sábado, 30 de novembro de 2013

☜♡☞...CANÇÃO DO AMOR SERENO...☜♡☞



Vem sem receio: eu te recebo
Como um dom dos deuses do deserto
Que decretaram minha trégua, e permitiram
Que o mel de teus olhos me invadisse.

Quero que o meu amor te faça livre,
Que meus dedos não te prendam
Mas contornem teu raro perfil
Como lábios tocam um anel sagrado.

Quero que o meu amor te seja enfeite
E conforto, porto de partida para a fundação
Do teu reino, em que a sombra
Seja abrigo e ilha.

Quero que o meu amor te seja leve
Como se dançasse numa praia uma menina.


_Lya Luft_

☜♡☞...☜♡☞



☜♡☞...☜♡☞



☜♡☞...☜♡☞

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

☜♡☞...CANÇÃO DA PLENITUDE...☜♡☞



Não tenho mais os olhos de menina
nem corpo adolescente, e a pele
translúcida há muito se manchou.
Há rugas onde havia sedas, sou uma estrutura
agrandada pelos anos e o peso dos fardos
bons ou ruins.
(Carreguei muitos com gosto e alguns com rebeldia.)

O que te posso dar é mais que tudo
o que perdi: dou-te os meus ganhos.
A maturidade que consegue rir
quando em outros tempos choraria,
busca te agradar
quando antigamente quereria
apenas ser amada.
Posso dar-te muito mais do que beleza
e juventude agora: esses dourados anos
me ensinaram a amar melhor, com mais paciência
e não menos ardor, a entender-te
se precisas, a aguardar-te quando vais,
a dar-te regaço de amante e colo de amiga,
e sobretudo força — que vem do aprendizado.
Isso posso te dar: um mar antigo e confiável
cujas marés — mesmo se fogem — retornam,
cujas correntes ocultas não levam destroços
mas o sonho interminável das sereias.

_Lya Luft_

☜♡☞...☜♡☞



☜♡☞...☜♡☞

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

☜♡☞...CANÇÃO DOS HOMENS...☜♡☞



Que quando chego do trabalho ela largue por um instante o que estiver fazendo
- filho, panela ou computador - e venha me dar um beijo como os de antigamente.

Que quando nos sentarmos à mesa para jantar
ela não desfie a ladainha dos seus dissabores domésticos.

E se for uma profissional, que divida comigo o tempo de comentarmos nosso dia.

Que se estou cansado demais para fazer amor,
ela não ironize nem diga que "até que durou muito" o meu desejo ou potência.

Que quando quero fazer amor ela não se recuse demasiadas vezes, nem fique impaciente ou rígida, mas cálida como foi anos atrás.

Que não tire nosso bebê dos meus braços dizendo que homem não tem jeito pra isso, ou que não sei segurar a cabecinha dele, mas me ensine docemente se eu não souber.

Que ela nunca se interponha entre mim e as crianças, mas sirva de ponte entre nós quando me distancio ou me distraio demais.

Que ela não me humilhe porque estou ficando calvo ou barrigudo, nem comente nossas intimidades com as amigas, como tantas mulheres fazem.

Que quando conto uma piada para ela ou na frente de outros, ela não faça um gesto de enfado dizendo "Essa você já me contou umas mil vezes".

Que ela consiga perceber quando estou preocupado com trabalho, e seja calmamente carinhosa, sem me pressionar para relatar tudo, nem suspeitar de que já não gosto dela.

Que quando preciso ficar um pouco quieto ela não insista o tempo todo para que eu fale ou a escute, como se silêncio fosse falta de amor.

Que quando estou com pouco dinheiro ela não me acuse de ter desperdiçado com bobagens em lugar de prover minha família.

Que quando eu saio para o trabalho de manhã ela se despeça com alegria, sabendo que mesmo de longe eu continuo pensando nela.

Que quando estou trabalhando ela não telefone a toda hora para cobrar alguma coisa que esqueci de fazer ou não tive tempo.

Que não se insinue com minha secretária ou colega para descobrir se tenho amante.

