
Mas Camila é extremamente infeliz.
Tão infeliz que faz terapia três vezes por semana.
E chora todos os dias antes de dormir.
Um belo (horrível?) dia, Camila se mata com um tiro na testa.
No velório, pessoas se espantam: mas ela tinha tudo.
Ela tinha tu-do. Como se matou?
Tsc, tsc. Perua. Dondoca.
Depressão é coisa de dondoquinha.
Fracotinha. Franguinha.

Você conhece a Maria do Carmo?
Ela tem 28 anos, quatro filhos, é separada, sustenta a casa,
trabalha como empregada doméstica e faz doce para vender
no mercadinho do bairro do lado da casa onde trabalha.
Rala o dia todo para sustentar os filhos,
deixa as crianças com a vizinha, faz comida em casa,
vive com as unhas fracas por causa dos produtos de limpeza,
nunca experimentou outra marca de shampoo a não ser
aquele que custa menos de três reais,
nunca ouviu falar em escova progressiva,
não tem dinheiro para ir ao cinema,
comprar livros, roupa nova, nem nada disso.
As crianças herdam as roupas dos filhos da patroa ou
então ganham dos primos mais velhos.
Sua maior diversão é quando chega domingo,
ela senta no sofá da sala com seus rebentos e
assiste Faustão tomando suco de manga.
Apesar das dificuldades,
Maria do Carmo vive com um sorriso no rosto,
acha que viver é uma graça divina e não reclama de nenhuma
desgraça que acontece na vida.

Com esses dois exemplos fictícios eu quis dizer
que não dá pra gente rotular as pessoas.
Cada um sabe onde a dor é mais funda,
e é justamente por isso que não podemos nos meter.
Cada um escolhe como conduzir a sua vida
- e carrega sua cruz e seus carmas do jeito que pode e consegue.

Viver no sentido mais completo da palavra, é para os corajosos.
Para os que não têm medo da entrega. E da recompensa.
Já que a vida é via de duas mãos, vai e vem, dá e recebe,
a gente tem que entender que é vivendo que
recebemos a melhor coisa do mundo:

" O APRENDIZADO."

__CLARISSA CORRÊA__


☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞
É por essas e outras que cada vez me convenço mais que...

"ENQUANTO ESTIVERMOS OLHANDO O JARDIM DO VIZINHO,
NO NOSSO ESTÁ CRESCENDO ERVAS DANINHAS" !
☜♡☞...☜♡☞



terça-feira, 16 de agosto de 2016

☜♡☞...HOJE...☜♡☞



Hoje é o dia mais importante para vós.

É o primeiro dia do resto de vossas vidas.
Dele, dependerá o vosso futuro.
Porque é das atitudes e dos pensamentos de agora,
que dependem a felicidade ou o sofrimento de depois.

E assim será, em cada novo dia.
Como o alvorecer é apenas o prólogo da noite,
que chegará ao findar a tarde;
e o botão que hoje se abre será amanhã a
flor murcha sobre a terra.

Tende cuidado, portanto, com as vossas escolhas.
É delas que virão as vossas alegrias e
os vossos arrependimentos;
e, embora possam tardar, um dia haverão de alcançar-vos.

Ninguém colhe senão o que semeia.
E, embora sejais livres para escolher o que plantareis,
não podereis recusar os frutos da colheita.
Atentai, pois, para cada uma das vossas decisões.

E não as tomeis no calor do momento,
sob os impulsos das paixões.
Porque não é sábio o barqueiro que desfralda as velas do barco,
enquanto a fúria do furacão fustiga o oceano.

Sensato é aquele que se mantém ao leme e
busca traçar a sua rota por entre as ondas.
Pois a tempestade haverá de amainar,
e este será o momento certo para aproveitar o vento amigo.

Hoje é o dia mais importante para vós.

É a vossa única oportunidade de modificar as vossas vidas.
Porque o ontem já se foi e
o amanhã é apenas uma esperança no horizonte;
só no hoje, podeis lançar as vossas sementes.

É hoje,
que as lágrimas vos queimarão os olhos;
ou o sorriso adoçará os vossos lábios.
É hoje que o vosso barco conhecerá o naufrágio,
ou chegará à segurança do porto.

É hoje,
que podeis escolher entre a serenidade do perdão e
o tormento do ódio;
entre a segurança da verdade e
a inquietude da mentira,
entre a paz da compreensão e
a inquietude do preconceito.

