quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

"DEVOLVENDO PEIXINHOS AO MAR"




Hoje, diferente dos outros dias, estarei postando aqui um fato real, que aconteceu comigo, dia 29.02.2012

Fazendo uma caminhada a beira mar, antes do pôr do sol, notei algo diferente dos dias normais em que faço isso.

O mar estava bravo e a maré subia rapidamente e assim como a água subia, mais rapidamente descia de volta ao mar. e deixava um rastro muito grande de filhotinhos de peixinhos para trás.

Eram peixinhos prateados de vários tamanhos, mais todos pequenininhos ainda.
Eles estavam debatando-se sobre a areia sem muito tempo de vida, pois precisavam voltar rapidamente para a água e sózinhos não conseguiriam.

Vendo aquela cena tão triste, não tive dúvidas, fui catando um por vez e colocando-os em minhas mãos, correndo contra o tempo, para que eles não morressem, devolvi todos os que pude ao seu lar ...O MAR!

E isso foi contagiante porque as pessoas e até mesmo algumas crianças vendo eu e minha filha fazendo isso, faziam também, foi tão lindo, porque de repente todos os peixinhos que estavam ao alcance do nosso olhar todos foram devolvidos com vida, para que eles pudesse continuar a sua pequena caminhada, e eu de alguma forma fiz parte da vida deles.

Talvez para muitas pessoas, isso possa parecer uma bobagem, mas para mim não foi, porque me senti muito importante, com a sensação de missão cumprida pelo menos por hoje.

Pude sentir o pulsar da vida deles em minhas mãos, tinha a opção de seguir minha caminhada, mas se não fizesse isso nada pra mim teria mais graça continuar minha caminhada contemplando o belíssimo Pôr do Sol que se fez depois.

Acredito que estava no dia certo, na hora certa, no lugar certo, para que eu pudesse assim poder dar o verdadeiro sentido da VIDA!

Foi uma grande lição, uma linda experiência!
Amanhã estarei lá novamente, fazendo a minha caminhada à beira mar, porque se tiver mais peixinhos com certeza estarei fazendo a mesma coisa!

"PEQUENOS MILAGRES ACONTECEM TODOS OS DIAS, BASTA ESTARMOS ATENTOS"

Ninna Angel☜♡☞


SILENCE - RAYAN FARISH

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

"A PAZ PERFEITA"





Havia um rei que ofereceu um grande prêmio ao artista
que fosse capaz de captar numa pintura a paz perfeita.
Foram muitos os artistas que tentaram.


O rei observou e admirou todas as pinturas, mas houve
apenas duas de que ele realmente gostou e teve que
escolher entre ambas.


A primeira era um lago muito tranqüilo.
Este lago era um espelho perfeito onde se refletiam umas
plácidas montanhas que o rodeavam.

Sobre elas encontrava-se um céu muito azul com tênues
nuvens brancas. Todos os que olharam para esta pintura
pensaram que ela refletia a paz perfeita.


A segunda pintura também tinha montanhas. Mas estas
eram escabrosas e estavam despidas de vegetação.

Sobre elas havia um céu tempestuoso do qual se precipitava
um forte aguaceiro com faíscas e trovões. Montanha abaixo
parecia retumbar uma espumosa torrente de água.

Tudo isto se revelava nada pacífico.


Mas, quando o rei observou mais atentamente, reparou
que atrás da cascata havia um arbusto crescendo de
uma fenda na rocha.

Neste arbusto encontrava-se um ninho.
Ali, no meio do ruído da violenta camada de água, estava
um passarinho placidamente sentado no seu ninho.


Paz perfeita. Qual pensas que foi a pintura ganhadora?


O rei escolheu a segunda. Sabes por quê?


"Porque", explicou o rei: "paz não significa estar num
lugar sem ruídos, sem problemas, sem trabalho árduo
ou sem dor."

"Paz significa que, apesar de se estar no meio de tudo
isso, permanecemos calmos no nosso coração."
"Este é o verdadeiro significado da paz"
(AD)

Carinhosamente,
Ninna Angel☜♡☞

SUNSHINE - RYAN FARISH


segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

"AS 7 MARAVILHAS DO MUNDO"


Um grupo de estudantes da geografia estudou as sete maravilhas do mundo.
No final da aula, aos estudantes foi pedido para fazerem uma lista do que eles pensavam que fossem consideradas as sete maravilhas atuais do mundo.

Embora houvesse algum desacordo começaram os votos:

1. Pirâmides Grandes De Egipto
2. Taj Mahal
3. Grand Canyon
4. Canal De Panam=E1
5. Empyre State building
6. Basilica Do St. Peter
7. A Grande Muralha da China

Ao recolher os votos, o professor notou uma estudante muito quieta.
A menina, não tinha virado sua folha ainda.

O professor então perguntou à menina se tinha o problema com sua lista.
A menina quieta respondeu,"sim, um pouco, eu não consigo fazer
a lista, porque são muitos."

O professor disse, "Bem, diga-nos que o que você tem, e talvez nós
possamos ajudá-la." A menina hesitou, então leu...

"Eu penso que as sete maravilhas do mundo seriam:

1. tocar
2. sentir sabor
3. ver
4.ouvir

Hesitou um pouco e então...

5. sentir
6. rir
7.amar

A sala então ficou completamente em silêncio.
É fácil para nós, olhar as façanhas do homem.

Mas negligenciamos tudo o que Deus fez para nós.

Que você possa se lembrar hoje, daquelas coisas que são
verdadeiramente maravilhosas.
(AD)

Carinhosamente,
Ninna Angel☜♡☞

CLOUDS OF HEAVEN - RYAN FARISH




domingo, 26 de fevereiro de 2012

"O PACTO DA ROSA"


Certo dia, uma das rosas mais belas daquele jardim decidiu - sem querer assustar
o jardineiro, mas quase o matando de susto - falar com aquela pessoa que, todos
os dias, sem descanso semanal ou feriado, lhe dava todo cuidado necessário
para que ela tivesse vida, vida plena e fosse bela.

Bom dia! - falou a rosa - hoje quero te agradecer por tudo quanto tens feito
por mim, que sou linda, mas especialmente pelo que tens feito por minhas irmãs que não são tão lindas, algumas até são feias, mas tu não as discriminas e a elas dá todo carinho.

Refeito do susto, o jardineiro, emocionado, respondeu:

- Bom dia, rainha do meu jardim, que enorme felicidade me ofereces hoje, pois
sempre tratei a ti e às demais como seres realmente vivos, muitas vezes falei contigo e com as outras, mas nunca obtive uma resposta como hoje estou tendo, contentava-me com a contemplação diária da beleza que de todas se exterioriza e do perfume que todas exalam.

Parando de falar, o jardineiro tocou carinhosamente a rosa, perguntando-lhe:

- Minha rainha, por que somente agora falastes comigo, depois de tanto tempo em que somente eu conversava contigo, ou melhor, depois de tanto eu ter falado sozinho?

Sorrindo, a rosa respondeu:

- Meu bom amigo, explico-te que, em verdade, nunca falastes sozinho, sempre
te respondemos, porém tu eras jovem demais para entender a nossa linguagem, mas,
pelo teu coração puro, a tua alma recebia a mensagem que queríamos te oferecer,
e foi assim que conseguimos te dar, em nome Daquele que a tudo e todos criou,
a força necessária para chegares até aqui, sempre cuidando de nós, sem jamais
ligar para o sangue que nossos espinhos, inúmeras vezes, te provocaram.

Vendo que o jardineiro começava a chorar, a rosa lhe lançou, com a ajuda
da brisa, um suave perfume e disse:

- Agora, realmente estás maduro, ontem ouvi tua família e teus amigos te cumprimentarem pelo teu aniversário, falaram a tua idade, quarenta anos,
que eu já sabia, apenas confirmei, por isso consegues decifrar o nosso idioma
com teus ouvidos; não falas mais sozinho.

Foi então que uma lágrima caiu, lentamente, pelo rosto sulcado do jardineiro
e se depositou numa pétala da rosa que prosseguiu falando:

- De agora em diante, entenderás muitas outras mensagens da linguagem do mundo, não apenas as minhas, mas - completou orgulhosa - coube-me inaugurar esta nova fase da tua vida.

Nesse instante, o jardineiro tentou visualizar a lágrima que havia caído sobre a rosa, masnão mais conseguiu, pois ela havia sido absorvida pela pétala que a recebeu e ele, então, viu que sua lágrima agora era a própria rosa.

Com a compreensão de tudo, a rosa, para encerrar o assunto, disse:

- Não falastes, mas teu coração me disse que prosseguirás cuidando de mim, também das outras rosas e das outras flores, com isso farás com que o mundo seja enfeitado por nós, o que diminuirá as mazelas da existência humana.

Por isso - concluiu a rosa em tom enfático

- faço agora um pacto contigo: Durante o resto dos teus dias nossas vidas serão uma, mas quando te fores deixarás um rastro de flores e nós, todas, de descendência à descendência, sempre adornaremos o teu jazigo.