Que com ela eu também possa ter momentos de fraqueza e de ternura, me desarmar, me desnudar de alma, sem medo de ser criticado ou censurado: que ela seja minha parceira, não minha dependente nem meu juiz.

Que cuide um pouco de mim como minha mulher, mas não como se eu fosse uma criança tola e ela a mãe, a mãe onipotente, que não me transforme em filho.

Que mesmo com o tempo, os trabalhos, os sofrimentos e o peso do cotidiano, ela não perca o jeito terno e divertido que tanto me encantou quando a vi pela primeira vez.

Que eu não sinta que me tornei desinteressante ou banal para ela, como se só os filhos e as vizinhas merecessem sua atenção e alegria.

E que se erro, falho, esqueço, me distancio, me fecho demais, ou a machuco consciente ou inconscientemente,

Ela saiba me chamar de volta com aquela ternura que só nela eu descobri, e desejei que não se perdesse nunca, mas me contagiasse e me tornasse mais feliz, menos solitário, e muito mais humano.

_Lya Luft_

☜♡☞...☜♡☞



☜♡☞...☜♡☞

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

☜♡☞...CANÇÃO DAS MULHERES...☜♡☞



Que o outro saiba quando estou com medo,
e me tome nos braços sem fazer perguntas demais.

Que o outro note quando preciso de silêncio e não vá embora batendo a porta,
mas entenda que não o amarei menos porque estou quieta.

Que o outro aceite que me preocupo com ele e não se irrite com minha solicitude,
e se ela for excessiva saiba me dizer isso com delicadeza ou bom humor.

Que o outro perceba minha fragilidade e não ria de mim,
nem se aproveite disso.

Que se eu faço uma bobagem o outro goste um pouco mais de mim,
porque também preciso poder fazer tolices tantas vezes.

Que se estou apenas cansada o outro não pense logo que estou nervosa,
ou doente, ou agressiva, nem diga que reclamo demais.

Que o outro sinta quanto me doi a ideia da perda,
e ouse ficar comigo um pouco
- em lugar de voltar logo à sua vida.

Que se estou numa fase ruim o outro seja meu cúmplice,
mas sem fazer alarde nem dizendo
''Olha que estou tendo muita paciência com você!''

Que quando sem querer eu digo uma coisa bem inadequada diante de mais pessoas,
o outro não me exponha nem me ridicularize.

Que se eventualmente perco a paciência,
perco a graça e perco a compostura,
o outro ainda assim me ache linda e me admire.

Que o outro não me considere sempre disponível,
sempre necessariamente compreensiva,
mas me aceite quando não estou podendo ser nada disso.

Que, finalmente,
o outro entenda que mesmo se às vezes me esforço,
não sou, nem devo ser, a mulher-maravilha, mas apenas uma pessoa:
vulnerável e forte, incapaz e gloriosa, assustada e audaciosa -
uma Mulher.

_Lya Luft_

☜♡☞...☜♡☞



☜♡☞...☜♡☞

domingo, 24 de novembro de 2013

☜♡☞...METADE...☜♡☞



Que a força do medo que tenho
Não me impeça de ver o que anseio
Que a morte de tudo em que acredito
Não me tape os ouvidos e a boca
Porque metade de mim é o que eu grito
A outra metade é silêncio

Que a música que ouço ao longe
Seja linda ainda que tristeza
Que a mulher que amo seja pra sempre amada
Mesmo que distante
Pois metade de mim é partida
A outra metade é saudade

Que as palavras que falo
Não sejam ouvidas como prece nem repetidas com fervor
Apenas respeitadas como a única coisa
Que resta a um homem inundado de sentimentos
Pois metade de mim é o que ouço
A outra metade é o que calo

Que a minha vontade de ir embora
Se transforme na calma e na paz que mereço
Que a tensão que me corrói por dentro
Seja um dia recompensada
Porque metade de mim é o que penso
A outra metade um vulcão

Que o medo da solidão se afaste
E o convívio comigo mesmo se torne ao menos suportável
Que o espelho reflita meu rosto num doce sorriso
Que me lembro ter dado na infância
Pois metade de mim é a lembrança do que fui
A outra metade não sei

Que não seja preciso mais do que uma simples alegria
Pra me fazer aquietar o espírito
E que o seu silêncio me fale cada vez mais
Pois metade de mim é abrigo
A outra metade é cansaço

Que a arte me aponte uma resposta
Mesmo que ela mesma não saiba
E que ninguém a tente complicar
Pois é preciso simplicidade pra fazê-la florescer
Pois metade de mim é plateia
A outra metade é canção
Que a minha loucura seja perdoada
Pois metade de mim é amor
E a outra metade também.