Hoje,
podeis decidir-vos pela modéstia ou
pela presunção;
pela humildade ou pelo orgulho,
pela simplicidade ou pela arrogância.
Podeis escolher entre fazer amigos ou
intimidar pessoas.

Hoje,
podeis escolher os arriscados caminhos do amor;
ou a vereda fria e tranquila da solidão,
onde não sorrireis todos os vossos sorrisos
nem derramareis todas as vossas lágrimas.

Hoje é o dia mais importante para vós.

Porque apenas no presente,
podeis viver as vossas vidas.
Recordai, entretanto,
que hoje colheis o fruto do que ontem plantastes;
tende presente esta verdade,
e melhor semeareis para o amanhã.

Que se tornará o vosso hoje.

__HASSAN__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

☜♡☞...(RE) COMEÇAR..☜♡☞


Olhando pela janela,
observei ao longe um horizonte vasto e diferente.

Arejei a alma,
tirei os sapatos e pus-me a olhar com mais encantamento
cada parte que vinha da natureza.
Cada parte desenhada por Deus.

O relógio mostrava que já era hora de se ajeitar.
De sentir as badaladas da vida unindo os ponteiros do coração.
Agora, o olhar meio distraído busca por noticias.

Busca aquele velho rascunho com algumas notas que grafei
pra não esquecer que teria que assumir alguns compromissos comigo.
Cada coisa resolvida, era como se algo dentro de mim resolvia-se também.

Fui até o quarto onde deixei a cama ainda desarrumada.
Sentei-me ao lado daquele porta retrato de cabeceira e sorri meio bobo.
Meio com o coração escolhendo aqueles momentos que já vivi.

Abri o armário, busquei algo simples.
Algo que combinasse com o dia lá fora.
Um jeans, uma camiseta básica.

Resolvi deixar o cabelo mais solto,
mais livre como eu.
Passei um batom cor de boca e me senti bem.
Andei meio rebelde.
Andei desafiando a minha própria natureza.
Silenciei por alguns instantes.

Deixei vir a música que rolava lá no fundo da sala.
Pensei em como Deus estava sendo generoso comigo.
Corri até a cozinha pois havia esquecido o café fresco sobre a mesa.
Percebi que a casa precisava de flores.
Que os azulejos da cozinha precisavam de uma nova pintura.

Talvez nesse instante, eu precise de coisas novas.
Mas também talvez precise muito mais de mim.
Voltei novamente a pensar nos desvios dos caminhos,
nos encontros que abracei,
nas esquinas cheias de gente buscando por algo.
Algo que eu também buscava e nem ao certo sabia o que seria.

Só sei que algo aqui dentro havia sido mexido.
Estava bom assim. Não sei porque,
mas sentir o sol quente batendo no rosto era como sentir a vida
me puxando pelas mãos e me pedindo pra ir com ela.
Nada de pressa; pensei.

Dei uma última volta pelos cantos da casa.
Toquei em cada coisa.
Senti a energia boa que atravessou o meu sorriso.
Olhei as paredes recém pintadas,
as cortinas que esvoaçavam ao balançar do vento.
Senti que era isso.
Que tudo poderia ser recomeçado.
Que tudo poderia ser novamente ajeitado.
Fechei a porta e saí..
Saí pro novo dia.
Pro novo tempo.
As coisas terminam e a gente recomeça.
É bem por aí...

__SIL GUIDORIZZI__
☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

domingo, 14 de agosto de 2016

☜♡☞...DEFINIÇÃO DE PAI...☜♡☞


Pai que aos olhos da criança é herói.
Pai que aos olhos do jovem é vilão.
Pai que aos olhos do adulto é um amigo.
Pai que aos olhos do velho é saudade.

Quando eu te via como herói,
Não sabia quase nada da vida,
Sentia-me SEGURO ao seu lado,
Eu só queria ser seu filho.

Quando eu te vi como vilão,
Pensava que já sabia tudo sobre a vida,
Não queria proteção.
Eu só queria ser herói.

Quando eu te vi como amigo,
Pude me dar conta dos erros cometidos,
Foi quando realmente te conheci,
Que entendi o sentido da vida.

Quando me dei conta de sua falta,
A idade já havia me alcançado,
Você já não era mais herói, nem vilão,
Nem amigo e nem solidão.