Claudiomar Pereira da Cunha
Professor da Faculdade de Direito/UFPEL

Carinhosamente,
Ninna Angel☜♡☞

CHINA IN ROSE - ENYA - TRADUÇÃO



sábado, 25 de fevereiro de 2012

"O CHORO DA ESTRELA"


Estava Deus, a caminhar, sossegadamente, pelo
universo...

Contemplava sua criação, e, aproveitando o passeio,
verificava se tudo estava correndo bem.

Em certo ponto de sua caminhada, deparou-se com uma
de suas estrelas, num choro compulsivo...

Com certa tristeza, aproximou-se e perguntou
docemente: - Por que choras, minha filha?

A pobre estrela, aos prantos, mal conseguia falar :
- Sabe, meu Pai... Estou triste...não consigo achar
uma razão para a minha existência...

O sol, com toda a sua magnitude, fornece calor,
luz e energia às pessoas...


As estrelas cadentes, incentivam paixões
e sonhos...

Os cometas, geram dúvidas e mistérios...
E eu, aqui... parada...

Deus ouviu tudo atentamente... com doçura e paciência,
decidiu explicar à estrela os porquês, porém,
foi interrompido por uma voz, que vinha de longe...

Era uma criança, que caminhava com sua mãe,
em um dos planetas da região...

A criança dizia à sua mãe: - Veja mamãe!

O dia já vai nascer!

A mãe ficou meio confusa... como podia, uma criança,
que mal sabia as horas, saber que o sol já nasceria,
mesmo estando tão escuro?

- Como você sabe disso, meu filho?
- Veja aquela estrela!

Papai me disse que ela anuncia o novo dia.

Ela sempre aparece pouco antes do sol, e aponta o lugar
de onde o sol vai sair...

Ouvindo aquilo, a estrela pôs-se a chorar...

Deus, calmamente lhe falou: - Podes ver?

Sabes agora, o motivo de tua existência?

Tudo o que criei, fiz por alguma razão de ser.

És a estrela que anuncia o novo dia...

E com o novo dia, renovam-se as esperanças,
os sonhos...

E serves para orientar os homens, para onde caminhar.

Ao te ver, sabem que não estão perdidos,
pois sabem qual o seu destino.

A estrela ouviu tudo atentamente...

Sentiu uma alegria celestial invadindo sua vida...

A partir de então, ela brilhou cada vez mais,
pois sabia que era importante e indispensável
ao ciclo da vida.
(AD)

Carinhosamente,
Ninna Angel ☜♡☞

RETURN TO INNOCENCE - ENIGMA


sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

"QUAL É A COR DO AMOR?"





A maçã é vermelha.
O sol é amarelo.
O céu é azul.
A folha é verde.
A nuvem é branca...
e a pedra é cinzenta.
O mundo tem muitas coisas...
o mundo tem muitas pessoas...
o mundo tem muitas cores...
e cada uma delas é diferente.
No jardim as flores são de diferentes cores, mas vivem felizes juntas...
uma ao lado da outra.
Na floresta os pássaros são de diferentes cores, mas vivem felizes juntos...
um ao lado do outro.
No campo os animais são de diferentes cores, mas vivem felizes juntos...
um ao lado do outro.
Em nosso mundo as pessoas são de diferentes cores, e, às vezes, vivem felizes juntas...
uma ao lado da outra.
As cores são importantes porque dão mais beleza ao nosso mundo,
mas elas não são tão importantes quanto o que sentimos...
ou pensamos... ou fazemos.
As cores estão no "exterior" das coisas e os sentimentos no "íntimo" das coisas.
A cor é algo que vemos com os nossos olhos, mas o amor é algo que vemos com o nosso coração.
A maçã é vermelha,
o sol é amarelo,
o céu é azul,
a folha é verde,
a nuvem é branca... e a terra é marrom.
E, se te perguntasse, serias capaz de dizer...
qual é a cor do amor?
Joan Walsh Anglund

Carinhosamente,
Ninna Angel ☜♡☞

JUST THE WAY YOU ARE - TRADUÇÃO

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

"MEU NOME É AMOR"



Eu sou amor
não quero glamour...
Sou eu a frase bonita
de uma canção.
Não quero aplausos só quero
cantar ao mundo que minha alma pedir.
Não faço cobranças grito o
que me aperta o peito para
quem quiser ouvir.
Sou o vento que queima a face
em tardes de verão.
Sou eu o amor que queima
em brasa quem me seguir.

Sou a paixão que
fala alto quando se perde
a simplicidade da emoção.
A paz que dita palavras doces
em tudo que sou capaz
Traço sem medo sem buscas
de tradução que tu
chamas de segredo.
Sou eu o amor sem interesses
nas palavras sem
compromissos e sem trapassas.

Meu nome é amor...
Sou o desejo sem culpa
como a noite de luar.
Sou também a capacidade
de falar de tudo que não
sou capaz de ouvir
Sou um peixinho ou tubarão
sou marés mansas ou ondas
furiosas em alto mar.
O Elo gigante dos amantes
que queima em fogo ao se deitar
Sou eu o amor que canta
profundo sem nada pedir.
_Marisa Torres_

Carinhosamente,
Ninna Angel☜♡☞

LET ME BE FOREVER - STEVE FELDMAN

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

"A VIDA"



A vida é feita de sonhos...
Pedacinho por pedacinho...
Preto e branco, colorido...
Alguns realizados, outros interrompidos,
outros que ficaram pelo caminho,
outros imaginados e perdidos...

Na vida ...
eu aprendi que não posso exigir o amor de ninguém,
posso apenas dar razões para que gostem de mim.
Aprendi a ter paciência e deixar que a vida faça o resto.

Na vida...
eu aprendi que é difícil traçar uma linha entre ser gentil e
não ferir as pessoas e saber lutar pelas coisas em que acredito.

Aprendi que é melhor tentar e falhar;
do que preocupar-se e ver a vida passar.
Aprendi que se não pudermos ser o rio caudaloso,
sejamos a gota essencial, o pequeno detalhe que
faz a diferença; a sublime partícula que,
somadas as demais, há de ajudar a compor os mares infinitos.

Portanto,
tire de cada dificuldade que a vida lhe trouxer a
lição de que nada tem valor a não ser o que é conquistado.

Lembrem ...
sempre que o valor das coisas está na intensidade com que elas acontecem.
Há caminhos em nossas vidas que parecem precipícios...
Mas se andarmos com Deus,
jamais cairemos neles.

Saibam que mais real que fazer da vida um sonho,
é fazer do sonho uma vida, pois nem sempre temos a vida que sonhamos,
mas sempre teremos um sonho para viver.
Nem tudo é fácil na vida, mas com certeza nada é impossível.

Precisamos acreditar, ter fé e lutar para que não apenas sonhemos,
mas também tornemos todos esses sonhos em realidade.

A grande arte da vida
é acordar depois de um sonho, levantar depois de um tombo e
sorrir depois de uma grande decepção.
A vida é curta, mas as emoções que podemos deixar duram uma eternidade.
(DA)

Carinhosamente,
Ninna Angel☜♡☞



domingo, 19 de fevereiro de 2012

"A VIDA ME ENSINOU"


A dizer adeus às pessoas que amo,
Sem tira-las do meu coração;
Sorrir às pessoas que não gostam de mim,
Para mostra-las que sou diferente do que elas pensam;
Fazer de conta que tudo está bem quando isso não é verdade,
Para que eu possa acreditar que tudo vai mudar;
Calar-me para ouvir;
Aprender com meus erros .
Afinal eu posso ser sempre melhor.
A lutar contra as injustiças;
Sorrir quando o que mais desejo é gritar todas as minhas dores para o mundo,
A ser forte quando os que amo estão com problemas;
Ser carinhosa com todos que precisam do meu carinho;
Ouvir a todos que só precisam desabafar;
Amar aos que me machucam ou querem fazer de mim depósito de suas frustrações e desafetos;
Perdoar incondicionalmente,
Pois já precisei desse perdão;
Amar incondicionalmente,
Pois também preciso desse amor;
A alegrar a quem precisa;
A pedir perdão;
A sonhar acordada;
A acordar para a realidade (sempre que fosse necessário);
A aproveitar cada instante de felicidade;
A chorar de saudade sem vergonha de demonstrar;
Me ensinou a ter olhos para “ver e ouvir estrelas”, embora nem sempre consiga entendê-las;
A ver o encanto do pôr-do-sol;
A sentir a dor do adeus e do que se acaba, sempre lutando para preservar tudo o que é importante para a felicidade do meu ser;
A abrir minhas janelas para o amor;
A não temer o futuro;
Me ensinou e esta me ensinando a aproveitar o presente,
como um presente que da vida recebi, e usá-lo como um diamante que eu mesma tenha que lapidar, lhe dando forma da maneira que eu escolher.
Charles Chaplin

Carinhosamente,
Ninna Angel☜♡☞

ENCHANTED GARDEN - KEVIN KERN

sábado, 18 de fevereiro de 2012

"BAILE DE MÁSCARAS"




Num baile de máscaras qualquer
Colombina e Pierrô
Cansados de procurarem
Cada qual seu par
Se convidaram pra dançar
Pra não assistir a noite passar
Dois velhos amigos a se consolarem
Da solidão, mais uma vez
Rogando aos músicos que toquem
Aquelas canções todas
De recordações vivas
Belos e jovens
De olhos fechados pelo salão
E quando a orquestra deu o final
Não se apartaram
Como seria o costumeiro e trivial
Foram abraçados até os portões
E saíram pra ver
O romper dos clarões do dia
Seguiram caminhando
Na calma dos amantes
Como se o tempo houvesse parado
Daquela noite em diante
E se visitaram
E se reencontraram
Dias depois já não eram mais assim tão sós
E se consumiram
E se violentaram
No fogo e paixão
Da fúria e do medo
Dos peitos sofregos de afeto
E os dias foram longos
E os beijos foram tantos
Lavaram as almas
De tristes memórias
Na água dos prantos.