_Oswaldo Montenegro_

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...METADE MIM É AMOR...E A OUTRA TAMBÉM...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞



☜♡☞...☜♡☞

sábado, 23 de novembro de 2013

☜♡☞...NÃO IMPORTA...☜♡☞



Não importa se dói ou não o coração
Se a alma silencia ou se dança em euforia
Se lá fora faz sol, chuva ou ventania...

Não importa se há canto de pardais
Ou se andorinhas voam aos céus...

Não importa se abelhas fazem mel
Se há flores nos canteiros ou nascentes nos ribeiros...

Não importa se os olhos veem trevas ou luz
Não importa... Não importa...
São os “Céus” que em Graça me conduz.

_Arnalda Rabelo_

☜♡☞...☜♡☞



☜♡☞...☜♡☞

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

☜♡☞...QUANTAS VEZES...☜♡☞



Quantas vezes
desejamos ser anjos...
Sarar dores da alma.
Colher lágrimas de um amigo
transformá-las em polens de rosas

E a vida ir transformando
como se fossemos anjos...
Que abraçam
amam...
Riem por tudo
e não fazem chorar
por nada

Anjos capazes
de delicadezas
inesperadas

Uma flor em datas comuns
Uma mensagem de carinho
Um abraço com brilho nos olhos

Anjos sem asas
com mãos que chegam
quando a vida parece ir
no vão de incertezas...
Dias sem encanto algum.

Quantas vezes poderíamos ser
um ... Bem mais que um.
Um que se soma a outro
e tornam-se milhares de anjos.
No entanto,
quase sempre
não fomos nada.
Talvez pelo tempo
talvez fraquezas...

Por não saber
o poder que temos
nas mãos, nas palavras.

Compreendermos
que a vida pra ter sentido
é preciso ser conjugada
com acolhimento,
delicadezas
que fazem a diferença
em outras vidas...

A outros anjos.

_Sirlei L. Passolongo_

☜♡☞...☜♡☞



☜♡☞...☜♡☞

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

☜♡☞...O AMOR É GRÁTIS...☜♡☞




Quem ama, faz isso de graça, sem estímulos.
Porque se o ser amado apenas responde,
ele não expressa o seu amor.
Ele reage.
Se eu vivo cutucando para que eu seja notado pelo amor,
então não dou espaço para que o mesmo me note sem cutucar.
Não preciso mandar mais presentes e mimos para ser amado.
É preciso lembranças físicas para um amor que se sente lá dentro?
Não quero mais chamar a atenção, quero ser amado por si só, pelo fato de existir.
Esta é a passagem do amor implorado e mendigado...
Para o definitivo amor-próprio.
O que precisa acontecer para que eu me ame de fato?
O que preciso fazer para ser amado?
Nada!
Mando uma infinidade de “lembranças” para ser lembrado?...
E se eu não mandar nada, serei amado?
Serei recordado?
Não é preciso fazer nada para viver o amor, pois ele está aqui, sem que sejam necessários os impulsos.
Está na hora de atravessar...
E perceber que há amor suficiente em mim - sem a necessidade do outro.
Estamos no momento crucial do outro perceber seu amor sem a necessidade de lembranças...
Porque o amor é - e basta!

_Mauricio Santini_


☜♡☞...☜♡☞



☜♡☞...☜♡☞

terça-feira, 19 de novembro de 2013

☜♡☞...CAMINHO DAS ESTRELAS...☜♡☞




Nunca abandone um sonho!
Abandonar um sonho é o mesmo que abandonar você!

Um sonho é tão importante quanto seu braço ou sua perna.