Você virou soma de tudo aquilo que foi,
De tudo aquilo que eu pensei que fosse,
A síntese da vida que hoje eu vivo,
A minha definição da palavra PAI!

__LUÍS ALVES__

☜♡☞...☜♡☞
☜♡☞...TER PAI...SER PAI!...☜♡☞
____FELIZ DIA DOS PAIS_____
☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞
PAI!
Hoje,
como em qualquer dia deixo para você o meu carinho,
meu amor e minha prece.
Aonde quer que você esteja me sinta bem pertinho,
te dando uma abraço apertado,
e nesse abraço te envolvo com todo meu amor!
Saudades!
Márcia
☜♡☞...☜♡☞



sábado, 13 de agosto de 2016

☜♡☞...O AMOR MADURO...☜♡☞


O amor maduro não é menor em intensidade.
Ele é apenas silencioso.
Não é menor em extensão.
É mais definido colorido e poetizado.
Não carece de demonstrações:
Presenteia com a verdade do sentimento.
Não precisa de presenças exigidas:
amplia-se com as ausências significantes.
O amor maduro tem e quer problemas, sim, como tudo.
Mas vive dos problemas da felicidade.
Problemas da felicidade são formas
trabalhosas de construir o bem, o prazer.
Problemas da infelicidade não interessam ao amor maduro.
Na felicidade está o encontro de peles,
o ficar com o gosto da boca e do cheiro do outro
- está a compreensão antecipada,
a adivinhação,
o presente de valor interior,
a emoção vivida em conjunto,
os discursos silenciosos da percepção,
o prazer de conviver,
o equilíbrio de carne e de espírito.
O amor maduro é a valorização do melhor do outro e
a relação com a parte salva de cada pessoa.
Ele vive do que não morreu, mesmo tendo ficado para depois,
vive do que fermentou criando dimensões novas
para sentimentos antigos,
jardins abandonados,
cheios de sementes.
Ele não pede, tem.
Não reivindica, consegue.
Não percebe, recebe.
Não exige, oferece.
Não pergunta, adivinha.
Existe, para fazer feliz.
O amor maduro cresce na verdade e
se esconde a cada auto-ilusão,
basta-se com o todo do pouco.
Não precisa e nem quer nada do muito.
Está relacionado com a vida e por isso mesmo é incompleto,
por isso é pleno em cada ninharia por ele transformada em paraíso.
É feito de compreensão, música e mistério.
É a forma sublime de ser adulto e
a forma adulta de ser sublime e criança.
É o sol de outono: nítido, mas doce.
Luminoso, sem ofuscar.
Suave, mas definido.
Discreto, mas certo.

__ARTHUR DA TÁVOLA__
☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

☜♡☞..."AS PALAVRAS E A CANÇÃO"...☜♡☞


É preciso que as palavras toquem.

Que não apenas atinjam os vossos corações,
mas sejam capazes de tocar a canção do Universo,
que percorre o mundo nas asas do vento e
vibra no canto dos pássaros.

A canção que assovia nas folhas das palmeiras,
murmura nas ondas mansas e
estronda no fragor das tempestades.
Que flutua nos raios do sol e se repete nas gotas da chuva.

A canção que é sinfonia em vossos amores e
réquiem em vossas separações.
Que embala os vossos doces sonhos e
vos consola em vossos amargos desenganos.

A canção da esperança,
que viaja em dois olhares que se cruzam.
A canção da tristeza,
nas mãos que se desentrelaçam,
nos corpos que se afastam,
nos olhos que se abaixam.

A canção do entendimento, que toca em surdina,
no silêncio cúmplice de quando nada é preciso dizer.
A canção da inutilidade,
no silêncio opressivo de quando nada resta a dizer.

A canção do prazer,
nos sussurros de desejo dos corpos nus
que se encontram e possuem.
A canção da plenitude,
na ternura que sucede à ânsia incontrolável do amor.

A canção da inocência,
que brilha no sorriso confiante da criança.
A canção do conhecimento, que traz a paz ao idoso.
A canção da fé, que sustenta os vossos passos.

A canção da dignidade,
que acompanha o trabalho honesto e produtivo,
multiplicando o pão e a água do homem prudente,
para prover às necessidades da sua jornada.