Desejo a todos que passarem por aqui um Feliz Carnaval
Carinhosamente,
Ninna Angel ☜♡☞

BAILE DE MÁSCARAS - GUILHERME ARANTES

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

"ACREDITAR NA VIDA"


É ter esperança no amanhã.
Saber que após a noite vem o dia.
Viver intensamente as emoções!

Pular de alegria.
Não invadir o espaço alheio.
Ser espontâneo.
Apreciar o nascer e o pôr-do-sol.

Amar as pessoas incondicionalmente.
Aproveitar todos os momentos...
Vencer a depressão!
É cantar no chuveiro.
Confiar na voz da intuição.
Perdoar as pessoas.

Estimular a criatividade.
Não se prender a detalhes.
Brincar como uma criança.
Chorar de felicidade...
Deixar para lá.
Ter pensamento positivo.
Respeitar os sentimentos dos outros.
Rir sozinho.

Ser sincero.
Encontrar a felicidade nas pequenas coisas.
Entender que somos pessoas únicas.

É dançar sem medo.
Não se apegar a bens materiais.
Respirar a brisa do mar.
Ouvir a melodia suave de uma fonte.
Observar a natureza.
Adorar um dia de chuva.

Ter motivação!
Enxergar além das aparências.
Descobrir que precisamos dos outros.
Esquecer o que já passou.
Buscar novos horizontes.
Perceber que somos humanos.

Vencer a nós mesmos.
Ver a beleza da alma.
Sair da passividade.
Saber que a vida é conseqüência de nossas atitudes...
Não procrastinar as decisões.
Mimar a criança interior.
Deixar acontecer...

Praticar a humildade.
Adorar calor humano.
Curtir as pequenas vitórias.
Viver apaixonado pela vida!
Visualizar só coisas boas.
Entender que há limites.
Mentalizar positivo.
Ter auto-estima.

Colocar sua energia positiva em tudo que realizar!
Ver a vida com outros olhos...
Só se arrepender do que não fez.

Fazer parcerias com os amigos.
Crescer juntos.
Dormir feliz.
Emanar vibração de amor...
Saber que estamos só de passagem.
Melhorar os relacionamentos.
Aproveitar as oportunidades.

Ouvir o coração...
Acreditar na vida!!

Amar!!!
(DA)

Carinhosamente,
Ninna Angel☜♡☞


LIVE A BEAUTIFUL LIFE - ADAM NUNES - TRADUÇÃO



quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

"UM FLOQUINHO DE ALGODÃO"


Havia uma pequena aldeia onde o dinheiro não entrava.
Tudo o que as pessoas compravam, tudo o que era cultivado e produzido
por cada um, era trocado.

A coisa mais importante, a coisa mais valiosa, era a Amizade.
Quem nada produzia, quem não possuía coisas que pudessem ser trocadas
por alimentos, ou utensílios, dava seu CARINHO.

O CARINHO era simbolizado por um floquinho de algodão. Muitas vezes,
era normal que as pessoas trocassem floquinhos sem querer nada em troca.

As pessoas davam seu CARINHO pois sabiam que receberiam outros num
outro momento ou outro dia.

Um dia, uma mulher muito má, que vivia fora da aldeia, convenceu um pequeno
garoto a não mais dar seus floquinhos. Desta forma, ele seria a pessoa mais
rica da cidade e teria o que quisesse.

Iludido pelas palavras da malvada, o menino, que era uma das pessoas
mais populares e queridas da aldeia, passou a juntar CARINHOS e em
pouquíssimo tempo sua casa estava repleta de floquinhos, ficando até difícil
de circular dentro dela.

Daí então, quando a cidade já estava praticamente sem floquinhos, as pessoas
começaram a guardar o pouco CARINHO que tinham e toda a HARMONIA
da cidade desapareceu.

Surgiram a GANÂNCIA, a DESCONFIANÇA, o primeiro ROUBO, o ÓDIO,
a DISCÓRDIA, as pessoas se XINGARAM pela primeira vez e passaram
a IGNORAR-SE pelas ruas.

Como era o mais querido da cidade, o garoto foi a primeiro a sentir-se TRISTE
e SOZINHO, o que o fez o menino procurou a velha para perguntar-lhe
e dizer-lhe se aquilo fazia parte da riqueza que ele acumularia.

Não a encontrando mais, ele tomou uma decisão. Pegou uma grande carriola,
colocou todos os seus floquinhos em cima e caminhou por toda a cidade
distribuindo aleatoriamente seu CARINHO. A todos que dava CARINHO,
apenas dizia: "Obrigado por receber meu carinho".

Assim, sem medo de acabar com seus floquinhos, ele distribuiu até o último
CARINHO sem receber um só de volta.

Sem que tivesse tempo de sentir-se sozinho e triste novamente, alguém caminhou
até ele e lhe deu CARINHO. Um outro fez o mesmo...Mais outro...e outro...até
que definitivamente a aldeia voltou ao normal.

MORAL DA ESTÓRIA:
Nunca devemos fazer as coisas pensando em receber
em troca.
Mas devemos fazer sempre.
Lembrar que um amigo existe
é muito importante.
Muito mais importante do que cobrar dos outros
que se lembrem de você, pois assim, você estará querendo acumular amizades
sem fazer o seu papel de amigo.

Receber CARINHO é muito bom.
E o simples gesto de lembrar que um amigo
existe é a forma mais simples de fazê-lo.
(ad)

ESTE É MEU FLOQUINHO PARA VOCÊ !!!





Carinhosamente,
Ninna Angel☜♡☞

ADIEMUS - KARL JANKINS





quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

"O HORIZONTE"


Certa vez alguém chegou no céu e pediu pra falar
com Deus porque, segundo o seu ponto de vista, havia
uma coisa na criação que não tinha nenhum sentido...

Deus o atendeu de imediato, curioso por saber qual
era a falha que havia na Criação.
- Senhor Deus, sua criação é muito bonita,
muito funcional, cada coisa tem sua razão de ser...
mas no meu ponto de vista, tem uma coisa
que não serve para nada - disse aquela pessoa para Deus.

- E que coisa é essa que não serve para nada? -
perguntou Deus.
- É o horizonte. Para que serve o horizonte?
Se eu caminho um passo em direção ao horizonte,
ele se afasta um passo de mim.
Se caminho dez passos, ele se afasta outros dez passos.
Se caminho quilômetros em direção ao horizonte,
ele se afasta os mesmos quilômetros de mim...

Isso não faz sentido!
O horizonte não serve pra nada.
Deus olhou para aquela pessoa, sorriu e disse:
- Mas é justamente para isso que serve o horizonte...
" para fazê-lo caminhar ...."
(AD)

Carinhosamente,
Ninna Angel☜♡☞

GOODBYE MILK WAY - ENIGMA

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

"OLHARES"





Não vejo em vossos olhos
o estranho brilho da cor...
Sejam quais for o que fascina é teu olhar.

Há dias que é triste de pouco amor.
Em outras no horizonte se perdem a chorar.

Olhos de alegria, saudade e fantasia,
Olhares meigos de sonhos e sensuais,

Semblantes calmos, serenos de carisma,
De encantos, desencantos e casuais.

Olhos que enganam, encantam e mortais,
Olhos sinceros, sensatos e imparcial.

Semblantes de expressão, loucos e rivais,
De quem ama, sofre de atitude mortal.

São olhos assim, que flecham corações.
Olhos de pérolas negras, escuros e de cor de mel

São tantas as cores e luzes de emoções!
Verdes, azuis que encantam e levam ao céu.

Não vejo em vossos olhos o brilho da cor.

Sejam quais for que fascina é teu olhar
Sejam eles alegres, tristes ou a trazendo dor.

O que importa é o quanto do amor que tu és capaz...
de coração doar

Teu olhar...
Espelho da Alma
Reflete de ti!
Tão bela flor.
(AISVELAUS)

Carinhosamente
Ninna Angel☜♡☞

"OLHARES" - VÍDEO




PS:- Direitos Autorais Preservado
Com autorização do Autor para postagem

"A PRINCESA NOLA"




Havia uma linda princesa chamada Nola.