Assim,
abandonar um sonho é como que deixar para trás uma parte de você mesmo;
e, o que é pior, uma parte da sua alma.

Jamais desista de um sonho.
Em caso de tropeço, saiba que eles acontecem para você conhecer o seu poder.

Avance sempre!
Nem que seja um simples milímetro.
E, só pare quando puder comemorar sua vitória!

A vida é a doce arte de transformar o impossível em realidade.
Sempre que você tiver uma meta muito difícil de realizar
– como devem ser todas as boas metas
– a maioria das pessoas vai dizer:
“desista, isso é impossível!”...

Não acredite nisso;
não deixe de cuidar bem dos seus sonhos e,
principalmente,
não permita que ninguém destrua os seus sonhos.

Vá atrás deles, pois eles definirão o tamanho da sua vida.

Avance no caminho das estrelas, fazendo, realizando, porque:

Querer não é poder!.
Poder é fazer!

_DA_

☜♡☞...☜♡☞



☜♡☞...☜♡☞

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

☜♡☞...ENCANTE-SE!...☜♡☞



Se encante
Com as azaleias
A dança das dálias
E margaridas.

Se encante
Com as magnólias
Vitórias-régias
E sempre- vivas...

Se encante
Com essa magia
A primavera
Estampando a vida.

Milagres
Que se renovam
Pra te mostrarem
Que a vida é linda.

Agora,
Abra seus olhos
Se encante
Com o sol que nasce
Toda manhã
Pra te dar boas vindas.

_Sirlei L. Passolongo_

☜♡☞...☜♡☞



☜♡☞...☜♡☞



☜♡☞...☜♡☞

domingo, 17 de novembro de 2013

☜♡☞...PRECE PARA QUEM AMA...☜♡☞



Desejo que a sua vida inteira seja abençoada, cada pequenino trecho dela, em toda a sua extensão. Que cada bênção abrace também as pessoas que ama e seja tão vasta que leve abraço a outros tantos seres, sobretudo àqueles que mais sofrem, seja lá por que sofrem. Desejo que os nós que apertam o seu coração sejam gentilmente desatados e que os sentimentos que os formaram se transformem na abertura capaz de criar belos laços de afeto. Desejo que o seu melhor sorriso, esse aí tão lindo, aconteça incontáveis vezes pelo caminho. Que cada um deles crie mais espaço em você. Que cada um deles cure um pouco mais o que ainda lhe dói. Que cada um deles cante uma luz que, mesmo que ninguém perceba, amacie um bocadinho as durezas do mundo.

Desejo que volte para o seu mar quantas vezes forem necessárias até encontrar o seu tesouro. Que quando encontrá-lo, não seja avarento. Que descubra maneiras para compartilhar a sua felicidade, o jeito mais gostoso para se expandir a riqueza. Desejo que quando os ventos da mudança ventarem mais forte, e sentir medo de ser carregado junto com tudo o que parecerem arrastar, você já conheça o lugar onde nada pode arrastá-lo. Que já saiba maneiras de respirar mais macio, quando as circunstâncias lhe encurtarem o fôlego. Que, com o passar do tempo, a sua alma se torne cada vez mais maleável, mas que seja firme o bastante para nunca desistir de você.

Desejo que tudo o que mais lhe importa floresça. Que cada florescimento seja tão risonho e amoroso que atraia os pássaros com o seu canto, as borboletas com as suas cores, o toque do sol com seu calor mais terno, e a chuva que derrama de nuvens infladas de paz. Desejo que, mais vezes, além de molhar só os pés, você possa entrar na praia da poesia da vida com o coração inteiro e brincar com a ideia que cada onda diz. Que, ao experimentar um caixote ou outro, não se arrependa por ter entrado na água, nem desista de brincar. Todo mundo experimenta um caixote ou outro, às vezes um monte deles, quando se arrisca a viver. O outro jeito é estar morto. O outro jeito é não sentir.

Desejo que não tenha tanta pressa que esqueça de colher estrelas com os olhos nas noites em que o céu vira jardim, e levar para plantar no seu coração as mudas daquelas mais luzentes. Que tenha sabedoria para encontrar descanso e alimento nas coisas mais simples da vida. Que a cada manhã a sua coragem acorde bem juntinho de você, sorria pra você, e o convide para viverem uma história toda nova, apesar do cenário aparentemente costumeiro. Que tenha saúde no corpo, saúde na alma, saúde à beça.