A canção da inquietude,
que vos faz seguir em frente;
como o navegante que singra os mares e
enfrenta as tormentas,
porque o barco ainda não chegou ao seu porto.

A canção da Vida,
que todos os dias se renova ao vosso redor.
Que está no bebê que nasce, na água que corre,
na planta que brota, na ave que voa,
no inseto que rasteja.

A canção da gratidão pela noite que cai,
pelo dia que amanhece;
por vossas tristezas e vossas alegrias,
vossos passos e vossas quedas.
Por cada chegada e por cada partida.

Esta é a melodia que não vos é dado
ouvir com os ouvidos do corpo,
mas sim com os do coração.
É a canção da Eternidade,
que vos acompanha em cada momento.

E é preciso que as palavras toquem a canção do Universo.

Para que possam ecoar em vosso verdadeiro Eu.

__HASSAN__
☜♡☞...☜♡☞
☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

☜♡☞..."AS QUATRO ESTAÇÕES DA VIDA"...☜♡☞


Um homem tinha quatro filhos.
Ele queria que seus filhos aprendessem a não julgar
as coisas de modo apressado,
por isso, ele mandou cada um em uma viagem,
para observar uma parreira que estava plantada
em um distante local.

O primeiro filho foi lá no inverno,
o segundo na primavera,
o terceiro no verão,
e o quarto e mais jovem, no outono.
Todos eles partiram,
e quando retornaram, o pai os reuniu,
e pediu que cada um descrevesse o que tinham visto.

O primeiro filho disse que a árvore era feia,
torta e retorcida.

O segundo filho disse que não,
que ela era recoberta de botões verdes,
e cheia de promessas.

O terceiro filho discordou;
disse que ela estava coberta de flores,
que tinham um cheiro tão doce e eram tão bonitas,
que ele arriscaria dizer que eram a coisa
mais graciosa que ele jamais tinha visto.

O último filho discordou de todos eles;
ele disse que a árvore estava carregada e arqueada,
cheia de frutas, vida e promessas.

O homem então explicou a seus filhos
que todos eles estavam certos,
porque eles haviam visto apenas
uma estação da vida da árvore.

Ele falou que não se pode julgar uma árvore,
ou uma pessoa, por apenas uma estação,
e que a essência de quem eles são, e o prazer,
a alegria e o amor que vêm daquela vida podem
apenas ser medidos ao final,
quando todas as estações estão completas.

Se você desistir quando for inverno,
você perderá a promessa da primavera,
a beleza de seu verão,
a expectativa do outono.
Não permita que a dor de uma estação destrua a
alegria de todas as outras.
Não julgue a vida apenas por uma estação difícil.
Persevere através dos caminhos difíceis,
e melhores tempos certamente virão de uma hora para a outra.

__DA__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

☜♡☞..."SENTIMENTOS E EMOÇÕES"...☜♡☞


O vosso coração é a sementeira da Eternidade.
É uma ponte entre o que julgais ser e o vosso verdadeiro Eu.

É dele, e das sementes que vós mesmos plantais,
que nascem as vossas alegrias e as vossas tristezas.
O vosso sorriso e as vossas lágrimas.

Como o sol e a chuva,
são o sorriso e as lágrimas para os vossos corações.
E fazem brotar as vossas sementes.

Por isto se alternam e sucedem, como o sol e a chuva.
Necessitais de ambos,
porque não sabeis ainda escolher as vossas sementes.

Mas não vos desespereis com as lágrimas,
porque delas nascerá o sorriso.
Nem vos empolgueis com o sorriso,
pois às lágrimas ele vos há de levar.

Sede sábios; como a terra,
que se ensopa com a chuva e se aquece com o sol.

E recordai que,
assim como a terra não escolhe as sementes que lhe traz o semeador,
ao vosso coração não cabe a escolha do que nele será semeado;
é à vossa razão que pertence essa escolha.

Assim, sois os vossos próprios semeadores;
e podeis escolher o que desejais colher.

E, se vos disseram que quem planta o amor colhe a saudade,
eu vos digo que aquele que não o plantar colherá a solidão.

Como quem planta a vingança colherá o arrependimento,
quem planta a violência colherá o medo,
quem planta a adulação colherá a falsidade,
quem planta o egoísmo colherá o vazio.

Porém, quem planta a esperança colherá a certeza,
quem planta a tolerância colherá o perdão,
quem planta o ensino colherá o saber,
quem planta a ternura colherá o carinho.