Todos os dias, quando o sol estava para se pôr,
ela cantava em gratidão por mais um dia.

E todo o reino silenciava para ouvir sua linda canção.
Todos sentiam uma grande paz. .

As crianças amavam a voz de Nola.
A sua voz era um símbolo de amor dentro do reino.

Um dia, a voz de Nola silenciou.

Nola não conseguia falar e nem cantar,
e ninguém sabia o porquê.

O rei muito preocupado, pediu ajuda a todos os sábios do reino
na tentativa de recuperar a voz de Nola.

Alguns traziam receitas caseiras, ervas consideradas milagrosas,
outros a oravam.

Mas nada surtia efeito e, assim, o reino caiu em profunda tristeza.
As tardes já não eram tão especiais sem o canto de Nola.

E o tempo foi passando...

Nola não era mais vista ao entardecer, e o rei estava em prantos
pela dor de sua filha.

Numa noite fria,
o rei ouviu batidas na porta do castelo e ele próprio foi abri-la.
Quando viu um pobre mendigo a pedir por comida:
Senhor dá-me de comer, tenho muita fome.

O rei, vendo o pobre homem, ordenou que dessem de comer ao mendigo.
E então o mendigo disse ao rei: És um homem tão bondoso!
Deste-me de comer quando eu mais precisava.
Como posso retribuir tamanha generosidade?

E o rei, tristonho,
olhou para a noite fria e disse: Não há nada que possas fazer.
O meu maior desejo, ninguém pode realizar.
Vá com Deus.

E assim, o mendigo saiu do castelo muito agradecido.
No dia seguinte o Rei ouviu sua filha chamá-lo.
Subiu às pressas a escadaria do castelo e não acreditou ao ver
que Nola havia recuperado sua voz.

E o reino inteiro festejou pelo milagre ocorrido com Nola.
Poderiam ouvir sua voz ao entardecer e os dias seriam felizes novamente.

E o rei, em sua tamanha alegria, começou a questionar
quem teria feito tal milagre.

Foi quando lembrou-se do mendigo que havia estado em seu castelo
na noite anterior. Ele tinha um olhar diferente quando falou em retribuir
ao rei pela comida dada.

Sim, procurem aquele homem, por que se foi ele quem fez tal milagre,
devo agradecer-lhe.

E então, saíram em busca do mendigo e o encontraram na floresta:
- És o mendigo que o rei procura?

E o mendigo falou: - Como está o rei?

Então és tu quem realizou o milagre?

Como conseguiste?

Nada fiz senhor.

Apenas pedi a Deus com amor que desse ao rei o que faltava-lhe.
E quando pedimos com amor, nem mesmo Deus pode nos negar,
pois sendo Ele o Amor, como poderia contrariar
o Seu próprio pedido? "
(AD)

Carinhosamente,
Ninna Angel☜♡☞


U WANT ME 2 - SARAH MCLACHLAN




segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

"OS DOIS LOBOS"





Um velho avô disse a seu neto, que veio a ele com raiva de um amigo

que lhe havia feito uma injustiça:

- Deixe-me contar-lhe uma história.

Eu mesmo, algumas vezes, senti grande

ódio daqueles que "aprontaram" tanto, sem qualquer arrependimento

daquilo que fizeram. Todavia,o ódio corrói você,mas não fere seu inimigo.

É o mesmo que tomar veneno, desejando que seu inimigo morra.

Lutei muitas vezes contra estes sentimentos".

E ele continuou:

- "É como se existissem dois lobos dentro de nós.

Um deles é bom e não magoa.

Ele vive em harmonia com todos ao redor dele e não se

ofende quando não se teve intenção de ofender.

Ele só lutará quando for

certo fazer isto, e da maneira correta.

Mas o outro lobo, Ah! esse é

cheio de raiva. Mesmo as pequenas coisas o lançam num ataque

de ira! Ele briga com todos, o tempo todo, sem qualquer motivo.

Ele não pode pensar porque sua raiva e seu ódio são muito grandes.

É uma raiva inútil, pois sua raiva não irá mudar coisa alguma!

Algumas vezes é difícil conviver com estes dois lobos dentro de nós, pois

ambos tentam dominar nosso espírito".

O garoto olhou intensamente nos olhos de seu avô e perguntou:

- "Qual deles vence, vovô?"

O Avô sorriu e respondeu baixinho:

"Aquele que eu alimento mais freqüentemente".
(DA)

Carinhosamente,
Ninna Angel☜♡☞


DANCES WITH WOLVES - JONH DUNBAR THEME - JONH BARRY



domingo, 12 de fevereiro de 2012

"EU SEMPRE AMAREI VOCÊ"





Se eu devesse ficar
Eu só estaria no seu caminho.
Então eu irei, mas eu sei
Eu pensarei em você
Em cada passo do caminho.

E eu... sempre amarei você...
Eu sempre amarei você...
Você meu querido

Doces, amargas lembranças,
São tudo o que eu levo comigo...
Então adeus, por favor não chore.
Nós dois sabemos que eu não sou o que você, você precisa.

E eu... sempre amarei você.
Eu... sempre amarei você

Eu espero que a vida te trate bem
E eu espero que você tenha tudo
Tudo o que você sonhou para ti.
E eu lhe desejo diversão
E felicidades.
Mas acima de tudo, eu desejo o seu amor.

E eu... eu sempre amarei você...
Eu sempre amarei você...
Eu sempre amarei você...
Eu sempre amarei você...
Eu sempre amarei você...
Eu, eu sempre amarei você... você

Querido. eu amo você
E sempre irei
E sempre irei
Amar você...


Carinhosamente,
Ninna Angel☜♡☞

I WILL ALWAYS LOVE YOU - WHITNEY HOUSTON - Tradução
Tema do filme: O GUARDA COSTAS




"I LOOK TO YOU"





EU OLHO PARA VOCÊ
Ao me deitar
O céu me ouve agora
Estou perdida sem uma causa
Depois de me dar por inteira

As tempestades de Inverno vieram
E escureceram meu sol
Depois de tudo que passei
A quem posso me voltar?

(Refão)
Eu olho para você
Eu olho para você
Depois que toda a minha força se foi
Em você posso ser forte

Eu olho para você
Eu olho para você
E quando as melodias se foram
Em você ouço uma canção, eu olho você

(Verso 2)
Depois que perco a minha respiração
Não há mais porque lutar
Não há mais pensamentos de se reerguer
Procurando por aquela porta aberta

E cada caminho que tomei
Levou-me ao desgosto
E não sei se irei fazer
Nada a fazer senão levantar a minha cabeça

(Refrão)
Eu olho para você
Eu olho para você
Depois que toda a minha força se foi
Em você posso ser forte

Eu olho para você
Eu olho para você
E quando as melodias se foram
Em você ouço uma canção
Eu olho para você

(Coro)
O meu amor foi todo destruído (oh Senhor)
As minhas paredes caíram sobre mim
Caindo sobre mim (a chuva está caindo)

A chuva está caindo
A derrota está chamando (me liberte)
Preciso de você para me libertar
Leve-me para longe da batalha
Preciso de você para brilhar sobre mim

(Refrão)
Eu olho para você
Eu olho para você
Depois que toda a minha força se foi
Em você posso ser forte

Eu olho para você
Eu olho para você
E quando as melodias se foram
Em você ouço uma canção
Eu olho para você

Eu olho para você
Eu olho para você...


Carinhosamente,
Ninna Angel☜♡☞

I LOOK TO YOU - WHITNEY HOUSTON - TRADUÇÃO



ESTA É UMA PEQUENA HOMENAGEM A UMA DAS GRANDES DIVAS DA MÚSICA INTERNACIONAL WHITNEY HOUSTON, QUE PARTIU COM APENAS 48 ANOS, MAS COM TODA CERTEZA DEIXARÁ EM NOSSAS LEMBRANÇAS SAUDADES DE SUAS BELAS CANÇÕES E SUAS TRADUÇÕES QUE CALAM FUNDO EM NOSSOS CORAÇÕES.
DESCANSE EM PAZ!

sábado, 11 de fevereiro de 2012

"FALANDO COM NOSSOS BOTÕES"


Falamos com nós mesmos todos os dias, mesmo se nos custa confessar.
Saber que todos fazem isso nos assegura, nos tira da classe dos anormais e nos coloca ao mesmo nível que outros seres humanos.
Entretanto, temos que saber até onde vão os limites.

Mas um louco consciente da sua loucura, já não é louco, mas um ser humano consciente das suas limitações.

Um momento a sós com nós é preciso e benéfico.
Pessoas que sentem a necessidade constante de estar em movimento, no barulho, na agitação evitam, muito provavelmente, de pensar nos próprios problemas, seja por medo de enfrentá-los, seja por que não sabem como resolvê-los.
O que ignoramos nos faz menos mal. Ao inverso, fechados demais e pensando demais é que algo também não vai bem.
A boa medida, sempre e em tudo, traz equilíbrio para nossas vidas.