Desejo que encontre maneiras para se fazer feliz no intervalo entre o instante em que cada dia acorda e o instante em que ele se deita pra dormir, porque a verdade é que a gente não sabe se tem outro dia. Que quanto mais passar a sua alma a limpo, mais descubra, mais desnude, mais partilhe, com medo cada vez menor, a beleza que desde sempre você é. Que se sinta livre e louco o bastante pra deixar a sua essência florir.
Não importa quanto tempo passe, não importa onde eu esteja, não importa onde esteja você, abra os olhos pra dentro e ouça: o meu coração estará dizendo esta mesma prece de amor para o seu. Amor incondicional, exatamente como neste instante. Não importa o quanto a gente mude, o quanto a distância aparente nos afastar, isto que sinto por você, eu sei, não muda nunca mais.


_Ana Jácomo_

☜♡☞...☜♡☞



☜♡☞...☜♡☞



☜♡☞...☜♡☞

sábado, 16 de novembro de 2013

☜♡☞...PERFEITO AMOR...☜♡☞



Perfeito Amor
Se você não navega em meu mar
Se desconhece meus mistérios
Se você é ar e eu sou água
Eu junto o céu e o mar
Eu subo aos céus para te encontrar.

Eu me entrego a ti
Mesmo que as diferenças
Não me façam sorrir...
Mesmo que muitas vezes
Não possas me acompanhar,
Pois sei que somente abraçados
Poderemos voar.

Luz do meu caminho
Anjo que veio me salvar...
Deita cabeça no meu peito
Pois é contigo que vou ficar.

Amor que rege minhas tormentas
Desgoverna meus mares
Senhor do meu destino
De todos meus amores.

Amor que tanto busco
Amor que nos teus braços encontro.
Refúgio dos meus sonhos
Fortaleza de minh’alma.

Lágrimas derramas em meu mar
Delas eu bebo teu verdadeiro...
Nos teus olhos eu enxergo teu guerreiro
Que me pede para ficar.

Fica então no meu mundo
No meu corpo, vida e cama.
Eu fico no teu, porque sou tua
E minha alma te reconhece e te chama.

Me abraça e me leva
Nosso amor é possível.
Amor de tantas provas
De tantas glórias...
Amor só nosso
Perfeito amor.

_Carolina Salcides_

☜♡☞...☜♡☞



☜♡☞...☜♡☞

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

☜♡☞...SONETO DE ALMA...☜♡☞



Serei assim, atenta até o fim
Hoje, amanhã e sempre.
Enquanto tiver você pra mim
Eu te amarei devotamente.

Serás meu primeiro pensamento ao acordar
E o último com quem irei deitar.
Não importa quantos passaram
Importa aquele que vai ficar.

Serei assim, a guardiã desse amor .
Um amor que tantos querem, um amor que é só nosso
Um amor antigo, um amor de alma, carnal e fatal.

Então ficaremos assim, juntos até o céu.
Mesmo que caiam tempestades
E o vento nos retire o véu.

_Carolina Salcides_

☜♡☞...☜♡☞

"O que o coração escreve com Amor
não precisa de agendas,
para sempre ficará impresso n'Alma"

☜♡☞...☜♡☞



☜♡☞...☜♡☞

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

☜♡☞...OUSE...☜♡☞



Ouse sonhar,
porque os sonhadores
vêem o amanhã.

Ouse desejar,
porque desejar dá lugar
à esperança, e a esperança é
o que nos mantêm vivos.

Ouse alcançar aquilo que
ninguém mais pode ver.
Não tenha medo de ver
o que os outros não vêem.

Acredite no seu coração
e na sua própria bondade.
Ao fazer isto,
os outros irão acreditar também.

Acredite na mágica,
porque a vida está repleta dela.

Acredite em Deus
e naqueles que amam você,
porque eles sempre tentarão
fazer o melhor por você.