E muito mais eu vos poderia falar,
pois são infinitas as sementes que o Pai colocou ao vosso alcance.

Entretanto, a escolha das sementes é parte do aprendizado;
e deveis comparar cada colheita,
para que possais escolher as novas sementes que ireis plantar.

Ou todas elas deverão passar pelo vosso coração,
antes que se complete a sementeira.

E dela possa brotar o Conhecimento.

__HASSAN__

Do Livro:- A Sabedoria de Hassan

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞



terça-feira, 9 de agosto de 2016

☜♡☞..."A CANÇÃO DA GRATIDÃO"...☜♡☞


Como me seria possível duvidar do Universo?

Perante a força do oceano, a grandiosidade da montanha,
a beleza singela da flor e a inocência encantadora da criança,
como não acreditar na Força Maior,
que nos traz a existência?

E o que são os meus desejos contrariados,
diante das bênçãos que a cada dia encontro em meu caminho?
Porque me visitaria a revolta,
quando vive em mim a gratidão?

Sou grato pela luz dourada do amanhecer,
que varre do mundo a escuridão e acaricia os meus olhos
com a luz de um novo dia.
Mas também ao anoitecer, que me traz o merecido repouso.

Sou grato à chuva benfazeja, que ensopa a terra,
faz crescer as plantas e alimenta o curso dos rios.
E ao sol, que enxuga as minhas roupas molhadas e
aquece o meu corpo, após a friagem da noite.

Sou grato pelo alimento, que me sustenta a cada dia.
E pelo trabalho,
que me permite ser digno de prover às necessidades da vida,
com o suor de meu rosto e a honestidade de minha conduta.

Sou grato pelas roupas que visto, e pelo teto que me abriga.
Por todas as dificuldades que já superei e
pelas que ainda surgirão em meu caminho,
para ensinar-me o valor da perseverança.

Sou grato pelos meus amigos,
cujo carinho me sustenta e é tão importante ao meu coração.
Sem eles, muitas vezes me faltaria a coragem
para prosseguir a cotidiana jornada.

Sou grato pelos meus amores,
que fazem valer a Vida e renovam as forças de minha alma.
Que embalam os meus sonhos e me
trazem as mais sinceras e intensas emoções.

Sou grato pelas esperanças, que me fazem seguir em frente;
e pelas desilusões, que mantêm o meu senso de realidade e
não me deixam esquecer as limitações da condição humana.

Sou grato pelo riso e pelo pranto,
que em meu coração fertilizam as sementes do aprendizado.
Pela saúde e pelas doenças,
que me ensinam a respeitar o corpo e a mente que me servem.

Sou grato pelos meus acertos,
testemunhas de quanto me esforço para seguir os melhores caminhos.
Mas também por meus erros,
que me mostram quanto ainda me resta a aprender.

Sou grato pela Vida.
Pela dádiva suprema de existir, de pensar e sentir.
Pelo dom de sorrir e chorar,
pelo direito de a cada dia escolher os novos rumos
para a minha própria jornada.

Sou grato ao Infinito,
cuja essência encontro em mim mesmo e
percebo em tudo que me rodeia.
Obrigado, Pai,
por permitir que eu Vos possa sentir em cada sopro de vento
que percorre o mundo.

Em meu verdadeiro Eu.

__HASSAN__
☜♡☞...☜♡☞
☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

☜♡☞"A GAIVOTA E O SONHO"☜♡☞


Os sonhos, como as gaivotas,
abrem as suas asas todos os dias,
para uma viagem infinita.
E, quando algum tomba sobre a terra,
eis que outro o substitui na eterna busca.

Assim como podemos apenas acompanhar o voo da gaivota,
apenas podemos sonhar os nossos sonhos.
E, em um e outro caso,
não nos cabe determinar o seu rumo,
mas tão somente admirar a beleza do seu voo.

E não será este o seu encanto?

Acaso, o homem admira as coisas que pode controlar?
Ou deseja aquilo que já considera seu?

Não são os nossos sonhos uma forma de alcançarmos
aquilo que nos falta?
E o que neles nos atrai não é a promessa de felicidade que
julgamos existir no seu mistério?

Em todos os dias,
as gaivotas dos nossos sonhos sobrevoam a praia
da nossa realidade.
E, distraídos a acompanhar o seu voo,
muitas vezes não percebemos a beleza do mar,
nem desfrutamos a carícia do vento.