Em alguns momentos precisamos conversar com nossos botões.
Ver, talvez, e rever nossos conceitos da vida, nossas fragilidades, tentar encarar com honestidade nossos sentimentos em relação aos outros, uma forma de nos tornarmos pessoas mais sãs, mais preparadas para contribuir na construção do mundo.

Não podemos consertar o mundo se nós mesmos nos sentimos quebrados.
A paz que damos é a que possuímos, então precisamos buscá-la, transformando as pedrinhas que nos machucam em pontes que nos ligarão a outras pessoas.

A solidão é um mal e queremos fugir dela.
Mas nós atraímos ou afastamos as pessoas, segundo nossa vida, nossa maneira de enfrentar uma coisa ou outra.

Ninguém é responsável pela nossa vida.
Somos grandes.
Somos raios de sol e os que querem calor e luz se aproximarão.
A nós cabe brilhar.
E todos conhecemos a fonte.
E para quem ainda não encontrou o caminho, é só procurar.
Letícia Thompson

Carinhosamente,
Ninna Angel☜♡☞

LONG LIVE - PAULA FERNANDES & TAYLOR SWIFT

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

" AS APARÊNCIAS ENGANAM "


Num orfanato, igual a tantos outros que existem por toda parte,
havia uma pobre órfã, de oito anos de idade.

Era uma criança lamentavelmente sem encantos, de maneiras desagradáveis,
evitada pelas outras, e francamente malquista pelos professores.

Por essa razão, a pobrezinha vivia no maior isolamento. Ninguém para brincar,
ninguém para conversar...

Sem carinho, sem afeto, sem esperança... Sua única companheira era a solidão.

O diretor do orfanato aguardava ansioso uma desculpa legítima para livrar-se dela.

E um dia apresentou-se, aparentemente, uma boa desculpa. A companheira de quarto
da menina informou que ela estava mantendo correspondência com alguém
de fora do orfanato, o que era terminantemente proibido.

Agora mesmo, disse a informante, ela escondeu um papel numa árvore.

O diretor e seu assistente mal puderam esconder a satisfação que a
denúncia lhes causara.

Vamos tirar isso a limpo agora mesmo, disse o superior.

E, somando-se ao assistente, pediu para que a testemunha do delito

os acompanhasse a fim de lhes mostrar a prova do crime.

Dirigiram-se os três, a passos rápidos, em direção à árvore na qual estava
colocada a mensagem.

De fato, lá estava um papel delicadamente colocado entre os ramos.

O diretor desdobrou, ansioso, o bilhete, esperando encontrar ali a prova de
que necessitava para livrar-se daquela criança tão desagradável aos seus olhos.

Todavia, para seu desapontamento e remorso, no pedaço de papel um tanto amassado,
pôde ler a seguinte mensagem:

"A qualquer pessoa que encontrar este papel: eu gosto de você."

Os três investigadores ficaram tão decepcionados quanto surpresos com o que leram.

Decepcionados porque perderam a oportunidade de livrar-se da menina indesejável,

e surpresos porque perceberam que ela era menos má do que eles próprios.

Quantos de nós costumamos julgar as pessoas pelas aparências, embora saibamos que estas são enganadoras.

E o pior é que, se as aparências não nos agradam, marcamos a pessoa e nos prevenimos
contra ela e suas atitudes.

Uma antiga e sábia oração dos índios, roga a Deus o auxílio para nunca julgar
o próximo antes de ter andado sete dias com as suas sandálias.

Isto quer dizer que, antes de criticar, julgar e condenar uma pessoa, devemos
nos colocar no seu lugar e entender os seus sentimentos mais profundos.
Aqueles que talvez ela queira esconder de si mesma, para proteger-se dos sofrimentos que a sua lembrança lhe causaria.
Autor Desconhecido

Carinhosamente,
Ninna Angel☜♡☞



SENTIMENTOS - ERNESTO CORTAZAR

"UM COLAR VALIOSO"


Usar, por alguns dias, a pulseira da mãe,
era o sonho de consumo do pequeno Rick, de seis anos de idade.
Eles eram pobres, e a pulseira não tinha muito valor,
mas tanto o garoto insistiu que a mãe lhe entregou,
mas recomendou que tomasse cuidado.
Rick colocou o cordão no pulso e se sentiu o homem mais feliz do bairro.
Jogava futebol com os amigos, de pulseira. Ia comprar pão, com a pulseira,
e na escola ele exibia sua preciosidade sempre que podia.
As semanas se passaram e, como sempre acontece com as crianças,
um dia aconteceu com Rick.
Uma distração, e ele se deu conta de que havia esquecido a pulseira em algum lugar.
Procurou por todos os cantos e... nada.

Ele estava sozinho em casa.
A mãe estava no trabalho.
Mas, e quando ela chegasse, como lhe contaria a tragédia?
Mil preocupações surgiram naquela cabeça infantil.
E a mais cruel era a de ter perdido o que ele considerava ser o único tesouro da sua mãe.
Depois de muitas cogitações, ele tomou uma difícil decisão: iria embora de casa.
Jogou algumas roupas dentro da velha sacola, e saiu porta afora.
Não foi muito longe e ouviu uma voz bem conhecida...
Era o sr. Severino, um velhinho bom que morava na vizinhança.
"Hei, aonde você vai com essa trouxa nas costas, Rick?"
(preocupar-se com os filhos alheios não é muito comum nos grandes centros,
mas nos vilarejos de gente pobre os vizinhos se importam uns com os outros.)
"Vou embora", respondeu, cabisbaixo, o menino.
"Mas a sua mãe não está em casa. É melhor você esperar que ela chegue,
senão ela ficará aflita quando não o encontrar."
O garoto costumava ouvir os mais velhos, então voltou,
é claro, na companhia do velho Severino.
Quando a mãe chegou já estava escuro.
Mal entrou e já sentiu algo no ar,
pois as mães sempre sentem quando tem alguma coisa errada com seus filhos.
"O que houve, Sr. Severino?", perguntou logo.
Ele se aproximou e lhe falou baixinho o que havia acontecido.

Ela, já em lágrimas, entrou no quarto, onde o pequeno Rick estava escondido,
e o abraçou com ternura.
"Meu filho, você ia embora sem avisar a mãe?
Por que ia fazer isso, meu anjo?"
"Mãe, lembra daquela pulseira que você me emprestou e me pediu para ter cuidado?"
"Sim", disse a mãe.!
"Eu não sei como aconteceu, mas perdi, mãe.
Quando notei, eu procurei, procurei, mas não achei.
Então fiquei com medo e com vergonha, e por isso eu ia embora de casa,
pra não ver você triste."
"Ora filho, eu ia ficar muito triste se você tivesse ido.
Nunca mais pense nisso!"
"E a pulseira?" Perguntou, mais aliviado.
"Ah, meu anjo, aquela pulseira tinha pouco valor.
Um dia, quem sabe, nós compramos outra."
"Mãe, eu quero lhe dar um belo colar.
Você sabe quanto custa um?"
"Não faço idéia, mas eu já tenho o colar mais valioso do mundo.
E sabe qual é?"
"Não, mãe, eu nunca vi você de colar."
"Pois bem", disse a mãe, puxando os bracinhos do filho e os envolvendo no pescoço.
"Filho, o seu abraço é o colar mais valioso do mundo, para mim.
E eu desejo tê-lo para sempre. Promete que nunca mais vai pensar em ir embora?"
Rick sorriu, aliviado, e encheu o rosto da mãezinha de beijos.
Affonso Romano de Sant'Anna

Carinhosamente,
Ninna Angel ☜♡☞

LA VIDA ES BELLA - ERNESTO CORTAZAR


quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

"AS ESTRELAS E OS COMETAS"


Há pessoas estrelas e há pessoas cometas...
Os cometas passam. Apenas são lembrados pelas
datas que passam e que retornam.
As estrelas permanecem. O sol permanece. Passam
anos, milhões de anos, e as estrelas permanecem.

Há muita gente cometa.
Passa pela vida da gente apenas por instantes.
Gente que não prende ninguém e
a ninguém que se prende.

Gente sem amigos,
gente que passa pela vida sem iluminar,
sem aquecer, sem marcar presença.
Importante é ser estrela.
Estar junto. Ser luz. Ser calor. Ser vida.

Amigo e Paixões são estrelas.
Podem passar anos.
Podem surgir distâncias,
mas a marca fica no coração.
Coração que não quer enamorar-se de cometas,
que apenas atraem olhares passageiros.

Ser cometa é ser companheiro por instantes,
explorar os sentimentos humanos,
ser aproveitador das pessoas e das situações,
fazer-se acreditar e desacreditar ao mesmo tempo.

Solidão é resultado de uma vida cometa.
Ninguém fica, todos passam.
Há necessidades de criar um mundo de estrelas.
Todos os dias poder contar com elas e
poder sentir seu calor.

Assim são os amigos estrelas na vida da gente.

São coragem nos momentos de tensão.
São luz nos momentos de desânimo.

Ser estrela neste mundo passageiro,
nesse mundo cheio de pessoas cometas,
é desafio, mas acima de tudo
uma recompensa.