Mas, acima de tudo,
acredite em você mesmo,
porque dentro de você
reside toda a mágica,
toda a esperança, todo o amor
e todos os sonhos do amanhã!
_da_

☜♡☞...☜♡☞



☜♡☞...☜♡☞

terça-feira, 12 de novembro de 2013

☜♡☞...AMOR LIVRE...☜♡☞



Abro meus braços e voo alto
Não preciso dos meus pés para ir longe
Vou onde meus pensamentos me levarem
Vou até o sol, até a luz, até as sombras.

Chego até ti através dos meus pensamentos...
Sinto tua presença
Sei dos teus passos
Pois conheço tua essência.

Me afasto do superficial
Preciso do profundo, do intenso, do verdadeiro.
Palavras bonitas duram pouco
Um toque, um olhar podem durar.

Ficam marcadas na pele e na alma
Cada vez que me pega forte
E toda vezes que me acalma
Quando me ama, quando me salva.

Voo assim até o sol de minh'alma
Em busca do calor que me aquece
Do ar que me leva
Do teu amor que me trás.

_Carolina Salcides_

☜♡☞...☜♡☞



☜♡☞...☜♡☞



☜♡☞...☜♡☞

domingo, 10 de novembro de 2013

☜♡☞...ALINHAVANDO SONHOS...☜♡☞



Quando contas de cristal pendem do olhar
e as mãos se quedam no gesto impensado
milhões de linhas flutuam soltas no ar
buscando o esboço de um risco traçado

E quando o suspiro se solta do peito
qual pássaro cativo ganhando a liberdade
entre nuvens de ilusão, num voo perfeito
descreve uma rota de total felicidade

Assim o coração vai alinhavando sonhos
bordando em quimeras os dias futuros
suspensos em asas de anjos risonhos

Entre desejos e planos a vida segue leve
em claros anseios os amores mais puros
se erguem como plumas suaves e breves...


_Marisa Schmidt_

☜♡☞...☜♡☞



☜♡☞...☜♡☞

sábado, 9 de novembro de 2013

☜♡☞BENDITO E GRACIOSO☜♡☞



O encanto é mostrar a beleza do coração.
É o fascínio pelas coisas bonitas da vida...
É a sensibilidade delineando paisagens sentimentais em versos
dedicados a almas de cores românticas e delicadas...

O encanto é a paz, a ternura, a harmonia,
que começa dentro de mim e vai à doçura
do poeta, domador de emoções formosas...
Ah poeta... Teu avesso é deslumbramento...

O encanto é percorrer as veredas dos desejos mais pueris
bailando em suaves suspiros cúmplices da paixão
ao sentir o olhar molhado por uma lágrima de amor,
enleado no versejar que conquista...

Ah gracioso...
Cante todo o fluir da essência do que é belo,
pousando a calmaria em peito alarmado pela
a carência que lampeja branduras ante o teu feito bendito.

_Cida Luz_

☜♡☞...☜♡☞



☜♡☞...☜♡☞



☜♡☞...☜♡☞

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

☜♡☞...A ETERNIDADE DE UM MINUTO...☜♡☞




A magia de um encontro.
Poesia tecida
pelas mãos do acaso.
Ou quem sabe... Do destino.

É a pulsação de eternidade,
que a cada instante,
entra por uma janela,
ou dobra uma esquina...

Como se o tempo,
em um momento de distração,
perdesse o controle,
afrouxando as rédeas...

E duas almas gêmeas,
durante um segundo,
se abraçam; voam ao céu
dos desejos atendidos...

Nesse instante, o paraíso existe.
O homem toca o infinito
e se encontra ,frente a frente,
com a eternidade de um minuto.