Entretanto, o mar e o vento existem.
E basta que os procuremos,
para que possamos sentir a sua presença;
e neles encontrar o refrigério que buscamos ao
acompanhar o voo da gaivota.

Assim, o homem se encanta pelos diamantes.
E não percebe que a fonte de sua beleza está na luz que os banha;
a luz que faz brotar os mesmos reflexos de uma simples gota d’água,
ou de um pedaço de vidro esquecido a um canto.

Entretanto, é assim que somos.
Sempre sonharemos a felicidade e,
absortos neste sonho,
muitas vezes a deixaremos de ver ao nosso lado.

Sempre, apreciaremos o voo da gaivota.
E esqueceremos de agradecer à distância,
que não nos permite vê-la como a simples ave que é.

Sempre, nos encantará o arco-íris.
E sonharemos com o tesouro ao seu término,
esquecidos das gotas que o formam.

Sempre, desejaremos algo novo.
E, tão logo o tenhamos conseguido,
o veremos apenas como algo que nos pertence;
e o esqueceremos, absortos na busca de um novo desejo.

Sempre, teremos os sonhos ...

as gaivotas dos nossos desejos.

__HASSAN__

☜♡☞...☜♡☞
☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

domingo, 7 de agosto de 2016

☜♡☞...A COR VERMELHA...☜♡☞


“Todos temos uma missão especial na vida.
É preciso valorizá-la e saber que as diferenças devem ser respeitadas.”


☜♡☞...☜♡☞

Íris era um arco grande e colorido.
Suas cores brilhantes ocupavam, de maneira ordenada,
cada qual o seu lugar.
Um dia, uma das cores disse:

- Eu sou, sem dúvida, a cor mais importante e bela da natureza!
Sou responsável pela cor do sangue,
o vermelho que dá vida aos seres da Terra.
Sou a primeira cor e a mais importante!

A cor Verde, com seu bom senso de sempre,
vendo a presunção do Vermelho, disse:
- O que é isso, Vermelhinho?
Querendo aparecer sozinho outra vez?
Lembre-se de que o tomate,
antes de vermelho, já foi verde...
E até a melancia precisa de duas cores,
o verde e o vermelho!
Não queira ser tão independente assim.
O Azul, com sua calma que lhe é peculiar,
falou:
- Calma pessoa .
Não vamos brigar.
Por favor, relaxem...
A nobre cor Violeta, a que tudo assistia,
disse com sabedoria:
-Parece que o vermelho quer ser a única cor do mundo,
estou certa?
_Sim respondeu o Vermelho
- quero ser poderoso e único!
-Está bem
– disse Violeta
_imagine se o mundo fosse todo vermelho.
Água, céu, terra, tudo vermelho...
que cansativo seria?
Vermelho ficou revoltado:
- Cansativo nada, o mundo seria lindo!
Quer ver?
Vermelho então usou toda a sua força e
foi pintando tudo com a cor vermelha.


Os carros, as pessoas, as árvores, o céu, tudo.
Por algum tempo, Vermelho ficou muito feliz.
Passado um período, ele começou a entrar em depressão.
Afinal, ele queria ser tão importante que acabou
destruindo todas as outras cores para poder aparecer.
E agora que tudo, absolutamente tudo, era vermelho,
quem iria notá-lo?
Quem iria admirá-lo?
O mundo ficou sem graça...
Vermelho sentiu falta do contraste.
Ele entendeu que era justamente o contraste das outras cores
que fazia com que ele se tornasse belo.
Solitário, vermelho chorou.
Até suas lágrimas vermelhas tornaram-se invisíveis
no meio de tanta cor vermelha.
Pediu então desculpas e ajuda ao arco-íris
para que consertasse seu erro.
Envergonhado,
Vermelho entendeu que o Criador foi muito sábio e
fez tudo certo ao criar as diferenças,
colocando cada cor no seu devido lugar.

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞
Mensagem retirada do livro:-
Histórias para Sua Criança Interior
__ELIANE DE ARAUJOH__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

sábado, 6 de agosto de 2016

☜♡☞...O QUE É O AMOR?...☜♡☞


Numa sala de aula haviam várias crianças,
quando uma delas perguntou à professora:

- Professora, o que é o amor?