Recompensa de ter sido luz para muitos amigos,
ter sido calor para muitos corações,
ter nascido e vivido e não apenas existido.

E, eu tenho você como
meu amigo estrela !
Reinilson Câmara

Carinhosamente,
Ninna Angel☜♡☞

STARS - SIMPLY RED

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

"ENQUANTO VOCÊ DORMIA"


Enquanto você dormia...
tentei descobrir a receita da felicidade para dar ...
a você em doses homeopáticas,
para que ficasse dependente de mim:
Esse é o meu lado Egoísta.


Enquanto você dormia...
tentei negociar com Deus alguns anos de vida em troca de...
um par de asas que me permitissem alçar vôo até você:
Esse é meu lado Sonhadora.

Enquanto você dormia...
eu aprisionei o vento, silenciei os sons da noite e...
calei os seresteiros para que o silencio embalasse teu sono:
Esse é meu lado Anjo da Guarda.


Enquanto você dormia...
eu apaguei todas as estrelas,
desliguei a lua, coloquei vaga lumes atrás das montanhas e...
pedi as nuvens para te embalar;
Esse é meu lado Fada.

Enquanto você dormia...
encomendei um amanhecer perfeito,
pedi ao sol para despertar depois de você e...
iluminar os caminhos do teu dia:
Esse é o meu lado Bruxinha.

Enquanto você dormia...
tentei me manter acordada para sentir o quanto te amo até concluir que melhor era dormir e...
te encontrar no sonho:
Esse é meu lado carente...

Enquanto você dormia...
eu tecia sonhos com os fios de lembranças de nos dois...
enquanto meus olhos relutavam entre o sono e o despertar:
Esse é o meu lado saudade.

Enquanto você dormia pensei numa frase que traduzisse meu sentimento...
para que você lesse,
enquanto eu dormia:
Já disse hoje que te amo??
Esse é meu lado AMOR.

Texto:
Lady Foppa

Carinhosamente,
Ninna Angel

ENQUANTO VOCÊ DORMIA - VÍDEO



"CINCO LIÇÕES DE VIDA"



"PRIMEIRA LIÇÃO"

Numa noite, estava uma senhora negra, americana do
lado de uma estrada no estado Alabama enfrentando
um tremendo temporal.
O carro dela tinha enguiçado e ela precisava,
deseperadamente, de uma carona.
Completamente molhada, ela começou a acenar para os
carros que passavam.
Um jovem branco, parecendo que não tinha conhecimento
dos acontecimentos e conflitos dos anos 60, parou
para ajuda-la.
O rapaz a colocou em um lugar protegido, procurou
ajuda mecânica e chamou um táxi para ela.
Ela parecia estar realmente com muita pressa mas
conseguiu anotar o endereço dele e agradece-lo.
Sete dias se passaram quando bateram à porta da
casa do rapaz.
Para a supresa dele, uma enorme tv colorida com o
console e tudo estava sendo entregue na casa dele
com um bilhete junto que dizia: "Muito obrigada por
me ajudar na estrada naquela noite.
A chuva não só tinha encharcado minhas roupas como
também meu espírito. Aí, você apareceu.
Por sua causa eu consegui chegar ao leito de morte
do meu marido antes que ele falecesse.
Deus o abençoe por ter me ajudado.
Sinceramente, Mrs. Nat King Cole."

* Pequenos atos ou gestos podem ser a diferença que
falta para termos um mundo melhor...*
Seja você esta diferença.


"SEGUNDA LIÇÃO"

Numa época em que um sorvete custa muito menos do que
hoje, um menino de 10 anos entrou na lanchonete de um
hotel e sentou a uma mesa.
Uma garçonete colocou um copo de água na frente dele.
"Quanto custa um sundae?", ele perguntou.
"50 centavos" respondeu a garçonete.
O menino puxou as moedas do bolso e começou a conta-las.
"Bem, quanto custa o sorvete simples?", ele perguntou.
A essa altura, mais pessoas estavam esperando por uma
mesa e a garçonete, perdendo a paciência. "35 centavos",
respondeu ela, de maneira brusca.
O menino, mais uma vez, contou as moedas e disse:
"Eu vou querer, então, o sorvete simples".
A garçonete trouxe o sorvete simples, a conta,
colocou na mesa e saiu.
Quando a garçonete voltou, ela começou a chorar
à medida em que ia limpando a mesa pois ali,
do lado do prato, havia 15 centavos em moedas,
ou seja, o menino não pediu o sundae porque ele
queria que sobrasse a gorjeta da garçonete.

* Não feche os olhos para as pequenas coisas do dia a
dia, não as ignore, porque você pode estar deixando
uma grande oportunidade passar sem
perceber e esta oportunidade pode se aquela
que justamente iria mudar a sua vida. *


"TERCEIRA LIÇÃO"


Durante meu primeiro ano de faculdade,
nosso professor nos deu um questionário.
Eu era bom aluno e repondi rápido todas
as questões até chegar a última:
"Qual o primeiro nome da mulher que faz
a limpeza da escola?"
Sinceramente, isso parecia uma piada.
Eu já tinha visto a tal mulher várias vezes.
Ela era alta, cabelo escuro, lá pelos seus 50 anos,
mas como eu ia saber o primeiro nome dela?
Eu entreguei meu teste deixando essa questão
em branco e um pouco antes da aula terminar,
um aluno perguntou se a última pergunta do teste
ia contar na nota.
"E claro!", respondeu o professor.
"Na sua carreira, você encontrará muitas pessoas".
Todas têm seu grau de importância.
Elas merecem sua atenção mesmo que seja como um
simples sorriso ou um simples alo.
"Eu nunca mais esqueci essa lição e também acabei
aprendendo que o primeiro nome dela era Dorothy".

* Você pode e deve ser importante, porque toda as
pessoas são importantes perante Deus, o mais
importante é o respeito ao próximo e o valor
que você dá aos humildes. *



"QUARTA LIÇÃO"


Em tempos antigos, um rei colocou uma pedra
enorme no meio de uma estrada.
Então, ele se escondeu e ficou observando para
ver se alguém tiraria a imensa rocha do caminho.
Alguns mercadores e homens muitos ricos do reino
passaram por ali e simplesmente deram a volta
pela pedra.
Alguns até esbravejam contra o rei dizendo que ele
não mantinha as estradas limpas mas nenhum deles
tentou sequer mover a pedra dali.
De repente, passa um camponês com uma boa carga de
vegetais.
Ao se aproximar da imensa rocha, ele pôs de lado a
sua carga e tentou remover a rocha dali.
Após muita força e suor, ele finalmente conseguiu
mover a pedra para o lado da estrada.
Ele, então, voltou a pegar a sua carga de vegetais
mas notou que havia uma bolsa no local onde estava
a pedra.
A bolsa continha muitas moedas de ouro e uma nota
escrita pelo rei que dizia que o ouro era para a
pessoa que tivesse removido a pedra do caminho.
O camponês aprendeu o que muitos de nos nunca entendeu:
"Todo obstáculo contem uma oportunidade para
melhorarmos nossa condição".

* Muitas vezes desviamos-nos do nosso caminho para
não encarar a realidade pela sua dificuldade e com
isso não só passamos o problema para outros por
não termos assumido a nossa parte da
responsabilidade, como também podemos
estar nos privando de muitas coisas
boas, no minimo a satisfação de ter
realizado um grande feito*.



"QUINTA LIÇÃO"


Há muitos anos, quando eu trabalhava como voluntário
em um hospital, eu vim conhecer uma menina chamada
Liz que sofria de uma terrível e rara doença.
A única chance de recuperação para ela parecia ser
através de uma transfusão de sangue do irmão mais
velho dela de apenas 5 anos que, milagrosamente
tinha sobrevivido a mesma doença e parecia ter,
então, desenvolvido anticorpos necessários para
combate-la.
O médico explicou toda a situação para o menino e
perguntou, então, se ele aceitava doar o sangue dele
para a irmã.
Eu vi ele hesitar um pouco mas depois de uma profunda
respiração ele disse:
"Tá certo, eu topo já que é para salva-la..."
A medida que a transfusão foi progredindo, ele estava
deitado na cama ao lado da cama da irmã e sorria,
assim como nós também, ao ver as bochechas dela
voltarem a ter cor.
De repente, o sorriso dele desapareceu e ele empalideceu.
Ele olhou para o médico e perguntou com voz trêmula:
"Eu vou começar a morrer logo, logo?"
Por ser tão pequeno e novo, o menino tinha interpretado
mal as palavras do médico pois ele pensou que teria que dar
todo o sangue dele para salvar a irmã!