_Rosemarie Schossig Torres_



☜♡☞...☜♡☞



☜♡☞...☜♡☞

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

☜♡☞...AMOR PAIXÃO...☜♡☞



Paixão é a irmã gêmea do amor...
Só que é a irmã mais fogosa,
Ardente,
Arrebatadora.
Já o amor é suave,
Tranqüilo,
Sereno...
Mas,
Quem decide como irá ser o tipo de amor
Que irá amar,
É a alma...
Porque ela é o epicentro
De todos os sentimentos.
Ela que comanda a vida emocional
De cada um.
Quando ela decide que irá amar com o amor paixão...
Parece que o mundo,
Vira de pernas para o ar.
Pois o amor paixão,
Nunca deixa ser levado pela razão.
É todo emoção.
Assim sendo,
Passamos a ser guiados,
Conduzidos pela emoção.
Ficamos com um ar sonhador,
Nosso olhar...
Parece sempre distante,
Perdido em um mundo onde ninguém
Mais além da pessoa amada pode penetrar.
Se estamos juntos da pessoa amada,
Nosso coração acelera,
Bate mais rápido.
Suspiramos fundo de prazer,
Ficamos com as pernas bambas.
Isso tudo acontece,
Porque o amor paixão,
Vai muito além da nossa razão.
Porque ele é fogo puro,
Que nos consome.
Se algum dia...
Encontrar um amor assim,
Deixe-se ser levado por ele.
Deixe-o ditar e comandar seus sentimentos...
Simplesmente viva esse amor intensamente
Em quanto ele durar.
Não pense em mais nada,
Seja somente feliz...
Amor paixão não acontece todos os dias.
Então,
Viva cada instante,
Cada momento,
Com toda felicidade.
Seja feliz com o amor paixão.

_Lucimar Alves_

☜♡☞...☜♡☞



☜♡☞...☜♡☞

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

☜♡☞...TUA RIQUEZA...☜♡☞




Você tem a lua.

Que contempla e lhe acolhe,
Você tem o vento e
Com seu carinho, lhe assanha
os cabelos.

Você tem o sol.

Que em sua grandeza,
Nasce e lhe dá o dia,
sua beleza e sua claridade,
lhe dar o seu calor.

Você tem o amor.

Que lhe completa,
lhe deixando leve e feliz,
deixando seu peito cheio,
seu corpo em anseios,
a luz em teu meio.

Você tem a mim.

Que te acompanha,
que lhe assanha, lhe ouve,
lhe chama, lhe quer e lhe clama.
E com você é pura chama,
na paixão e no amor.

Você tem o belo.

E converte o feio em sua
frente, na beleza de teu
interior, tua realidade em
simples flor.
É tua fantasia, tua alegria.

Você tem a arte.

Com ela você diz ao mundo,
o que é preciso, tanto
em canção, em poesia...
essa imensa beleza tua,
em tela, em palco,
o que importa é você!

Ser você!



_Betânia Uchôa_


☜♡☞...☜♡☞



☜♡☞...☜♡☞

terça-feira, 5 de novembro de 2013

☜♡☞...PALAVRA MÁGICA...☜♡☞



Uma palavra dorme sonhando na mente.
Como uma uma estrela no céu.

É a palavra que dá vida,
Cheia de alegria e esplendor!
A chave do sentimento.
A se buscar.

Vou procurá-la naquele caminho
que passa ao lado do meu
Se corro, passo do ponto do encontro,
Se paro ai é que não a encontro mesmo.
Palavra sapeca, que brinca e diverte,
Perfeitinha, sempre bela.

Procuro, procuro, e torno a procurar.
Encontro ás vezes,
Mas volta a desaparecer,
Vem dor, apatia,
Mas persisto!
Na tua procura,
Minha senhora
FELICIDADE!

_Betânia Uchôa_

☜♡☞...☜♡☞



☜♡☞...☜♡☞



☜♡☞...☜♡☞

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

☜♡☞...CORAÇÃO QUE BRILHA...☜♡☞



Passei por um coração...
Ele chorava...
Meus passos hesitaram...
Bem quis seguir em frente,
Mas aquele coração muito sofria...

Percebi uma porta entreaberta
Despejando mágoas...
Entrei...
Tudo tão escuro... Sem luz que
Pudesse clarear o caminho.

Nunca vira coração mais triste...
Preso na morbidez do desencanto,
Do amor ferido...
Pulsando sentimentos fora do lugar.

Afaguei aquele coração...
Limpei angústias...
Lustrei o amor...
Deixei em cada canto um sorriso...