A professora sentiu que a criança merecia
uma resposta à altura da pergunta inteligente que fizera.
Como já estava na hora do recreio,
pediu para que cada aluno desse uma volta
pelo pátio da escola e que trouxesse
o que mais despertasse nele o sentimento do amor.

As crianças saíram apressadas
e ao voltarem a professora disse:

- Quero que cada um mostre o que trouxe consigo.

A primeira criança disse:

- Eu trouxe essa flor, não é linda?

A segunda criança falou:

- Eu trouxe esta borboleta.
Veja o colorido de suas asas,
vou colocá-la em minha coleção.

A terceira criança completou:

- Eu trouxe este filhote de passarinho.
Ele havia caído do ninho junto com outro irmão.
Não é uma gracinha?

E assim as crianças foram se colocando.
Terminada a exposição, a professora notou que havia
uma criança que tinha ficado quieta o tempo todo.
Ela estava vermelha de vergonha, pois nada havia trazido.

A professora se dirigiu a ela e perguntou:

- Meu bem, porque você nada trouxe?

E a criança timidamente respondeu:

- Desculpe professora.
Vi a flor e senti o seu perfume,
pensei em arrancá-la mas preferi deixá-la
para que seu perfume exalasse por mais tempo.
Vi também a borboleta, leve, colorida!
Ela parecia tão feliz que não tive coragem de aprisioná-la.
Vi também o passarinho caído entre as folhas,
mas ao subir na árvore notei o olhar triste de sua mãe
e preferi devolvê-lo ao ninho. Portanto, professora,
trago comigo o perfume da flor, a sensação de liberdade
da borboleta e a gratidão que senti nos olhos
da mãe do passarinho. Como posso mostrar o que trouxe?

A professora agradeceu a criança
e lhe deu nota máxima, pois ela fora a única
que percebera que só podemos trazer o amor no coração.
(DA)

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

☜♡☞..."PEQUENA PARCELA"...☜♡☞



Que eu continue a acreditar no outro
mesmo sabendo de alguns valores
tão estranhos que permeiam o mundo!

Que eu continue otimista...
mesmo sabendo que o futuro que nos
espera nem sempre é tão alegre!

Que eu continue com a vontade de viver
mesmo sabendo que a vida é em muitos momentos,
uma lição difícil de ser aprendida!

Que eu permaneça com a vontade de ter grandes amigos,
mesmo sabendo que com as voltas do mundo,
eles vão indo embora de nossas vidas!

Que eu realimente sempre a vontade de ajudar
as pessoas, mesmo sabendo que muitas
delas são incapazes de ver, sentir,
entender ou utilizar esta ajuda!

Que eu mantenha meu equilíbrio, mesmo sabendo
que os desafios são inúmeros ao longo do caminho!

Que eu exteriorize a vontade de amar,
entendendo que amar não é sentimento de posse...
É sentimento de doação!

Que eu sustente a luz e o brilho no olhar,
mesmo sabendo que muitas coisas que vejo
no mundo, escurecem meus olhos!

Que eu retroalimente minha garra,
mesmo sabendo que a derrota e a perda
são ingredientes tão fortes quanto o
Sucesso e a Alegria!

Que eu atenda sempre mais a minha intuição,
que sinaliza o que de mais autêntico possuo!

Que eu pratique sempre mais o sentimento de justiça,
mesmo em meio à turbulência dos interesses!

Que eu não perca o meu forte abraço e o
distribua sempre;
que eu perpetue a Beleza e o Brilho de ver,
mesmo sabendo que as lágrimas
também brotam dos meus olhos!

E que eu manifeste o amor por minha família,
mesmo sabendo que ela muitas vezes me
exige muito para manter sua harmonia!

Que eu acalente a vontade de ser grande,
mesmo sabendo que minha parcela de
contribuição no mundo é pequena!

E, acima de tudo...
Que eu lembre sempre que todos nós fazemos
parte desta maravilhosa teia chamada Vida,
criada por Alguém bem superior a todos nós!

E que as grandes mudanças não ocorrem
por grandes feitos de alguns e, sim,
nas pequenas parcelas cotidianas de todos nós!

__CHICO XAVIER__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞
ADIEMUS
Música de alta elevação espiritual,
pedida para ser escutada pelas Esferas Espirituais para
podermos entrar em contato com Seres Superiores.

quinta-feira, 4 de agosto de 2016

☜♡☞..."MENSAGEM DE ESPERANÇA"...☜♡☞


É preciso resistir.