* Porque quando criança, somos capazes de grandes
gestos e com o passar da idade passamos a ser
cada vez mais mesquinhos e arrumamos desculpas
para justificarmos os nossos atos e omissões...
Pense nisso. Pois é, compreensão, atitude e
respeito ao ser humano são tudo. *
Assim seja!
Autor Desconhecido

Carinhosamente,
Ninna Angel☜♡☞


ENQUANTO HOUVER SOL - TITÃS





terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

"SOMOS LUZ"



O Divino escultor esculpiu nossa imagem-forma na Luz.
Sorrindo, Ele disse dentro de cada espírito:
Você ocupará muitas formas na existência, terá vários rostos e corpos, de cores e formatos diferentes, mas a sua verdadeira face é a da Luz!
Porém, o tempo passou, e nos identificamos com as diversas formas, não só físicas, mas, também, com aquelas mentais e emocionais.
Passamos a viver e agir nas formas, mas sem sentir o Espírito em nós.
Passamos a viver de forma vazia, sem sentido e sem profundidade.
Apegamo-nos demais às formas moldadas e condensadas nas energias da natureza, e mesmo quando elas se desgastam, e o seu uso não é mais possível, ficamos meio perdidos, chorando sobre a referência externa com a qual nos identificávamos tanto.
Foi por isso que o sábio Jesus disse:
Deixem que os mortos enterrem os seus mortos!
O Rabi estava certo: quem anda com o espírito entorpecido nas ilusões sensoriais do mundo e acha que é só isso que existe, na verdade está morto de raciocínio, percepção e espírito. Confundir a Luz do espírito com a casca abandonada é o mesmo que confundir a roupa com quem a veste.
Se é necessário respeitar o invólucro carnal abandonado, pois era morada do espírito em ascensão, é mais necessário, ainda, respeitar o próprio espírito, essência imperecível e dotado de todos os potenciais celestes.
E nenhum espírito, em época alguma, jamais foi seguro pelo caixão ou pelo solo onde o seu corpo ficou sendo transformado em outras energias pela generosa Mãe Terra.
Aos corpos que ficam na Terra, o nosso muito obrigado, por tudo o que aprendemos por intermédio deles. Porém, somos espíritos com a face da Luz!
Somos forma e semelhança da Luz, pois não somos animais vertebrados, somos consciências imperecíveis. Somos a cara de Deus!
Não somos brancos, negros, amarelos ou vermelhos. Não somos nem mesmo terrestres, pois qualquer espírito é egresso de outros planos sutis, não-físicos.
Portanto, somos extraterrestres, pois terrestres são apenas os corpos que ocupamos temporariamente.
SOMOS LUZ!
Enquanto os mortos enterram os seus mortos, os espíritos continuam vivendo além... Os primeiros olham as tumbas e choram a ilusão de suas referências apenas físicas; os últimos olham para as estrelas e alçam vôo para outras paragens.
E lá em cima não há nenhum número de tumba como referência, nem esquifes enterrados para alguém se guiar na dor de sua perda ilusória. O que tem mesmo é uma infinidade de espíritos vivos, todos com a cara de Deus!
O Divino Escultor esculpiu nossa imagem-forma na Luz.
Portanto, façamos jus a essa Luz.
SEJAMOS LUZ!

******

(Este texto é dedicado às pessoas que jamais desistem dos ideais sadios na existência. Mesmo cercadas por dificuldades variadas, elas persistem e confiam na própria Luz que viaja dentro de seus corações. Elas sabem que essa Luz não é deste mundo, e que só o Divino Escultor é que sabe o real valor de cada um, pois Ele conhece profundamente o mais secreto dos pensamentos dos homens e sabe quem é leal e servidor consciente dos seus magnos desígnios evolutivos).
_WAGNER BORGES_

Carinhosamente,
Ninna Angel☜♡☞

THE LIGHT OF LIFE



PS:- Este lindo vídeo foi enviado por uma amiga.
Obrigada pela sua delicadeza.

"O REINO DO CORAÇÃO"





Conta-nos uma lenda, que existia em um reino muito distante, uma grande
quantidade de terras que se perdiam no horizonte e iam muito além das
montanhas.

Chamava-se "o reino do coração". Uma jovem senhora recebera de Deus a
incumbência de cuidar e administrar, como quisesse, toda aquela imensidão
de terras.

Para se ter uma idéia, ela possuía mais terras do que o próprio rei.
A jovem senhora sempre soube administrar com maestria todos os setores
do reino do coração que lhe pertenciam.

Era uma mulher bondosa e, mesmo contra a vontade de muita gente, ela sempre
distribuía alguns hectares de sua propriedade para as pessoas simples que
batiam à sua porta. As pessoas pediam para ficar um tempo e acabavam
se demorando, se demorando até se instalarem de vez.

Tudo corria maravilhosamente bem até que chegou um posseiro e quis morar
nas terras do coração que ela mais gostava: "as terras da afetividade".

Aproveitando-se da ausência da senhora, que viajara por algum tempo, esse
posseiro se apoderou do seu recanto mais precioso, onde ela cultivava as
flores da paixão, da cumplicidade, do companheirismo e de muitas outras
flores relacionadas ao sentimento.

Quando ela retornou, ficou bastante surpresa ao ver que aquele forasteiro
havia se instalado ali. No entanto, ele não era um forasteiro qualquer,
era como um raio de sol, e ao seu suave toque todas as flores se abriam
e começavam a exalar um perfume inebriante.

Com a presença daquele homem incomum, o recanto secreto da jovem
senhora se tornou o mais belo de todo o reino.

A administradora não teve como recusar a permanência daquele posseiro
singular, pois sua presença havia mudado para sempre os jardins dos seus
mais secretos sentimentos...

No entanto, um dia... um dia que a jovem senhora não mais poderia esquecer,
seu jardim amanheceu sem brilho e sem perfume...
Parecia que o inverno chegara mais cedo..., e um frio extemporâneo havia
crestado todas flores...

A dona das terras quis saber o motivo e seu pequeno-grande coração quase
desfaleceu ao saber que seu raio de sol havia partido...Ela saiu a buscar
por todos os cantos do seu reino, mas não mais o encontrou.

A tristeza quis tomar posse do seu recanto precioso, mas ela insistia em ter
de volta o toque suave do seu raio de sol, único capaz de trazer novamente
o viço e o perfume às flores.

No entanto, numa manhã... numa manhã que a jovem senhora não mais
poderá esquecer, seu raio de sol voltou... mas não voltou para ficar...
Ele propôs uma condição: poderia apenas visitar aquele recanto de paz e amor
a cada início de primavera, para beijar todas as flores pelas quais nutria
imenso carinho.

Apesar de sentir-se triste por não ter seu raio de sol em todas as estações,
a jovem senhora aceitou as condições.

E é assim que a cada início de primavera o raio de sol beija as flores
e elas se abrem, e exalam seu inebriante perfume como todas as flores
cultivadas pelo amor de alguém muito especial.

***

Se você não tem ninguém para compartilhar seus sonhos,
seus desejos, seus anseios, abra as portas do reino do coração e libere
as terras onde possa brotar a esperança.

Cultive a esperança de um dia encontrar, como a jovem senhora da lenda,
um raio de sol que possa aquecer para sempre o seu recanto de amor.

Texto da Equipe de Redação do Momento Espírita.

Carinhosamente,
Ninna Angel☜♡☞

IN THE LIFE - DELTA GOODREM



segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

"SÓ O VERDADEIRO AMOR SABE"


Temos todos essa enorme capacidade de absorver do mundo o que nos é conveniente e ignorar o que não nos convém. Vemos o que queremos ver, ignoramos o que queremos ignorar, somos capazes de ouvir sem ouvir e ver sem enxergar.

Nos criamos voluntariamente ilusões, mergulhamos no silêncio ou nas nuvens quando isso nos é conveniente. E nos apaixonamos quando a alma, carente, tem sede.

Melhor, muito melhor viver dos sonhos que da dura realidade. Neles tudo é perfeito, sem máculas, sem as dores que nos fazem acordar.

É a rotina que mata as verdadeiras relações e, sem querer encontrar uma desculpa para os desvios sentimentais, faz com que as pessoas anseiem por algo além.

Salvo exceções, o romantismo desaparece com o tempo. Os príncipes já não são assim tão cavalheiros e as princesas voltam pra casa bem antes do toque da meia-noite.

O que vemos todos os dias, vemos há tanto tempo que já nem percebemos mais.

Ai!... Quantos enganos e desenganos porque o coração não soube olhar para o interior de si mesmo! Quantas noites perdidas, carinhos recusados, desejos sufocados, porque as pessoas se esquecem de guardar a magia de um amor que chegou um dia!

Somos todos abertos aos sonhos, senão a vida seria um caminhar sobre pedras. Temos todos, confessado ou não, esse pedacinho de romantismo dentro de nós que ora aflora, ora se esconde.

Mas esse romantismo deve nos deixar abertos aos sonhos e construção de um relacionamento bonito, não deve nos perder.

Não são as coincidências que encontramos em toda nova relação que nos provam os sentimentos reais e sim as divergências que sabemos ver com maturidade e as quais tentamos resolver.

Quem ama machuca e machuca-se vez ou outra e isso é inevitável, porque justamente são os que amamos mais que possuem maiores poderes sobre nosso coração.

As roseiras sem espinhos são manipulações do homem e muitos relacionamentos são manipulações do nosso eu que busca de forma desesperada sonhos perdidos. Quanto mais sonhamos, mais nos distanciamos da realidade e maior será a ferida quando dia ou outro precisaremos acordar.