Parti sem que ele notasse
Minha presença...
Muito distante, olhei para trás...
Havia o brilho da vida...
E sorri...
Seguindo minha estrada!

_Cida Luz_

☜♡☞...☜♡☞



☜♡☞...☜♡☞



☜♡☞...☜♡☞

domingo, 3 de novembro de 2013

☜♡☞"ESPERA DE MILÊNIOS"☜♡☞



Preciso de você,
para vivenciar o amor com plenitude.
Você precisa de mim
para expressar toda a grandiosidade do sentir a dois.

Precisamos um do outro
para gerar calor, puras sensações,
expandindo límpido amor ao planeta.

Nós já vivíamos juntos em outras dimensões,
faltava mesmo o nosso amor acontecer aqui na Terra.

O toque de nossas mãos aquece nossas almas,
conexão que gera energia brilhante, única,
distinta de todas as outras
em qualquer tempo ou lugar universal.

O seu abraço é sem igual,
traz em si toda a espera de milênios,
eternidade se fazendo em breve instante e ficando para sempre.

Por estarmos juntos, mudamos-nos,
purificamos os nossos espíritos, divinizamos.

As nossas almas gêmeas se conhecem de outras dimensões
e, agora, vibram querendo nos despertar
para esse encontro consciente
de almas que se amam por ser a parte da outra, enfim resgatada.

Quando nos tocamos,
todos os nossos seres vibram em várias dimensões,
porque nesses instantes nos tornamos uníssonos novamente,
revivendo o amor de outros tempos e dimensões,
expandindo um amor brilhante
para a Terra ir se tornando espiritualmente azul.

O planeta necessita de nós dois nos tocando, amando,
gerando energia para a sua transmutação dimensional,
tornando-se um astro com azul inimaginável.

Você precisa de mim e eu de você
para renascermos para a eternidade,
almas gêmeas despertadas pelo amor.

_Moacir Sader_

☜♡☞...☜♡☞



☜♡☞...☜♡☞



☜♡☞...☜♡☞

sábado, 2 de novembro de 2013

☜♡☞...EU QUERO SER VIDA!...☜♡☞



Eu bebo tuas palavras,
sacio a minha sede,
meu corpo se acende,
com o que vai na alma...

Eu quero da vida o beijo,
da música, a nota mais linda,
me concentro, como em oração,
no simples desejo de você...

Eu quero sentir, o que sente a saudade,
que consome o pensamento,
viajando pela alma,
fortalecendo o simples sentimento...

Eu quero ser o sonho,
que passeia pela sua mente,
me embrenhar nas fantasias,
te conquistar e ser tua...

Eu quero ser a semente,
da sua primeira alegria,
te contagiar com o riso,
viver em sua fantasia...

Eu quero ser teus olhos,
avistar o mundo em aquarelas,
piscar na admiração da tela,
abraçar o mundo com o meu olhar...

Eu quero ser a vida,
que te trouxe ao nascer,
viver tua infância, tua mocidade
e contigo acontecer, sem jamais perecer....

Eu quero ser o infinito,
dentro da tua existência,
quero ser o mar depois do mar...
nuvens, céu, o ar...
Quero ser Deus e ter o poder de te recriar...


_Betânia Uchôa_

☜♡☞...☜♡☞



☜♡☞...☜♡☞



☜♡☞...☜♡☞

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

☜♡☞...O AMOR É BONITO...☜♡☞



O Amor é bonito
Quando acontece sem ter de acontecer,
Quando aparece sem ter de aparecer
Quando existe sem ter de ser.

O Amor verdadeiro
Vem de onde não teria de vir
Existe quando não teria de existir
Está aonde não tem lugar.

O Amor perfeito é lindo
Quando parece não ter beleza
É belo quando não tem forma
É suave quando pesa no ser.

O Amor eterno
Não caminha pela estrada
Existe nas beiradas
Esconde-se nas melodias
E aparece nas poesias.

Quando se ama não se busca entender
Porque o Amor não se deixa ver.
Quando se ama não se sabe o porquê
Nem se quer saber.

_Gideon Marinho Gonçalves_

☜♡☞...☜♡☞



☜♡☞...☜♡☞