sábado, 9 de abril de 2016

☜♡☞...AS LIÇÕES DA ÁGUA...☜♡☞


...Ela nunca discute com os obstáculos, ela simplesmente desvia...
Por isso, não gaste energia brigando porque fecharam uma porta pra você, procure as janelas!

A água nunca discute com seus obstáculos, apenas os contorna.
Mostrava-se várias paisagens com cachoeiras e se dizia q mesmo tendo muitas pedras entre elas, a água tão forte e tão delicada desviava de todas e abria um novo caminho para passar.

“A ÁGUA VAI PELO CAMINHO MAIS FÁCIL”
Não pelo caminho mais curto, complicamos tudo, teorizamos, complexamos, valorizamos o trabalho árduo, o sofrimento. Para os sábios orientais, qualquer coisa que exija esforço demais não é natural. Ou as coisas acontecem naturalmente, sem desgastes, ou estamos atrás de alguma coisa que não corresponde às possibilidades do momento. O ego e a ansiedade é que criam o desejo de que os caminhos mais fáceis sejam também os mais curtos.

“A ÁGUA FLUI POR ONDE É POSSÍVEL”
O rio não reclama, não pensa na distância a ser vencida, ele apenas flui, não tem ego, não se aborrece. Isso é sabedoria, deixar a vida fluir, sem se aborrecer, tendo confiança no Pai.

“A AFINIDADE DISPENSA O ESFORÇO”
A água procura o úmido e o fogo procura o seco. Na natureza as coisas acontecem por afinidades, a água corre com mais facilidade numa superfície úmida, se estivesse seca seria sugada antes de fluir, o fogo se propaga melhor num material seco. Nas relações afetivas, nas amizades, nas parcerias de trabalho, as coisas também funcionam dessa forma. Não há esforço, tudo é gratificante. A afinidade une os corações de forma espontânea, não gera conflitos nem discórdias pelo poder.

“A ÁGUA NÃO BRIGA COM OS OBSTÁCULOS”
Quando a água encontra uma pedra pelo caminho, ela não fica histérica, nem parada. Ela não perde energia e tempo por causa de um incidente tão sem importância. A água se desvia da pedra e segue tranquilamente. Em qualquer guerra, briga ou desavenças, os dois lados se machucam!
Os desafios surgem para que possamos ultrapassá-los, sem raiva ou desespero. O ser humano é muito maior do que os obstáculos. Se alguém ofendeu, brigou, faça como a água, desvie-se desta energia densa, tenha compaixão e continue sua caminhada.

“A ÁGUA TEM UMA MISSÃO A CUMPRIR”
Assim como o rio que tem o propósito de levar suas águas para o mar, nós também temos uma missão de vida a cumprir. O rio ao fluir, irriga as margens, deixa matéria orgânica, multiplica a vida por onde passa – humildemente, incondicionalmente. Qual a sua missão? Na nossa caminhada multiplicamos vida, irrigamos de amor as margens, somos solidários?

“A ÁGUA SE ACUMULA ATÉ ENCONTRAR A BORDA MAIS BAIXA”
Diante de um buraco, a água vai para o fundo, se não encontrar saída, ela se acumula e preenche o fosso. O nível da água se eleva até encontrar uma borda mais baixa e assim ela sai do buraco e continua seu fluxo.
Numa situação de dificuldade, deveríamos ir para o fundo, interiorizarmos até naturalmente encontramos a saída mais fácil (borda mais baixa). A água não vacila, não tem medo, não retrocede ante nenhuma queda e nada a faz perder sua natureza essencial. Ela permanece fiel a si mesma em todas as circunstâncias. É a lição da calma e da confiança na vida.

“A ÁGUA AGITADA FICA TURVA” –
Num lago ou rio, quando as águas estão muito agitadas elas ficam turvas. Quando nossa mente está muito agitada, com excesso de pensar, não é possível “ver o fundo”, interiorizar. Quando a água entra em repouso, novamente ela fica cristalina. Quando aquietamos nossa mente encontramos as respostas para todas as nossas questões.

“O QUE MANTÉM A VIDA DA ÁGUA É O FLUXO”
Os grandes mestres perceberam que tudo na vida é fluxo, tal qual a água. A vida é mutação, ciclo, impermanência. A vida só se mantém por causa do fluxo.
Fluxo não é “se deixar levar”, correr. Fluxo é entrar e sair, circular, é aproveitar o que é necessário e eliminar o que não serve mais. O acúmulo de todas as coisas, incluindo ressentimentos e bens materiais, não faz o homem mais feliz.

“O OCEANO É GRANDE PORQUE FICA NO LUGAR MAIS BAIXO”
O oceano fica onde ninguém quer ficar, no lugar mais baixo. Todos nós queremos o pódio, estar “por cima”. Nossa sociedade é competitiva. Só é grande aquele que é humilde. A água não se esforça para ficar nos lugares mais altos, não tem intenção de ir para o topo das montanhas. Ela é o melhor exemplo do que significa servir.
A missão da água é servir. Servir significa beneficiar, usar nosso talento e conhecimentos para colaborar com o desenvolvimento da sociedade. Quando descobrimos, que com qualquer trabalho, por mais humilde que ele possa ser, podemos servir a humanidade, percebemos que somo instrumentos de algo que ultrapassa o ego. O oceano é a receptividade. O oceano não tem preconceitos.

“EXISTE UMA ÚNICA ÁGUA NO MUNDO”
A água que hoje existe na Terra é a mesma desde a sua formação. Ao beber um copo de água, não se bebe apenas água. Bebe-se a memória da água e toda a história do planeta. A água que bebemos hoje, já foi chuva, rio, gelo, já foi vapor, já foi lágrima, urina, orvalho. Esta percepção levou os sábios chineses a ideia de Unicidade. Para eles a água não é só sábia, mas, especialmente sagrada. Como a água é uma só, tudo no mundo é uma coisa só e se tudo é uma coisa só, quando se toca uma parte, toca-se o todo.
E TUDO É SAGRADO.

Baseado no livro “A Sabedoria da Natureza”- Roberto Otsu

☜♡☞...☜♡☞


☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

Nenhum comentário:

Postar um comentário