segunda-feira, 23 de maio de 2016

☜♡☞...DO AMOR...☜♡☞



Muitos vos têm falado do Amor.

Tendes ouvido o poeta,
que fala do amor nos olhos de uma mulher;
e o sacerdote, que prega o amor a Deus;
e o construtor,
que descobre traços de amor em belas edificações.
E cada um deles diz apenas uma parte da verdade;
porque não fala sobre o Amor,
mas sobre as suas próprias concepções de amor.

Eu, entretanto, vos digo que o Amor é isso e muito mais:
- é o raio de sol, que acaricia o vosso rosto e não podeis reter;
- é o mais lindo dos vossos sonhos e a maior das vossas mentiras;
- é o pior dos vossos despertares e a maior das vossas verdades.

Pudesse eu ensinar-vos que o Amor é para ser vivido,
e não definido!
E pudesse, também, mostrar-vos o que fazeis do amor:
- vós o encarais como a um ser vivo,
e o dissecais para adorar o seu cadáver empalhado;
- procurais entendê-lo,
sem saber que nele nada há para se entender;
- e julgais que o amor é vosso direito e obrigação dos outros.

Como a felicidade e o sofrimento,
o Amor é um estado de espírito;
assim, não se pode pretender a sua duração cotidiana.
É quando vos preocupais com a duração do vosso amor,
que começais a destruí-lo;
é quando quereis obrigá-lo a sobreviver,
que lhe estais roubando o alento e causando a sua morte.

Que não vos preocupem as definições do Amor, nem a sua duração;
como não vos preocupa o que possa existir depois do universo,
pois o sabeis infinito.
Amai, pois o Amor vos reconduz a um Ser Maior,
que vos encontra no sofrimento ou na felicidade.

E aprendei que o vosso medo de sofrer
é o próprio sofrimento e vos impede de ser felizes.
Arrancai-o do vosso coração,
para que possais descobrir os vossos sofrimentos e
o vosso verdadeiro Eu.

Pois a ventura que vos desejo, como aos filhos mais queridos,
não é a bolsa repleta, nem a mente saturada de conhecimentos,
nem mesmo a saúde perfeita;
é que possais conhecer o amor e, mesmo sem entendê-lo,
o guardeis junto a vós, ainda que apenas por um dia e uma noite.

Porque então percebereis o brilho das estrelas e
sereis capazes de ouvir a canção do mar e
sentir o perfume das flores.
E o brilho, a canção e o perfume não
vos chegarão pelos órgãos do corpo,
mas através de vossas almas.

Assim, quando renascerdes no mundo maior,
tereis nos lábios um sorriso de confiança e
no coração uma prece de agradecimento.
E os anjos vos receberão entre eles.

E talvez vos seja dado ver a face de Deus.

__KHALILL GIBRAN__
Do livro:-
Na Trilha do Profeta

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

Nenhum comentário:

Postar um comentário