Como as árvores e as montanhas,
que suportam os mais inesperados ventos.

Muitas vezes, o homem precisa fingir que não ouve;
ou deixar que a mágoa encontre, em seu coração,
o túmulo silencioso.

É necessário acreditar.

Mesmo quando os fatos o negam,
quando o sofrimento é a recompensa,
é preciso lutar por aquilo em que se acredita.
Pois, para aquele que retorna a meio caminho,
de nada valeram os sacrifícios da jornada.

Mesmo quando a vida parece um fardo,
quando de todos os lados a tristeza faz sentir a sua presença,
é necessário seguir.
E da fraqueza extrair forças,
para um dia alcançar a felicidade.

Por isto,
não deveis desesperar ao ver ruírem os vossos castelos;
antes buscai erguê-los novamente.

Muitas vezes,
a diferença entre o fracasso e o sucesso é uma tentativa a mais.

E não é sábio aquele que maldiz o seu destino,
ou por ele se incrimina,
e sim o que se esforça para torná-lo melhor.
Em qualquer situação,
mais vale uma canção de esperança que palavras de amargor.
Pois a angústia não trará soluções aos vossos problemas;
antes os fará parecer maiores,
roubando-vos a coragem com que os poderíeis resolver.

E, por certo,
não é com a amargura de hoje que ireis construir um doce amanhã.

Meditai sempre, sobre os vossos problemas.
Pois é junto ao vosso verdadeiro Eu
que encontrareis as melhores respostas.

Lembrai-vos que a cada taça de fel corresponde uma taça de mel.
Porém não sentireis o sabor do mel que a vida coloca em vossos lábios,
se o vosso paladar se obstina em ater-se ao fel.

E assim procede quem apenas enxerga as dificuldades da vida,
desprezando as dádivas que recebe a cada dia.
Pois a quem distribui o fel,
dificilmente será ofertado o mel.

Por isto, deveis resistir à amargura.
Assim encontrareis, em vosso verdadeiro Eu,
a força de que necessitais para construir o vosso futuro.

E a vossa felicidade.

__HASSAN__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

☜♡☞..."DEFINITIVO"...☜♡☞


Definitivo, como tudo o que é simples.
Nossa dor não advém das coisas vividas,
mas das coisas que foram sonhadas e não se cumpriram.

Sofremos por quê?
Porque automaticamente esquecemos o que foi desfrutado e
passamos a sofrer pelas nossas projeções irrealizadas,
por todas as cidades que gostaríamos de ter conhecido ao
lado do nosso amor e não conhecemos,
por todos os filhos que
gostaríamos de ter tido junto e não tivemos,
por todos os shows e livros e silêncios
que gostaríamos de ter compartilhado,
e não compartilhamos.
Por todos os beijos cancelados, pela eternidade.

Sofremos não porque nosso trabalho é
desgastante e paga pouco,
mas por todas as horas livres que deixamos de
ter para ir ao cinema,
para conversar com um amigo, para nadar, para namorar.

Sofremos não porque nossa mãe é impaciente conosco,
mas por todos os momentos em que poderíamos
estar confidenciando a ela nossas mais profundas angústias se
ela estivesse interessada em nos compreender.

Sofremos não porque nosso time perdeu,
mas pela euforia sufocada.

Sofremos não porque envelhecemos,
mas porque o futuro está sendo confiscado de nós,
impedindo assim que mil aventuras nos aconteçam,
todas aquelas com as quais sonhamos e
nunca chegamos a experimentar.

Por que sofremos tanto por amor?
O certo seria a gente não sofrer,
apenas agradecer
por termos conhecido uma pessoa tão bacana,
que gerou em nós um sentimento intenso e
que nos fez companhia por um tempo razoável,
um tempo feliz.

Como aliviar a dor do que não foi vivido?
A resposta é simples como um verso:
Se iludindo menos e vivendo mais!

A cada dia que vivo,
mais me convenço de que o desperdício da vida
está no amor que não damos,
nas forças que não usamos,
na prudência egoísta que nada arrisca,
e que, esquivando-se do sofrimento,
perdemos também a felicidade.

A dor é inevitável.
O sofrimento é opcional...

__MARTHA MEDEIROS__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