Só o verdadeiro amor sabe continuar inteiro depois de ter sofrido as provações destinadas a ele. E esse que não se quebrou é o que realmente vale a pena.

Ele não é uma idéia, é um sentimento, é a voz da alma, é o que não sabemos explicar, mas que pulsa assim mesmo. Ele vê, abre-se e aceita. Ele dói e sangra, mas segue em frente, vence os anos e as diferenças.

Duas ou três vezes mais olhe para o que você tem nas mãos! Acorde de mansinho o romantismo escondido no seu coração e dê uma oportunidade a ele.

Se preciso, reaprenda a arte de seduzir e vá ao encontro daquele amor que conhece seus pormenores, aquele que sabe suportar seu mal humor e cara da manhã seguinte. Aquele que te conheceu doente e feliz e te deu a mão para atravessar uma estrada.

A vida não é feita de sonhos, mas muitos dos nossos sonhos podemos oferecer à vida. Isso só depende de nós.
Letícia Thompson

Carinhosamente,
Ninna Angel☜♡☞

IF TOMORROW NEVES COMES - RONAN KEATING - Tradução



domingo, 5 de fevereiro de 2012

"O AUTOR DA VIDA"





Você está triste ou contente? Realizado ou insatisfeito?
No caminho de um grande negócio, feliz nos estudos ou amargurado e sem rumo?

Pare por alguns minutos e veja o que você anda fazendo da sua vida...

Imagine-se como um escritor e que cada dia de sua vida,
é uma página em branco em que você tem a responsabilidade de escrever os capítulos que vão determinar o rumo e o final de sua história.

Como você é como autor de sua vida?

Será que você é "modernista" e adora escrever dias de
muita agitação, embalos e noitadas regadas a "amigos",
bebidas, e descompromisso com a realidade?

Será que você é um escritor romântico é cada novo capítulo é um romance do tipo:"será que fulano vai ficar com ciclana?", será que tal pessoa me ama?"

Ou você é do tipo "novela mexicana" muitas lágrimas,
dores, sofrimentos, traições, angústias e dramas até onde não deveria existir?

Vai. Pare um pouco e pense. Que tipo de autor você é?
Que tipo de vida você tem escrito para você?

Pelo menos você consegue assumir que você é o responsável, ou pelo menos, co-autor na sua história?

Você consegue perceber que a dor, a alegria, as realizações e frustrações são frutos dos seus atos, dos seus sonhos e planos que as vezes "só você inventa"?

Pega esse dia, mas tem que ser esse dia, hoje, não dá para esperar para amanhã, e escreva um novo capítulo na sua história.

Coloque assim no título:
"Hoje, o dia mais feliz da minha vida".

Não importa se ontem você teve a maior briga na sua casa, terminou o romance, perdeu o emprego, discutiu com o melhor amigo, nada disso tem importância agora.

Este é um momento único, onde você vai marcar um encontro com a sua vida, com a sua felicidade e vai plantar uma nova semente, escrevendo um novo capítulo.

O bom da vida é que você pode escrever um final feliz por dia, mesmo não podendo apagar, ou deletar os capítulos passados. Entende isso?


Então? Que Tal escrever o capítulo final da sua novela
de hoje com um final feliz? Só depende de você.
Não deixe os "outros" decidirem por você.

Quem mais sabe de você , é você. Só você!.

Eu acredito em você.

Paulo Roberto Gaefke

Carinhosamente,
Ninna Angel☜♡☞

WITH YOU - JOSH GROBAN

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

"NOSSO CORAÇÃO É UMA CASA"




Nosso coração é uma casa onde ninguém entra e sai,
com ou sem nossa permissão, sem deixar marcas nas paredes.

Muitos deixam marcas profundas de felicidade;
outros deixam cicatrizes que marcarão nossa vida para sempre.

Os amigos deixam marcas fortes, mas suaves.
E cada vez que tocamos nossa alma com nossas recordações lá estão os traços,
invisíveis, mas legíveis, como as escrituras em Braile.
É suficiente fechar os olhos para ver toda uma história gravada nas paredes do nosso ser.
Nesses momentos nosso rosto sorri sozinho.

Os amores perdidos deixam marcas irrecuperáveis:
eles deixam um gosto doce e amargo ao mesmo tempo.
Amargo na maioria das vezes.
Sim, eles têm mais gosto que qualquer outra coisa e sempre sobem a nossa garganta quando as lembranças nos assaltam.

Tristes são as marcas das dores que deixaram os que nos fizeram mal. São as cicatrizes que deformam nossas vidas se não aprendemos a conviver com elas.
Mesmo se queremos ir adiante, de vez em quando nosso olhar se volta para esses rabiscos mal traçados e sentimos a dor tal e qual no primeiro dia.

Quantas vezes não impedimos que alguém entre por causa de preconceitos ou idéias pré-concebidas, ou medo de tentar de novo uma nova relação. Ao primeiro olhar, nos trancamos. Outras vezes, sem muita consciência, deixamos entrar quem não valia muito a pena. Somos maus juízes porque confiamos demais nos nossos olhos e de menos no nosso coração. Devemos pedir a Deus que nos dê um pouco mais de dicernimento, pois agindo por nós mesmos, podemos estar nos trancando a maravilhosos encontros.

De vez em quando, é preciso fazer uma boa faxina nessa casinha tão preciosa. É preciso polir carinhosamente, realçar as marcas bonitas e passar tinta nova e clara nas paredes; de vez em quando é bom abrir as janelas e deixar que o sol entre e ilumine todos os cômodos. E enfeitar com as janelas com flores de cores vivas e alegres.

De vez em quando é mesmo muito importante achar o cantinho mais gostoso dessa casa e sentar-se nele. E rir do nada. E jogar os ressentimentos para bem longe. Sentir-se bem consigo.

Se nosso coração é uma casa, faça do seu a casa dos seus sonhos. Lembre-se que não importa quantos entram e saem, você é o dono, só você é responsável. Faça mudanças necessárias. Jogue o inútil no lixo. Só não se esqueça, nessa mudança, de colocar de volta nas paredes essas marcas benditas que deixaram esses que foram bênçãos na sua vida. Dê a mão aos doces momentos, os momentos felizes. Tudo o mais é inútil, tudo o mais deve ficar pra trás.
Letícia Thompson

Carinhosamente,
Ninna Angel ☜♡☞




quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

"ALMA GÊMEA"



Chamas ardentes, luzes brilhantes,
complementos divinos,
assim são as "almas gêmeas" evoluídas.
Então, purificadas, iluminadas,
generosas, amorosas,
transbordam de Eros e de Ágapi!
Mas o que teriam feito para conseguir
brilhos assim, luzes assim, amor assim?
E de tanto perguntar, Anael, o Anjo do Amor,
respondeu com Amor:
"se queres reencontrar tua 'alma gêmea',
expande tua aura, teus chácras;
ilumina tua mente;
purifica teu coração;
reverencia a Natureza;
procura ver em tudo e em todos
a alegria, a poesia, a beleza;
semeia a paz, a esperança, a bondade;
pratica o bem pelo bem;
cultiva a humildade...

finalmente, com amor e por amor,
serve e ama a cada um
e em todos, à própria humanidade"!

Sem jeito, disse-lhe timidamente:
"ainda não posso nem quero ser luz brilhante,
principalmente complemento divino...
Talvez queira ser chama ardente.

Quero a "alma gêmea" para viver
um amor derramado de magia, de loucura!
De agonia, de ternura!...

Preciso da "alma gêmea" para morrer ébria de paixão,
louca de alegria,
tonta de emoção, cheia de poesia.

Preciso da "alma gêmea"
para viver intensamente,
morrer profundamente
e renascer completamente"!

E sem se alterar, o Anjo falou suavemente:
"ingrata! Insensata!
Não te direi nada mais.
Sê feliz; fica em paz".

Chorando, nervosa, chamei o "Dom"
e assim pude ler dentro do meu espírito
o que estava escrito com as letras do Infinito:
"Tua 'alma gêmea' já veio e já partiu.
Vocês se reencontraram, se amaram e
- apesar dos teus muitos desatinos -
ela te espera com amor
para novamente se interpenetrarem
os desejos, os sonhos,
os destinos e também as cruzes!
E só num futuro distante...
muito distante...
as luzes!

Vocês ainda se reencontrarão
e se desencontrarão muitas vezes,
mas em todas elas,
muito se amarão e vão sofrer,
sorrir, sonhar, chorar...
tanto! Tanto!..."

Fiz tudo para continuar lendo,
mas senti que o "Dom" ia morrendo...
morrendo!...

Acordei sem saber se sonhei
ou se eram verdadeiras
as palavras que li;
Li?! Terei lido ou sonhei?
Mas sumiram a voz, a intuição,
a luz, o "Dom"...

Verdade ou ilusão?
Li? Sonhei? Não sei.

"Mas tudo será revelado a seu tempo",
(DA)

Carinhosamente,
Ninna Angel☜♡☞

UMA VEZ MAIS - IVO PESSOA